35,5 KG DE MACONHA É APREENDIDA NA BR 232 EM JABOATÃO DOS GUARARAPES

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Veículos desobedeceram ordem de parada e empreenderam fuga

Uma fiscalização de combate a criminalidade realizada na noite desta quinta-feira (17)  resultou na apreensão de aproximadamente 35,5 quilos de maconha e na prisão de dois homens, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 232, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

O flagrante ocorreu no Km 14 da rodovia, quando os policias deram ordem de parada a dois veículos, um seguido do outro, porém os motoristas desobedeceram e fugiram. A equipe saiu em acompanhamento tático, até que conseguiram abordar os veículos. Em vistoria, dentro de um deles foram encontrados, cerca de 35,5 quilos de maconha, dentro do porta-malas, já do outro uma pequena quantidade.

Um dos motoristas informou aos policiais que eles estavam juntos e que haviam ido buscar a droga na cidade de Cabrobó, Sertão Pernambucano.

Os dois motoristas, os veículos e toda a droga foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Jaboatão dos Guararapes, para a adoção dos procedimentos legais.

POLÍCIA FEDERAL REALIZA OPERAÇÃO NAS PREFEITURAS DO RECIFE E JABOATÃO DOS GUARARAPES

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

A Polícia Federal em Pernambuco em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado de Pernambuco (GAECO/PE), deflagrou na manhã de hoje (16/09) a Operação Desumano com o objetivo de apurar supostas irregularidades em Contratação de Organização Social de Saúde (OSS) para gerenciamento de serviços de saúde pelas Prefeituras do Recife/PE e de Jaboatão dos Guararapes/PE, através das respectivas Secretarias de Saúde, com recursos provenientes do SUS/Ministério da Saúde para fomento e ações de combate ao COVID-19.

Cerca de 80 policiais federais e 8 auditores da CGU, estão dando cumprimento a 01 Mandado de Prisão Temporária, 21 mandados de busca e apreensão sendo 16 no município de Recife/PE, 03 em Jaboatão dos Guararapes/PE, 01 em Olinda/PE e 01 em Paulista/PE Foi autorizado o compartilhamento de todos os elementos com a Controladoria-Geral da União (CGU), com o Ministério Público Federal (MPF), com o Ministério Público do Estado de Pernambuco (GAECO), com o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) e com a Polícia Civil de Pernambuco (DRACCO).

Os levantamentos iniciais efetuados pela CGU -Controladoria Geral da União e pelos órgãos parceiros identificaram fatores de risco quanto à execução dos valores em que a empresa investigada foi favorecida em decorrência de dois processos de Dispensa de Licitação, que juntos somam R$ 57.768.962,91, sendo o do município do Recife/PE, no valor de R$ 34.028.654,07 e o do município de Jaboatão dos Guararapes/PE, no valor de R$ 23.740.308,84

As análises e diligências efetuadas concluíram que os referidos municípios contrataram a Organização Social para atuar na terceirização de serviços de saúde, sem que esta detivesse requisitos formais e capacidade operacional, patrimonial e financeira compatíveis com os serviços pactuados, havendo indícios de possível direcionamento, por parte de agentes públicos dos municípios, bem como possíveis pagamentos indevidos, mediante desvios de recursos na execução dos contratos.

Em 2020, até o mês de agosto, Recife/PE havia recebido pelo Fundo Nacional de Saúde, por meio do Fundo Municipal de Saúde, cerca de R$ 95 milhões para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do COVID-19 e o município de Jaboatão dos Guararapes (PE), cerca de R$ 32 milhões. As irregularidades investigadas podem ter ocasionado prejuízos de ordem financeira em virtude de pagamentos indevidos, mediante desvios de recursos na execução dos contratos, recursos que poderiam ser aplicados no atendimento de outras demandas necessárias ao enfrentamento da pandemia.

As investigações apontaram indícios de participação de grupo econômico já investigado na Operação Assepsia no Rio Grande Norte, o qual, segundo apurado, chefiava uma Organização Criminosa com atuação em vários Estados da Federação para o direcionamento de contratação de Organizações Sociais para a administração de hospitais.

