terça-feira, 14 de setembro de 2021

Autuações por desrespeito à Lei do Descanso e ultrapassagens indevidas também tiveram destaque na regional

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem intensificado a fiscalização de infrações que comprometem a segurança viária nas rodovias federais de Pernambuco, para coibir condutas imprudentes e reduzir a violência no trânsito. Dentre as ações realizadas, destaca-se a fiscalização do excesso de peso em veículos de carga, que registrou 2,75 mil toneladas apenas no mês de agosto deste ano. Esse resultado corresponde a metade do total de excesso de peso registrado no primeiro semestre, que foi de 5,4 mil toneladas.

Entre janeiro a agosto de 2021, a PRF já registrou 9,4 mil toneladas de peso acima do permitido em Pernambuco, através de diversas operações direcionadas para coibir essa prática. O transporte de mercadorias acima do permitido sobrecarrega o sistema de freios e a suspensão dos veículos, compromete a dirigibilidade, danifica o asfalto das rodovias e aumenta o risco de acidentes graves.

Além disso, destaca-se a quantidade de autuações por desrespeito à Lei do Descanso do Motorista realizadas no mesmo mês, em que foram registradas 209 dos 254 autos emitidos este ano. A norma define que a cada 5h30 de direção, os motoristas devem descansar 30 minutos, e no intervalo de 24h, devem-se observar 8h ininterruptas de descanso.

Outra fiscalização intensificada em agosto foi a de ultrapassagem em local proibido, com 853 autuações, que equivale a 25% dos 3.400 autos emitidos nos oito primeiros meses do ano. Essa infração é uma das mais graves praticadas em rodovias federais, pois podem ocasionar colisões frontais, que resultam em feridos graves ou mortes.

Esses resultados fazem parte do planejamento do Serviço de Operações (SEOP) da PRF, através da Unidade Regional de Segurança Viária (URSV), que tem direcionado as ações de fiscalização da regional para redução da acidentalidade. A iniciativa está em consonância com as diretrizes da Diretoria de Operações (DIOP), que busca alinhar ações de segurança viária e enfrentamento ao crime nas regionais.

Postado Por: Paulo Fernando

clinica

clinica

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO