FERNANDO RODOLFO LIBERA UM MILHÃO DE REAIS PRA A PREFEITURA DE GARANHUNS E O DINHEIRO JÁ ESTÁ NA CONTA

sábado, 28 de novembro de 2020

O deputado federal Fernando Rodolfo conseguiu, em Brasília, liberar mais R$ 1 milhão de reais pra a prefeitura de Garanhuns investir na rede municipal de saúde. O dinheiro entrou na conta da prefeitura na última sexta feira, 27, e já está à disposição do atual prefeito Izaias Régis.

“Esse foi um compromisso que eu havia firmado com o povo de Garanhuns no mês de maio, mas as coisas em Brasília tem muita burocracia. Se não tiver um deputado da terra lá brigando, o dinheiro não chega. Como entrou o período eleitoral, todos os pagamentos foram suspensos por força de lei, mas agora consegui liberar. É um trabalho incansável”, explicou o deputado.

Fernando Rodolfo disse que o dinheiro liberado agora é para custeio, ou seja, poderá ser utilizado para bancar diversas ações na saúde, principalmente compra de medicamentos. “Vamos dar conhecimento oficial da transferência desse valor à Câmara de Vereadores e ao ministério público federal e estadual. Também já liguei pra o prefeito eleito Sivaldo Albino e o deixei ciente da chegada desse dinheiro”, completou.

Construção de UBS- No início desse ano, o atual prefeito Izaias Régis confirmou durante sessão solene na Câmara dos Deputados, promovida pelo próprio Fernando Rodolfo para homenagear Garanhuns, que outro repasse anunciado pelo deputado já tinha sido feito à prefeitura, também na ordem de R$ 1 milhão de reais. “Quero lhe agradecer pela verdade que vossa excelência disse que antes de assumir aqui já botou um milhão de reais pra Garanhuns e nós já recebemos o dinheiro. Já está na conta pra nós construirmos uma unidade básica, inclusive no Viana e Moura”, disse o prefeito Izaias em alto e bom som.

Fernando Rodolfo vem se destacando pela forma diferente de trabalhar. Ele atendeu a gestão de Izaias Régis, mesmo sem ter tido o apoio do prefeito na eleição de 2018 e agora já começou a ajudar o prefeito eleito Sivaldo Albino, que também não o apoiou naquela eleição. “Quem consegue recursos só pra os prefeitos aliados são os deputados da velha política. Pra mim não interessa a cor do partido de quem está sentado na cadeira de prefeito. Eu olho pra quem precisa do serviço público, eu olho pra quem foi às urnas com a esperança de ver um país mais justo e assim tento fazer a minha parte bem feita”, concluiu o deputado.

JUPI RECEBEU PROJETO GERES ITINERANTE

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Na manhã desta quinta-feira (26),  o município de Jupi recebeu a V Gerência Regional de Saúde, no Projeto GERES itinerante, onde a gestora regional do Agreste Meridional, Catarina Tenório e suas coordenações reuniram-se com a secretária de saúde Nadir Ferro e suas equipes de coordenadores para analisar os indicadores dos municípios e planejar ações para melhoria contínua. 

“Analisamos estes indicadores e buscamos estratégias para os resultados desejados. Esta ação tem impacto direto na saúde regional como um todo”, afirmou a gestora regional.

(Com informações de Guilherme JG)

COMO FOI A VITÓRIA DE ADELMO DUARTE COM O APOIO DE ROSSINE BLESMANY EM LAJEDO

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Rossine Blesmany, natural de Pesqueira, chegou em Lajedo como delegado da polícia civil. Fez um trabalho muito bom na cidade, reconhecido pela população, que lhe deu um mandato de vereador quando resolveu entrar na política.

Na Câmara, começou a fazer oposição aos Dourado, a denunciar desmandos e falhas na administração. Um carro de som passava pelas ruas de Lajedo com gravações de críticas à gestão.

Em 2012, Rossine decidiu disputar a prefeitura. Como Antônio João tinha transferido o título para Garanhuns, tentando ser candidato na Suíça Pernambucana, o adversário do vereador foi Joãozinho Dourado, filho do ex-prefeito.

A campanha do 55 empolgou o povo de Lajedo, multidões impressionantes ocuparam as ruas e o oposicionista ganhou com larga vantagem.

Quatro anos depois, o próprio Antônio João Dourado foi o candidato contra Rossine, que novamente ganhou fácil. Estava consolidada a liderança do filho de índio Xucuru.