Os envolvidos podem responder pelos crimes de peculato (art. 312 do CP), organização criminosa (art. 288 do CP), falsidade ideológica (art. 299 do CP) e dispensa indevida de licitação (art. 89 da Lei nº 8.666/93), sem prejuízo de outros delitos que venham a ser apurados no decorrer da investigação, cujas penas ultrapassam os 20 anos de reclusão.

Fonte: Polícia Federal

MEDICAMENTOS E CAMINHÕES ROUBADOS SÃO RECUPERADOS EM JABOATÃO DOS GUARARAPES

sábado, 12 de setembro de 2020

Policiais chegaram no momento em que a carga era transferida para outro veículo

Uma carga de 1.473 caixas de medicamentos e dois caminhões roubados foram recuperados nesta sexta-feira (11), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), às margens da BR 232, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Os produtos haviam sido roubados horas antes no mesmo município.

Policiais do Grupo de Patrulhamento Tático da PRF receberam informações sobre o assalto a um veículo de carga e iniciaram buscas, até localizar dois caminhões em uma estrada de terra próximo ao Km 17 da rodovia. Ao chegarem no local, um homem que estava ao lado dos veículos correu para uma área de mata. Foram realizadas buscas na região, mas ele não foi encontrado.

Após consulta, os policiais descobriram que um dos caminhões havia sido roubado no dia 1º de setembro no Recife e portava placas clonadas. O veículo seria utilizado para transportar os medicamentos roubados do outro caminhão.

O motorista e o ajudante do primeiro veículo foram liberados pelos assaltantes no bairro da Muribeca, também em Jaboatão. A carga e os caminhões recuperados foram encaminhados ao Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), na Zona Oeste da capital, para devolução aos proprietários.

NOVO GOLPE: CRIMINOSOS DIZEM SER DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E AMEAÇAM SUSPENDER AUXÍLIO EMERGENCIAL

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

O GOLPE ESTÁ SENDO APLICADO POR E-MAIL, SEGUNDO A POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal alerta de forma preventiva para um novo golpe que está sendo enviado para o e-mail das pessoas através de um suposto procedimento de segurança da CEF – Caixa Econômica Federal. A mensagem enviada pelos criminosos informa que a Caixa Econômica estaria utilizando um procedimento de segurança devido ao aumento de fraudes em agosto de 2020. E que este procedimento é obrigatório, tendo como objetivo promover mais privacidade e segurança para o cliente. Na mensagem os falsários ainda estimam que para ser concluído o processo de sincronização deve levar mais que 2 minutos e que se a sincronização não for efetuada dentro de 24 horas após o recebimento do e-mail, os acessos à conta do Caixa acesso, Caixa Eletrônicos, FGTS, Auxílio Emergencial e Internet Banking, serão totalmente suspensos. A mensagem finaliza dizendo que para dar início deve-se clicar no botão que aparece no final da mensagem para ter acesso a conta da pessoa e depois seguir com os procedimentos em tela.

É bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de períodos e situações específicas, como épocas festivas, promoções feitas por empresas e grandes lojas, liberação por parte do governo de vantagem financeira ou até a situação que envolvam calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas. Com o auxílio emergencial por conta do coronavírus, é natural que qualquer informativo da Caixa Econômica Federal desperte atenção das pessoas para seguir à risca alguns procedimentos de segurança porque as pessoas não querem correr o risco de perder seu acesso ao site e ao aplicativo da Caixa neste momento tão complicado.

E são através dessas mensagens alarmistas e ameaçadoras que as pessoas são enganadas ao receber um e-mail convincente, com a logomarca da Caixa Econômica Federal. E temendo perder o acesso as vantagens financeiras oferecidas pelo governo, muitos usuários não pensam duas vezes e clicam nos links e a o fazer isso se tornam-se vítimas de um golpe muito comum na Internet, o phishing, um truque para obter dados pessoais e sigilosos dos usuários. Como os e-mails são disparados para milhões de usuários, muitas vezes quem os recebe sequer é cliente do banco. E esta é a estratégia dos golpistas, utilizar marcas de empresas e instituições financeiras para conseguirem enganar e roubar informações pessoais e bancarias (senhas, números de contas) de um número cada vez maior de vítimas. Desde o início de março, quando foi decretada a pandemia do novo coronavírus, as tentativas de golpes financeiros pela internet registraram um aumento de 70% no país, conforme revela um balanço da Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

O problema é que quando o procedimento for finalizado, o celular ou computador das pessoas são infectados com programas maliciosos que vão desde capturar informações pessoais como fotos, vídeos, mensagens, dados pessoais, números de contas bancárias, cartões de crédito, senhas, clonagem e bloqueio do aparelho (que só é liberado por um código fornecido pelos bandidos após a vítima fazer um depósito em moeda virtual – bitcoin – difícil de ser rastreada).

