sexta-feira, 18 de junho de 2021

A Polícia Federal, prendeu em flagrante, na data de ontem, 17/06/2021, por volta das 12h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma cabeleireira de 23 anos, natural e residente em Manaus/AM–(não possui antecedentes criminais).

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de ilicitudes de competência federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais através de um procedimento padrão de abordagem identificaram uma passageira quando estava desembarcando em Recife/PE num voo procedente de Belém/PA. Após entrevista, e havendo fundada suspeita de estar transportando substância entorpecentes, sua bagagem foi aberta e submetida à fiscalização, sendo encontrado aproximadamente 10,1Kg (dez quilos e cem gramas) de maconha. Além da droga também foram apreendidos, passagem aérea, cartão de embarque e um aparelho celular.

Após a droga ter sido encontrada, a suspeita foi conduzida para a Superintendência da Polícia Federal, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 35 da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.

Em seu interrogatório a presa disse que recebeu uma proposta para ganhar R$ 3 mil reais para ir até Belém/PA e pegar uma mala já pronta com a droga e entregar a uma pessoa quando desembarcasse em Recife/PE, porém não deu maiores detalhes sobre quem o aliciou e a quem entregaria a droga na capital pernambucana. A presa passará por audiência de custódia ainda hoje e caso seja confirmada sua prisão preventiva será encaminhada para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Estadual/PE. Caso contrário responderá ao processo em liberdade.

Fonte: Polícia Federal

quinta-feira, 17 de junho de 2021

A Polícia Federal, prendeu em flagrante, na data de ontem no Aeroporto Internacional dos Guararapes, um estrangeiro angolano de 28 anos.

A prisão aconteceu através de um procedimento padrão de abordagem e identificação de um passageiro quando estava embarcando num voo com partida de Recife/PE para Lisboa/Portugal.  O estrangeiro foi submetido a uma revista pessoal onde foi encontrado 4,6Kg de cocaína presa ao seu corpo numa espécie de cinta. Além da droga também foram apreendidos, passagem aérea, cartão de embarque e um aparelho celular.

Após a droga ter sido encontrada, o suspeito foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal, onde acabou sendo autuado pela prática do crime de tráfico internacional de entorpecentes e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Em seu interrogatório o preso disse que possui uma loja de acessórios de celular em Angola e que veio ao Brasil fazer turismo em São Paulo. E em São Paulo recebeu uma proposta de U$ 2 mil dólares para vir até Recife/PE pegar a cocaína e levar para Luanda em Angola, porém não deu maiores detalhes sobre quem o aliciou e quem lhe entregou a droga na capital pernambucana.

O preso passará por audiência de custódia e caso seja confirmado sua prisão preventiva será encaminhada para a COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Caso contrário responderá ao processo em liberdade.

Fonte: Polícia Federal

quarta-feira, 16 de junho de 2021

A Polícia Federal, prendeu em flagrante, na data de hoje, 15/06/2021, por volta das 7h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma suspeita de 21 anos, natural e residente em Manaus/AM–(não possui antecedentes criminais).

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de ilicitudes de competência federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais através de um procedimento padrão, perceberam que a passageira ao desembarcar num voo oriundo de Manaus/AM demonstrava bastante nervosismo, inquietação e impaciência sendo separada para uma entrevista prévia. Os federais começaram a lhe questionar sobre o que havia no interior da mala, tendo respondido com bastante insegurança aos questionamentos.

A ação foi concluída quando os federais ao abrir a mala em sua presença encontraram 10 tabletes de maconha, totalizando um peso aproximado de 10,6Kg (dez quilos e seiscentos gramas). Além da droga também foram apreendidos, passagem aérea, cartão de embarque e um aparelho celular.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida conduzida para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Em seu interrogatório a presa disse desconhecer a existência de droga dentro de sua mala e que foi contratada apenas para entregá-la em Recife/PE e que por esse transporte receberia a importância de R$ 3.500 reais, porém não deu maiores detalhes sobre quem a aliciou e a quem a droga seria entregue na capital pernambucana. A presa passará por audiência de custódia amanhã e caso seja confirmada sua prisão preventiva será encaminhada para a Colônia Penal Feminina, após realizar exame de corpo de delito onde ficará à disposição da Justiça Estadual/PE. Caso contrário responderá ao processo em liberdade.

quarta-feira, 09 de junho de 2021

Um jovem foi assassinado no final da tarde desta terça feira (08), no bairro Newton Carneiro II, em Chã Grande, na Zona da Mata de Pernambuco.

O rapaz identificado apenas por Bruno, vulgo “Colorau”, foi alvejado por vários disparos de arma de fogo, o mesmo não resistiu e morreu em decorrência da gravidade dos ferimentos. A Polícia Civil ainda não tem indicação de autoria ou motivação do crime.

No local, ninguém soube passar maiores detalhes sobre as circunstâncias do crime. Uma equipe do Instituto de Criminalística (IC), foi acionada para a realização do levantamento cadavérico, sendo o corpo em seguida encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), do Recife.

As investigações ficam a cargo da Delegacia de Polícia de Chã Grande.

terça-feira, 08 de junho de 2021

Ação ocorre simultaneamente em cinco cidades de três estados da Federação, onde são cumpridos oito mandados judiciais, entre buscas e apreensões, e prisões temporárias

A Polícia Federal deflagrou, no dia de hoje (08/06), a Operação “LEET” para desarticular organização criminosa envolvida em ataques cibernéticos ao Supremo Tribunal Federal.

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária nas cidades de Itumbiara/GO, Bragança Paulista/SP, Belém do São Francisco/PE, Jaboatão dos Guararapes/PE e Olinda/PE.