O desafio maior do prefeito lajedense era fazer o seu sucessor.

Adelmo Duarte, o candidato escolhido, já tinha governado o município duas vezes e sido também deputado estadual. Mas estava fora da política há muitos anos, ao contrário de Dourado, presente em todas as eleições de Lajedo nos últimos 20 anos.

Tempos atrás Adelmo passou por problemas de saúde e disputou o pleito já tendo completado 70 anos. Só um a mais que Antônio João, mas a diferença parece maior, possivelmente por Dourado não ter enfrentado as mesmas atribulações.

Aliás, Duarte tem origem humilde, nasceu na zona rural e o adversário é de família rica, com diploma de engenheiro.

Adelmo, contudo, fez campanha com o gás de menino, discursando com voz firme, demonstrando estar sintonizado com os novos tempos e apresentando boas propostas de governo.

Ganhou com 340 votos de diferença, uma vitória importante, nas circunstâncias, quando se sabe que os Dourado, que têm poder econômico, fizeram um esforço hercúleo para voltar ao poder.

Adelmo e o maior fiador de sua candidatura, o prefeito Rossine, conquistaram uma grande vitória, comemorada nas ruas por uma multidão que esqueceu até o coronavírus nos dias seguintes ao resultado das urnas.

O novo prefeito tem tudo para fazer uma boa administração e Lajedo merece isso. Está na hora também do governo do Estado dar uma atenção especial ao município. Nos últimos anos, tem privilegiado os Dourado em detrimento de Blesmany, que, no entanto, é o líder político inconteste da cidade.

Ganhou em 2012, 2014, 2014, 2016 e 2020.

Por que Rossine tem tido tantas vitórias? Porque tem carisma, é um cara muito humano, é povão e na sua administração melhorou os setores básicos, caso da saúde, educação e assistência social.

Os números da eleição em Lajedo:

Adelmo Duarte (PSD) – 11.600 votos

Antônio Dourado (PSB) – 11.260

Dinho Santos (PTC) – 795

(Com informações do Blog de Roberto Almeida)

“GARANHUNS É MAIOR DO QUE AS DISPUTAS POLÍTICAS”, DIZ FERNANDO RODOLFO SOBRE APOIO A GESTÃO SIVALDO ALBINO

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL), deu uma demonstração de grandeza e maturidade política ao convidar o prefeito eleito de Garanhuns, Sivaldo Albino (PSB) a ir em Brasília para uma agenda na esplanada dos ministérios. “Levei o prefeito a dois ministros de estado e aos presidentes do FNDE, Codevasf e Dnit. Ninguém governa uma cidade como Garanhuns sozinho, por isso, me coloquei à disposição para ajudar o prefeito a conseguir dinheiro pra fazer obras e cumprir as promessas de campanha”, disse o deputado que é filho natural de Garanhuns.

O primeiro compromisso foi no ministério da Cidadania. “Pedi ao ministro Onyx Lorenzoni para nos receber e apresentar ao prefeito o projeto Brasil em Campo”, disse o deputado. “Este equipamento vai permitir a prática esportiva, atividade escolar, convívio comunitário, estímulo à convivência de idosos, inclusão social, disputa e competição, garimpagem de novos talentos, ou seja, ele terá uma amplitude impressionante”, explicou o ministro Onyx. A arena irá dispor de campo de futebol, quadra poliesportiva, pista de atletismo, campo de vôlei de praia, entre outras atividades. O prefeito eleito manifestou total interesse em levar o projeto para Garanhuns e o deputado Fernando Rodolfo já garantiu ao ministro a emenda parlamentar necessária para a construção da obra. O ministério da cidadania deverá entregar a obra pronta em 90 dias, prazo contado a partir do início do empreendimento.

EDUCAÇÃO – No Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do ministério da Educação, o deputado federal e o prefeito eleito foram recebidos pelo presidente Marcelo Ponte. Na ocasião foi apresentado um relatório detalhado de obras inacabadas em Garanhuns, desde 2013, início da gestão de Izaías Régis. São pelo menos quatro creches que estão com as obras abandonadas. O prefeito Sivaldo Albino pediu ao deputado emendas parlamentares para que a sua gestão possa concluir as obras.