COMO SE PROTEGER:

  1. Nunca clique em links e nem em botões para instalações de qualquer dispositivo enviados por e-mail sob hipótese alguma, é sempre melhor deletar da sua caixa de e-mail. Até mesmo quando as mensagens são do tipo “se não quer mais receber e-mails, clique aqui”. Só que este link também é fraudulento e o fará cair no golpe.
  2. Sempre entre em contato com a empresa ou o banco e pergunte se, de fato, existe alguma pendência ou informação que precise ser atualizada em sua conta bancária o cadastro. Nesse caso específico a Caixa Econômica já alertou que que não envia mensagens de texto pedindo dados, senhas ou informações pessoais dos beneficiários e que não envia links por e-mail para atualização de qualquer sistema de segurança ou verificação de cadastro, via de regra isso é feito no site oficial ou pelo próprio aplicativo quando ele precisa fazer algum tipo de alterações ou mudanças para o tornar mais seguro e completo.
  3. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.
  4. Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: último dia, promoção vai até hoje! Urgente, não perca essa oportunidade Sua Conta será bloqueada se não fizer o procedimento de segurança, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não pesquisem a veracidade da promoção na página da empresa ou órgãos oficiais.
  5. Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados financeiros ou pessoais através de links enviados pelo e-mail, tais como: senha de bancos, cartão de crédito, conta corrente, benefícios, dentre outros.
  6. Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.
  7. Links que levem direito ao cadastro tem que haver o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;
  8. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar agentes de saúde e realizar assaltos.
  9. Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;
  10. Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados

Esse caso é de competência da Polícia Civil e quem tiver sido lesado financeiramente deve procurar imediatamente uma delegacia mais próxima de sua residência para prestar um boletim de ocorrência policial – a fim de que tais criminosos possam ser identificados e presos. E caso o celular tenha sido invadido por programas malicioso seus dados pessoais estão fragilizados e sua vida financeira está correndo riscos – por isso se faz necessário a análise por parte de uma especialista em informática para que medidas de segurança sejam adotadas.

Fonte: Polícia Federal

SETEMBRO AMARELO – MÊS DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE DOENÇAS MENTAIS E SUICÍDIO

Sei que esse tema assusta um pouco e nem todo mundo quer falar sobre isso. Mas eu vim conversar com você e dizer que esse é um assunto normal. Jogue fora o seu preconceito, pois as doenças da mente, assim como as doenças cardíacas, renais ou endócrinas, são tratáveis.

O médico que cuida das doenças mentais é o psiquiatra. Assim como os outros médicos, ele é formado em medicina e se especializa em psiquiatria por meio da residência médica ou possui título de especialista pela ABP/AMB.

A consulta com um psiquiatra é igual às outras. É feita uma entrevista sobre os sintomas e, se o médico achar necessário, ele vai solicitar exames clínicos e indicar o tratamento, que pode ser farmacológico ou psicoterápico. Tudo depende do quadro do paciente.

importante ressaltar que há tratamentos eficazes.

Se você está incomodado (a) com seus pensamentos, sentimentos ou comportamento, é fundamental que você procure um psiquiatra para buscar informações. Com o tratamento adequado você pode melhorar muito a sua qualidade de vida.

Doença mental não é uma sentença. Há tratamentos eficazes.

Fatores protetivos

Existem alguns fatores relacionados à vida de uma pessoa, que podem atuar como proteção para o suicídio.

Ausência de doença mental

Autoestima elevada

Bom suporte familiar

Capacidade de adaptação positiva

Capacidade de resolução de problemas

Estar empregado

Realização de pré-natal

Laços sociais bem estabelecidos com amigos e familiares

Relação terapêutica positiva

Frequência a atividades religiosas

Ter sentido existencial

Senso de responsabilidade com a família

Ter crianças em casa

Fatores de risco

Existem alguns fatores que aumentam o risco de suicídio.

