sábado, 21 de dezembro de 2019

Iniciativa é a maior ação integrada de fiscalização de trânsito do país

Teve início nesta sexta-feira (20), a Operação Integrada Rodovida, que reúne órgãos de trânsito da União, estados e municípios para atuarem em conjunto em prol da segurança viária. A ação seguirá até o dia 1º de março do próximo ano e tem como objetivo reduzir a violência no trânsito, por meio de ações conjuntas de fiscalização e prevenção nos trechos mais críticos de acidentes.

Participam da operação a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), Operação Lei Seca (OLS), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE), Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), Guardas Municipais, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE). Essa é a maior operação integrada de trânsito do país e abrange períodos de grande aumento no tráfego de veículos nas rodovias, como as férias escolares e as festas de Natal, Ano Novo e Carnaval.

Durante as atividades, serão priorizadas ações simultâneas com foco nas infrações que podem gerar acidentes graves, como a embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, uso irregular de motocicletas, falta do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças. As abordagens educativas também serão intensificadas, para estimular condutores e passageiros a adotarem comportamentos mais seguros na utilização de veículos.

Dicas de segurança

Descanse bem antes de dirigir. O sono pode ser tão prejudicial quanto o consumo de bebida alcoólica.

Revise pneus, freios, faróis, nível do óleo e o motor do veículo.

Respeite os limites de velocidade e evite recuperar o tempo perdido com obras ou congestionamentos.

Dirija com o farol baixo ligado e mantenha uma distância segura dos outros veículos.

Só ultrapasse com segurança e em locais permitidos pela legislação.

Em caso de emergência, ligue 191.

Principais causas de acidentes

A falta de atenção por parte do condutor ou do pedestre foi a principal causa de acidente registrado nas rodovias federais entre janeiro a outubro deste ano, com 924 ocorrências. Em seguida, aparece a desobediência às normas de trânsito, com 204 acidentes e a ingestão de álcool, com 209 registros.

Trechos críticos

Um levantamento da PRF, realizado entre os meses de janeiro a outubro de 2019, elencou os cinco principais trechos críticos de acidentes em Pernambuco. Os pontos foram definidos pela quantidade de acidentes graves em trechos de 10 quilômetros. Esses acidentes resultaram em feridos graves ou mortes.

BR 101 – Km 70 a 80 – Jaboatão dos Guararapes

Acidentes Graves – 31

Total de Acidentes – 141

Feridos -131

Mortes -7

BR 101 – Km 60 a 70 – Recife

Acidentes Graves – 27

Total de Acidentes – 138

Feridos -136

Mortes -7

BR 101 – Km 40 a 50 – Abreu e Lima

Acidentes Graves – 26

Total de Acidentes – 126

Feridos -98

Mortes -6

BR 101 – Km 50 a 60 – Paulista

Acidentes Graves – 18

Total de Acidentes – 90

Feridos -85

Mortes -10

BR 407 – Km 120 a 130 – Petrolina

Acidentes Graves – 18

Total de Acidentes – 20

Feridos – 20

Mortes – 3

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)