TURISMO – O deputado federal Fernando Rodolfo também pediu ao presidente do Dnit, General Santos Filho, para receber o prefeito Sivaldo. “O prefeito eleito apresentou uma proposta muito importante na campanha, que é a revitalização do Cristo do Magano. Pra isso, é necessário garantir a iluminação e arborização do trecho da rodovia que dá acesso ao monumento. Fomos tratar dessa parceria com órgão”, explicou o parlamentar. De acordo com Santos Filho, o Dnit tem todo interesse em aprovar o projeto que será apresentado oficialmente pelo prefeito Sivaldo Albino assim que ele assumir o mandato.

No ministério do Turismo, o deputado e o prefeito eleito foram recebidos pelo ministro Marcelo Álvaro, que ficou entusiasmado com o projeto de revitalização do Cristo do Magano e garantiu a liberação de recursos. “O deputado Fernando vai colocar uma parte do dinheiro através de emenda parlamentar e eu consigo o restante pelo ministério”, disse o ministro. Também foi solicitada celeridade na inclusão de Garanhuns no mapa de turismo. Desde o ano passado que Garanhuns ficou de fora porque a gestão atual da prefeitura não fez o dever de casa.

CODEVASF – Na Codevasf, o prefeito eleito e o deputado federal foram recebidos pelo presidente Marcelo Moreira. “A Codevasf tem tudo para ser uma grande parceira da gestão de Sivaldo em Garanhuns. Fomos até lá pra apresentar ao prefeito o catálago de serviços que a companhia pode desenvolver no município e já estamos pedindo a liberação de dois grandes equipamentos: um trator de esteira e uma escavadeira hidráulica, para garantir agilidade e qualidade nos serviços de infraestrutura de Garanhuns.

PÓS-PANDEMIA – Sivaldo Albino vai assumir a prefeitura num momento desafiador. “Não podemos por questões políticas deixar o prefeito sozinho nessa fase de pós-pandemia ou até mesmo de uma segunda onda da Covid 19. Por isso, levei o prefeito até a Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde, que é a pasta do Ministério da Saúde que lida diretamente com as ações de combate à pandemia. “Foi muito boa a iniciativa do deputado Fernando em trazer aqui o prefeito Sivaldo. Vamos ter muito trabalho pela frente e as ações para Garanhuns agora ficarão mais fáceis por causa dessa aproximação”, disse o secretário Arnaldo Medeiros.

O prefeito eleito Sivaldo Albino ficou entusiasmado com a decisão do deputado federal Fernando Rodolfo em apoiar as iniciativas de sua gestão. “É hora de trabalhar por Garanhuns e a iniciativa do deputado é muito importante. Ele é de Garanhuns e tem livre trânsito no governo federal como já está provado. Essa parceria é por Garanhuns”, comemorou Sivaldo Albino.

Vale lembrar que essa é a primeira vez que um prefeito e um deputado federal da terra (foram quase 30 anos sem representação em Brasília), mesmo estando em partidos opostos se unem pela cidade.

PREFEITO ELEITO DE GARANHUNS, SIVALDO ALBINO CUMPRE AGENDA EM BRASÍLIA COM DEPUTADO FEDERAL FERNANDO RODOLFO

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Reuniões buscam garantir apoios e recursos para investimentos no município

O prefeito eleito de Garanhuns, Sivaldo Albino (PSB) tem cumprido uma intensa agenda de compromissos neste período pós-eleitoral.
Na semana passada esteve na capital pernambucana com o Governador Paulo Câmara, secretários de estado, deputados federais e estaduais, presidentes de instituições e ainda se integrou à campanha do também socialista João Campos à prefeitura de Recife.

Dos encontros, a certeza de parcerias e investimentos para Garanhuns.

BRASÍLIA: Nesta quarta-feira (25), Albino desembarcou com seu chefe de gabinete, Alexandre Marinho, em Brasília-DF, onde tem uma série de encontros, recepcionados pelo deputado federal Fernando Rodolfo (PL). No primeiro deles, a comitiva garanhuense esteve no Ministério da Cidadania, em reunião com o Ministro Ônix Lorenzoni, que anunciou investimentos para o município, inclusive com emendas parlamentares do deputado Fernando Rodolfo.

Tanto Sivaldo Albino quanto Fernando Rodolfo registraram em suas palavras que o novo tempo é de trabalho, superando qualquer divergência política em benefício de Garanhuns e sua população.

A agenda de reuniões do grupo segue agora pela tarde e noite desta quarta-feira. E o resultado dos compromissos dos últimos dias serão registrados oportunamente no retorno a Garanhuns.