Abuso sexual na infância

Alta recente de internação psiquiátrica

Doenças incapacitantes

Impulsividade/Agressividade

Isolamento Social

Suicídio na família

Tentativa prévia

Doenças mentais

Toda pessoa tem alguns fatores protetivos e alguns fatores de risco para o suicídio. Sendo assim, na prevenção ao suicídio, várias medidas podem ser tomadas para aumentar os fatores de proteção e diminuir os de risco.

Aumentar contato com familiares e amigos

Buscar e seguir tratamento adequado para doença mental

Envolvimento em atividades religiosas ou espirituais

Iniciar atividades prazerosas ou que tenham significado

Reduzir ou evitar o uso de álcool e outras drogas

É comum que em situações de crises, especialmente se a pessoa tem uma doença mental, surjam pensamentos de morte e mesmo de suicídio. No entanto, felizmente, a imensa maioria das pessoas que pensa em suicídio encontra melhores modos de lidar com os problemas e superá-los.

Para isso, é essencial identificar o problema e buscar os diversos modos saudáveis e construtivos de enfrentá-lo.

VOCÊ É MUITO IMPORTANTE, CUIDE-SE.

10 DE SETEMBRO – DIA MUNDIAL DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Como sabemos, os jovens estão suscetíveis às mudanças fisiológicas que são características da fase de amadurecimento físico e psíquico. Quem convive com um adolescente, sabe que as mudanças nem sempre são fáceis. Nós sabemos que tudo isso vai passar, mas para isso precisamos trabalhar juntos em prol da criança ou do jovem que está precisando da nossa ajuda.

Como identificar que o jovem está precisando de ajuda?

Sabemos que essas mudanças fisiológicas podem ser um dos fatores que levam ao desencadeamento de doença psiquiátrica, um gatilho para a pessoa que tem predisposição genética para desenvolver doença mental. Por isso devemos ficar atentos a alguns sinais.

Em primeiro lugar, é necessária a observação. Os pais precisam perceber as mudanças de comportamento dos filhos, os sinais que crianças e adolescentes emitem quando estão passando por algum problema.

Alguns destes comportamentos são isolamento, impulsividade, tristeza constante, distorção de imagem corporal, dificuldade de relacionamento com pessoas da mesma idade, insegurança, queda no desempenho escolar, crises de raiva, baixa autoestima, atração por comportamentos de risco, dentre outros.

Precisamos falar sobre automutilação?

A automutilação é definida como qualquer comportamento intencional envolvendo agressão direta ao próprio corpo sem intenção consciente de suicídio, mas que é considerado fator de risco para o suicídio.

Ao lidar com as frustrações ou quando estão vivendo situações extremas, os jovens podem recorrer a comportamentos de risco e agressivos, sejam com outras pessoas, sejam consigo mesmos.

Por isso, devemos ficar atentos aos seguintes comportamentos: consumo de álcool e outras drogas, começo de vida sexual precoce e, principalmente, as lesões que nunca cicatrizam, arranhões, falta de cabelo em locais específicos da cabeça, mordidas, manchas, queimaduras que sempre surgem sem explicação. Mas atenção, muitas vezes essas lesões ficam em locais escondidos, nem sempre são nos braços ou pernas.

A intensidade, repetição e continuidade também são importantes para o diagnóstico.

A automutilação é muito grave, por isso nunca deve ser considerada exagero ou “frescura”. Os comportamentos auto agressivos precisam ser tratados com médico psiquiatra e terapia sob o risco de, se não tratados, podem levar ao suicídio.

Como abordar o jovem?

A informação correta com orientação especializada é sempre o melhor caminho. Os pais, responsáveis e educadores precisam estar atentos para debater essas questões em casa e no ambiente escolar.

Ter doença mental diagnosticada é o mais importante para avaliar a automutilação, mas existem dois fatores de risco da automutilação que podem ser observados e combatidos, como o uso de drogas e o bullying. Portanto, esses temas podem e devem ser presentes nas conversas em família e também nos debates nas escolas.

Os professores, caso percebam que a criança e ou o adolescente apresentem sintomas de doenças psiquiátricas, é importante que alertem os pais para que possam buscar ajuda profissional adequada.

Sugerimos abaixo algumas perguntas para guiar a conversa em casa ou na escola:

Você já sentiu vontade de se cortar?

Quando fez esses ferimentos, você pensava em quê? O que sentia?

