quarta-feira, 02 de janeiro de 2019

No primeiro dia do ano de 2019, a 19ª Delegacia Seccional de Arcoverde vem a público dar publicidade às estatísticas criminais de 2018. Em maio 2018, a área da Delegacia Seccional de Arcoverde apresentava um percentual de 38% de aumento de crimes violentos letais e intencionais, quando comparando ao mesmo período do ano de 2017. Com muito trabalho, e com a dedicação dos Policiais Civis vinculados à 19ª DESEC, ao fim de dezembro, este número chegou à 12,5% de redução, conseguindo a meta estipulada pelo Pacto Pela Vida, no âmbito da Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco.

Com relação aos crimes violentos patrimoniais, quais sejam, roubo, extorsão, e extorsão mediantesequestro, a área da 19ª DESEC apresentou uma redução de 34,3%, em relação ao ano de 2017. É importante consignar que, durante o ano de 2018, foram registrados o cumprimento de mais de 440 mandados de prisão e internação de adolescentes em conflito com a lei, um acréscimo de 75%, em relação à 2017.

Foi aumentada a quantidade de inquéritos remetidos ao Poder Judiciário e ao Ministério Público, em todas as circunscrições vinculadas à 19ª DESEC, e por conseguinte, aumentando as representações de buscas, prisões, quebra de sigilo de dados, bancário e fiscal.

Na atual gestão da 19ª DESEC foram realizadas várias operações, entre elas quatro Operações de Repressão Qualificada, as quais visavam combater o tráfico de entorpecentes, e a prática de homicídios. Além disso, foram realizadas operações pontuais, denominadas intervenções policiais táticas, quais resultaram na apreensão de armas, drogas, veículos clonados, e prisão de investigados, além da arrecadação tributária na ordem.

A taxa de resolução dos crimes de homicídio na área da 19ª DESEC está acima de 58%, o que corresponde a uma média quase cinco vezes que a média nacional (varia entre 8 a 12%). Em dezembro de 2018, tivemos o registro de sete homicídios, o melhor mês desde 2011, com exceção dos anos de 2015 (2) e 2013 (7).

Os inquéritos têm sido bem instruídos com laudos, pareceres técnicos jurídicos, fotos, esquemas, organogramas, tais fatores favorecem ao Ministério Público, no âmbito do oferecimento da peça acusatória, e ao Poder Judiciário, quando prolata uma eventual decisão de condenação criminal.

Somente em dezembro, foram deflagradas cinco operações, na área da 19ª DESEC, quais sejam, Boas Festas, Shotgun, Pharmacum, Herodes, e Cruzeiro de Sangue, todas visando desarticular o crime organizado.

Em 2019, os desafios estão voltando a proporcionar uma sociedade mais tranquila, com mais paz social, fortalecendo a credibilidade do cidadão no trabalho da Polícia Civil, além de buscas reduzir os índices registrados em 2018.

Com informações do Delegado Seccional – Israel Rubis

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)