CONQUISTA DE GARANHUNS PELO PSB PODE SER A MAIS IMPORTANTE DO ESTADO

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Caso João Campos não consiga reverter as pesquisas desfavoráveis e Marília Arraes (PT) seja eleita prefeita do Recife, no próximo domingo, a vitória de Sivaldo Albino cresce em importância, pois Garanhuns passará a ser um dos principais municípios do Estado a ser governado pelo PSB.

Ainda mais que o Partido Socialista conquistou oito prefeituras a menos em Pernambuco, este ano, em relação a 2016.

Sivaldo, naturalmente, será fiel ao PSB, pois deve muito ao partido que lhe possibilitou o mandato de deputado e agora lhe proporcionou chegar à prefeitura.

Prefeito de Garanhuns certamente continuará próximo do governador Paulo Câmara que o apoiou em todos os instantes.

A parceria entre o governante estadual e o municipal tem tudo para render bons frutos para o município.

(Com informações do Blog de Roberto Almeida)

FERNANDO RODOLFO COMEMORA PUBLICAÇÃO DE EDITAL PRA DUPLICAÇÃO DA BR 423

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE) comemora o lançamento do edital de licitação para duplicação da BR 423 entre São Caetano e Lajedo. A publicação foi feita hoje pelo governo federal e a expectativa é que a empresa que fará a obra seja conhecida ainda este ano.

A duplicação da rodovia é uma luta antiga da população do agreste meridional e ganhou força com a chegada de Fernando Rodolfo ao congresso nacional. “Só um deputado da região briga com entusiasmo e dedicação por uma obra desse porte. Os outros brigam por investimentos assim para as regiões deles”, comenta Fernando Rodolfo. “Desde que eu assumi o mandato que venho priorizando essa duplicação porque mais do que qualquer outro deputado aqui eu sei a importância dela pra o meu agreste. Já estive com o presidente da república, com ministro e com o diretor geral do Dnit várias vezes, pedindo a priorização dessa obra. Pedi tanto até que enfim, saiu”, comemora o deputado.

O ano de 2021 será praticamente dedicado à elaboração do estudo de impacto ambiental. “Leva mais tempo porque precisa ser feito durante o inverno e durante o período de verão. Depois, será feito o projeto executivo para então a obra começar”, explica. A estimativa é que a duplicação de fato, seja iniciada no segundo semestre de 2022.

PROFESSOR FÁBIO MADRUGA PREPARA ALUNOS PROVA DO CONCURSO DA PM DO ESTADO DO CEARÁ

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

A empresa F M C comunica a todos os concurseiros que já deu início a preparação  para o certame PM – CE anunciado pelo governador Camilo Santana.

O Prof. Fábio Madruga reafirma o compromisso junto aos seus alunos de mais uma estadia gratuita em Fortaleza, na ocasião o Prof. Fábio Madruga destacou que seus alunos farão a prova na capital .

MPPE RECOMENDA AOS PREFEITOS EM FIM DE MANDATO DE GARANHUNS, CABO, QUIPAPÁ E SAIRÉ QUE ASSEGUREM O PROCESSO DE TRANSIÇÃO DE GOVERNO DE FORMA RESPONSÁVEL E TRANSPARENTE

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

As Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Garanhuns, Cabo de Santo Agostinho, Quipapá e Sairé já expediram recomendações para os respectivos atuais prefeitos municipais, a fim de que observem o que determina a Lei Complementar Estadual nº 260/14, de modo a garantir aos novos gestores eleitos para os mandatos de 2021 a 2024 o compartilhamento de dados e informações. Também foram recomendados que atentem para as vedações impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, assim como que observem as condutas vedadas pelo artigo 73 da Lei das Eleições no período eleitoral vigente (até a posse dos eleitos).

A lei garante o direito aos candidatos eleitos de instituir Comissão de Transição, que tem por objetivo inteirar-se do funcionamento dos órgãos e das entidades das administrações públicas estadual ou municipal e preparar os atos de iniciativa da nova gestão. A Comissão de Transição deverá ser instituída tão logo a Justiça Eleitoral proclame o resultado oficial das eleições municipais e deve encerrar-se com a posse do candidato eleito.