Você já sentiu vontade de desaparecer ou morrer?

Quantas vezes você repete esses ferimentos por semana, dia?

A automutilação, assim como todas as doenças psiquiátricas, têm tratamento. Por isso, busque um psiquiatra.

Acesse o site oficial da campanha

www.setembroamarelo.com

HOMEM É DETIDO NA BR 232, APÓS COMPRAR CARRO ROUBADO NO RECIFE

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Um homem de 32 anos que estava em um veículo utilitário roubado foi detido nesta quinta-feira (10), durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal PRF, na BR 232, no Curado, na Zona Oeste do Recife. O veículo teria sido adquirido por R$42 mil e ainda estava sendo pago.

O flagrante foi realizado durante a abordagem a um carro com placas do Recife, no Km 6 da rodovia. Os policiais realizaram uma verificação no veículo e descobriram um registro de roubo do dia 2 de setembro deste ano na capital.

O motorista informou que havia adquirido o carro com um homem, que disse ter comprado em uma revenda de veículos. Mas a equipe descobriu que esse mesmo homem havia pego o automóvel emprestado e alegou ter sido roubado para fazer a transação ilegal.

O condutor foi encaminhado junto com o veículo à Central de Plantões da Capital, em Campo Grande na Zona Norte do Recife.

16 CASOS DE SÍNDROME INFLAMATÓRIA MULTISSISTÊMICA PEDIÁTRICA FORAM REGISTRADOS EM PE

quarta-feira, 09 de setembro de 2020

Foram atualizados, nesta terça-feira (08), em Pernambuco, os dados de casos da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), quadro que acomete crianças e adolescentes – sendo temporalmente associada à Covid-19. O Estado contabiliza, até agora, 16 casos, dos quais 15 já evoluíram para a cura e alta hospitalar e 1 infelizmente, vindo a óbito – sexo feminino, de 11 anos, residente no Recife. Deste total, 14 são de Pernambuco – Recife (3, entre eles um óbito), Caruaru (2), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Goiana (1), Sirinhaém (1), Joaquim Nabuco (1), Limoeiro (1), Timbaúba (1), Flores (1), Santa Cruz do Capibaribe (1) – e 2 de outros estados (Alagoas e Piauí), mas que procuraram atendimento médico no Estado. A notificação dessa síndrome foi instituída no início de agosto deste ano, e os serviços de saúde estão registrando casos novos e também ocorrências desde o começo da pandemia.

A SIM-P é caracterizada por febre persistente e alta, acompanhada de sintomas que podem incluir hipotensão (pressão baixa ou choque), comprometimento de múltiplos órgãos e elevados marcadores inflamatórios. Vale ressaltar que os sintomas respiratórios não são presentes em todos os casos, de acordo com as evidências atuais. Os pacientes farão exames para confirmar ou descartar a infecção pelo Covid-19, além de outros testes laboratoriais, especialmente os marcadores de atividade inflamatória. Toda a definição de caso está explicitada em nota técnica da @SES-PE, que reforça a notificação em até 24 horas quando o paciente se enquadra como um caso que atende essa definição da síndrome, ou seja, já tem os resultados dos exames e é um caso confirmado.

Do governope

BANCO CENTRAL LANÇA HOJE NOTA DE R$ 200 REAIS

quarta-feira, 02 de setembro de 2020

Antes de ser lançada a nota já foi falsificada

Dicas de segurança continuam as mesmas: Após 18 anos do lançamento da nota de R$ 20, o real ganha cédula de novo valor. Ela se juntará aos seis valores de cédulas hoje em circulação: R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100. O Banco Central informou que a nova nota de R$ 200 reais, será lançada, hoje, (quarta-feira) às 13h30(quarta-feira) numa cerimônia que deverá ser transmitida pela internet onde será divulgada a imagem da nova cédula. Serão impressas neste ano 450 milhões de unidades da nota de R$ 200 reais, o que representará um montante de R$ 90 bilhões. A impressão ficará a cargo da Casa da Moeda e um dos objetivos é diminuir as transações feitas com dinheiro vivo, economizando com impressão de papel moeda.