As investigações tiveram início após a identificação, por parte da equipe de tecnologia da informação do STF, de uma série de condutas suspeitas que indicavam que o sítio eletrônico da Suprema Corte estaria sob um ataque hacker, no dia 03/05/2021.

No curso do Inquérito Policial foram identificados os endereços de onde partiram os ataques, bem como as pessoas que, de forma sistemática e organizada, praticaram os crimes ora apurados.

Com as medidas judicias cumpridas nesta data busca-se identificar demais partícipes e circunstâncias dos atos criminosos praticados.
 
Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes previstos nos artigos 154-A, §3º e 288, ambos do Código Penal, com penas que, somadas, podem chegar a cinco anos de reclusão.

O termo LEET, também conhecido como eleet ou leetspeak, é uma alternativa ao alfabeto inicialmente usado para o idioma inglês, empregado principalmente na internet. Se utiliza de várias combinações de caracteres ASCII para substituir letras do alfabeto latino. É usado como um adjetivo para descrever proeza formidável ou realização, especialmente nas áreas de jogos on-line e em sua forma original, usada por hackers de computador.

quarta-feira, 02 de junho de 2021

Alvo do grupo seria uma agência da cidade alagoana de Igreja Nova; armas de fogo, explosivos e grampos foram apreendidos na ação policial

Sete assaltantes de banco morreram em confronto com a polícia, no início da manhã desta quarta-feira (2), no município de Igreja Nova, interior de Alagoas, e em Sergipe. A informação foi confirmada pelo delegado Gustavo Xavier, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC).

O bando, segundo o delegado, foi capturado próximo a uma residência, em Igreja Nova, onde trocou tiros com os policiais. O alvo dos bandidos seria, exatamente, a agência bancária da cidade.

Na troca de tiros, três dos criminosos morreram no local, enquanto os demais comparsas fugiram em direção ao Estado de Sergipe, onde, também, trocaram tiros com agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e acabaram baleados, não resistindo aos ferimentos.

O delegado Cayo Rodrigues, da DEIC, informou que o grupo criminoso era de Sergipe, mas tinha a intenção de agir em Alagoas. A investigação partiu do setor de Inteligência da Seção de Roubo a Bancos.

O grupo era apontado como o responsável por diversos crimes, como assalto a bancos de outros estados, além de ligação com o tráfico de drogas.

Várias armas de fogo, explosivos e grampos foram apreendidos na ação, que contou com os trabalhos das Polícias Civis de ambos os estados.

Mais detalhes sobre o caso serão repassados em coletiva no início da tarde de hoje.

Do gazetaweb.com

terça-feira, 01 de junho de 2021

Na segunda-feira (31/05), a Polícia Federal em Pernambuco, através de união de esforços das Superintendências na BA, RN, em ação coordenada com a Polícia Penal do Rio Grande do Norte e com a Polícia Militar de Pernambuco, localizou e prendeu, em Tamandaré/PE, a liderança de uma organização criminosa violenta com destacada atuação em Salvador e em outras cidades da Bahia, assim como em outros estados do Nordeste. Ele havia sido preso por tráfico de drogas e uso de documento falso em Natal/RN e quando estava respondendo ao processo em liberdade, por cerca de 60 dias, rompeu a tornozeleira eletrônica e se encontrava foragido vindo a residir em Pernambuco.

Também foram cumpridas buscas na residência do foragido, porém nem armas, nem drogas ou dinheiro foram encontrados. Após sua prisão ele será encaminhado para a audiência de Custódia e caso seja confirmada a sua prisão irá para o COTEL onde ficará à disposição da Vara Criminal da Comarca de Natal/TJRN responsável pela expedição do Mandado de Prisão.

Da Polícia Federal

quinta-feira, 27 de maio de 2021

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante, ontem dia 26/04/2021, por volta das 11h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, um homem de 20 anos, natural e residente em Manaus/AM.

A prisão aconteceu durante os trabalhos de fiscalização da Polícia Federal destinados a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de crimes praticados no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais lograram êxito em identificar o passageiro que trazia em sua bagagem aproximadamente 8Kg de maconha.

Terminados os trabalhos investigativos o suspeito foi autuado pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 incisos V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

segunda-feira, 24 de maio de 2021

A Polícia Federal, através de Setor de Inteligência Policial, deflagrou, nesta segunda-feira (24/05/2021), a Operação denominada “ARAPONGA”, com a finalidade de desarticular associação criminosa voltada à prática de falsificação de documentos públicos com o objetivo de obter portes de arma de fogo.

Ao todo são 38 policiais federais cumprindo 08 Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela 36ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, nas cidades de Recife/PE e Escada/PE.

As investigações indicaram que, nos anos de 2019 a 2020, integrantes de uma associação criminosa falsificaram e venderam documentos de identidade funcional da ABIN (Agencia Brasileira de Inteligência) com o propósito de habilitar seus usuários a portar armas de fogo.

Os envolvidos irão responder pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documentos público, uso de documento falso, falsa identidade, posse e porte ilegal de arma de fogo, a depender do grau de participação nos fatos apurados.

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Um adolescente foi assassinado na tarde desta quarta feira (19), na rua Santa Filomena, bairro Riacho do Navio, cidade de Escada, na Mata Sul de Pernambuco.

O rapaz identificado apenas por “Jeferson Fininho”, 16 anos, estava na companhia de outro adolescente, quando foi surpreendido por um elemento que efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, o mesmo foi a óbito no local. O outro jovem fugiu e não foi atingido pelos tiros.

De acordo com investigações preliminares, a Polícia Civil conseguiu chegar a autoria do crime, que pode ter ligação com o tráfico de drogas, sendo o suspeito Josuel Antônio da Silva, acusado de cometer o homicídio, o mesmo está foragido.

O corpo passou por perícia e em seguida foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), do Recife.