Por isso, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), nos municípios de Garanhuns, Cabo de Santo Agostinho, Quipapá e Sairé recomendou aos respectivos Governos Municipais em exercício garantir a infraestrutura necessária para a realização dos trabalhos da Comissão de Transição (art. 3º, § 3º), bem como deverá assegurar o pleno acesso às informações relativas às contas públicas, aos programas e aos projetos do governo (art. 3º). O rol de documentos a serem disponibilizados à Comissão de Transição, no prazo de 15 dias após a constituição, está elencado detalhadamente nas recomendações.

Quanto às vedações impostas pela Lei Complementar nº101/00 (Lei de Responsabilidade Fiscal) aos Governos Municipais em exercício, entre outras, o MPPE já pontua, nas recomendações: é nulo de pleno direito o ato de que resulte aumento da despesa com pessoal nos 180 dias anteriores ao final do mandato, bem como ato de que resulte aumento da despesa com pessoal com parcelas a serem implementadas em períodos posteriores ao final do mandato, além de ser nulo o ato de aprovação, de edição ou de sanção por chefe do Poder Executivo ou Legislativo municipal, de norma legal contendo plano de alteração, reajuste e reestruturação de carreiras do setor público, ou ainda, a nomeação de aprovados em concurso público que resulte em aumento da despesa com pessoal nos 180 dias anteriores ao final do mandato do titular do Poder Executivo ou que resulte em aumento da despesa com pessoal com parcelas a serem implementadas em períodos posteriores ao final do mandato do titular do Poder Executivo (art. 21).

No entanto, na situação de calamidade pública formalmente declarada (pandemia da Covid-19), a Lei Complementar nº 173/20, em seu artigo 8º, dispõe não se aplicar a proibição de criar ou majorar auxílios, vantagens, bônus, abonos, verbas de representação ou benefícios de qualquer natureza, inclusive os de cunho indenizatório aos profissionais de saúde e de assistência social, desde que relacionado a medidas de combate à calamidade pública, e àqueles derivados de sentença judicial transitada em julgado ou de determinação legal anterior à calamidade.

Por fim, os prefeitos em fim de mandato devem observar as condutas vedadas pelo artigo 73 da Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições) no período eleitoral (que se encerra com a posse dos eleitos), notadamente três: 1) nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, sob pena de nulidade de pleno direito, salvos as possibilidades previstas em lei; 2) fazer, na circunscrição do pleito, revisão geral da remuneração dos servidores públicos que exceda a recomposição da perda de seu poder aquisitivo ao longo do ano da eleição;  e  3) é proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior, casos em que o Ministério Público poderá promover o acompanhamento de sua execução financeira e administrativa. Os programas sociais não poderão ser executados por entidade nominalmente vinculada a candidato ou por essa mantida.

MORRE AOS 83 ANOS, O EX-PREFEITO DE BREJÃO MIGUEL PAES.

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Faleceu no início da noite desta quarta-feira (18), Miguel Carlos Torres Calado conhecido como Miguel Paes. Ele tinha 83 anos e estava internado no Hospital Monte Sinai em Garanhuns. Tendo testado positivo para a COVID-19, Manoel ficou sob cuidados médicos durante 11 dias na UTI da referida unidade hospitalar, mas devido a complicações decorrentes da doença, não resistiu e faleceu nesta data.

Natural do município de Angelim, Miguel Paes nasceu em 17 de junho de 1937, era viúvo e pai de 6 filhos. Filho do saudoso Manoel Paes Torres e Dona Maria. Homem honrado e querido por toda população, morou na Fazenda Brasileira, e chegou a residir durante alguns anos na cidade de Garanhuns. Retornou ao município de Brejão, onde sobrevivia da agropecuária na Fazenda Serra Verde.

Foi eleito vereador em 1972, e em 1992 apoiado pelo ex-prefeito Josa Cadengue, foi eleito prefeito, onde governou o município entre os anos de 1993 a 1996. Em sua administração Miguel Paes realizou inúmeras obras que até hoje são lembradas pela população.

É com profundo pesar que a prefeita Beta Cadengue, vice-prefeito Joseraldo Rodrigues e o presidente da câmara dos vereadores Saulo Maruim lamentam a morte de Miguel Paes, e ao mesmo tempo, se solidarizam com toda família neste momento de dor e consternação.

Devido os protocolos das autoridades sanitárias não haverá velório. De acordo com informações da família o sepultamento ocorrerá nesta quinta-feira (19) as 11 horas da manhã no cemitério São Luís em Brejão.

A prefeita Beta Cadengue deve decretar luto oficial no município por três dias a partir desta quinta.