Por questão de segurança, o Banco Central não divulgou a imagem nem as características da nova cédula de R$ 200 reais, justamente para evitar falsificações e golpes. O animal escolhido para estampar as novas cédulas foi o lobo-guará (animal considerado em extinção) que ficou em terceiro lugar em pesquisa realizada pelo Banco Central no ano 2000. Na época a tartaruga marinha ficou em primeiro lugar e passou a estampar a nota de R$ 2, lançada em 2001 e o mico leão dourado ficou em segundo lugar na votação e foi impresso na cédula de R$ 20 em 2002. É possível que os itens de segurança permaneçam os mesmo até mesmo para haver uma uniformização.Mas também é possível que algum outro possa ser acrescentado

NOTA NEM FOI LANÇADA E FOI ALVO DE FALSIFICAÇÃO:
O designer Mike Ferreira, de 27 anos, imaginou como seria a nova nota e publicou em seu instagram (@mikedesigner.sjc). Dias depois foi surpreendido com publicações como se fosse uma falsificação do dinheiro e algumas cédulas de R$ 200 já estavam circulando no bairro de Madureira/RJ.

A Polícia Federal vem desenvolvendo várias operações policiais no Brasil onde tem identificado e prendido criminosos que estão utilizando tanto os correios como a internet para a venda ilegal de notas falsas. Em 13/03/2019, foi deflagrada a operação Big Jhow no Espírito Santo, em 10/09/2019 – Operação Monster no Tocantins e em 22/10/2019, a operação Real Fake em Cuiabá. A maior apreensão realizada pela Polícia Federal no Estado de Pernambuco aconteceu no dia 14.09.2009 através da “Operação Contenção” realizada nas cidades de Canhotinho/PE, Agrestina/PE e Caruaru/PE quando foram presas 04 pessoas e apreendidas R$ 44.900,00 (quarenta e quatro mil e novecentos) reais em notas falsas.

Fonte: Polícia Federal

POLÍCIA FEDERAL REALIZA NESTA SEGUNDA-FEIRA (31) A OPERAÇÃO CAIXA FORTE 2, EM VÁRIOS ESTADOS

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Em Pernambuco estão sendo cumprido 08 mandados de prisão. Sendo dois no presídio de Itaquitinga e os demais são em Olinda, Recife e Jaboatão.

Em Santos/SP numa residência de um dos alvos foram arrecadados 2 milhões de reais, além de 730 mil dólares, segundo a PF.

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (31/08), juntamente com a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO), coordenada pela própria PF, operação policial que visa investigar o tráfico de drogas e a lavagem de dinheiro praticados por facção criminosa com atuação em todo o território nacional.

Os dados obtidos na Operação Caixa Forte – Fase 01 (investigação que identificou os responsáveis pelo chamado “Setor do Progresso” da facção, que se dedica à lavagem de dinheiro proveniente do tráfico) revelaram que os valores auferidos com o comércio ilícito de drogas eram, em parte, canalizados para inúmeras outras contas bancárias da facção, inclusive para as contas do “Setor da Ajuda”, aquele responsável por recompensar membros da facção recolhidos em presídios.

Foram identificados 210 integrantes do alto escalão da facção, recolhidos em Presídios Federais, que recebiam valores mensais por terem ocupado cargos de relevo na organização criminosa ou executado missões determinadas pelos líderes como, por exemplo, execuções de servidores públicos.

Para garantir o recebimento do “auxílio”, os integrantes do grupo indicavam contas de terceiros não pertencentes à facção para que os valores, oriundos de atividades criminosas, ficassem ocultos e supostamente fora do alcance do sistema de justiça criminal.

A atuação da Polícia Federal visa desarticular a organização criminosa por meio de sua descapitalização, atuando em conformidade com as diretrizes do órgão de enfrentamento à criminalidade organizada por meio da abordagem patrimonial, além da prisão de lideranças.

A ação de hoje envolve cerca de 1.100 policiais federais, que cumprem 623 ordens judiciais, sendo 422 Mandados de Prisão Preventiva e 201 Mandados de Busca e Apreensão, em 19 Estados da Federação e no Distrito Federal; além do bloqueio judicial de até R$ 252 milhões. Todos os mandados foram expedidos pela 2ª Vara de Tóxicos de Belo Horizonte/MG.

Os presos são investigados pelos crimes de participação em organização criminosa, associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, cujas penas cominadas podem chegar a 28 anos de prisão.

Fonte: Polícia Federal