sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências, estes foram os temas discutidos na V Conferência Municipal da Criança e do Adolescente realizada nesta quinta-feira (29), no auditório da Igreja Presbiteriana, em Águas Belas. Ao todo, 102 pessoas estiveram presentes, sendo 40 estudantes.

Os temas foram apresentados em cinco eixos (pontos para debates) aos participantes, que, após o final da apresentação, foram divididos em cinco grupos, cada qual com um eixo para discutir e apresentar propostas a serem avaliadas e implementadas no município.

De acordo com a palestrante e especialista em direito da criança e do adolescente, Maria Edivane da Silva Gomes, é preciso entender a necessidade do jovem antes de implementar qualquer política voltada à proteção dele.

“Não vamos dar conta de uma política de sucesso se não sabemos o interesse das crianças, e com isso se aproximar da mudança social possível”, disse.

Maria Edivane comentou ainda que é importante o apoio que a gestão municipal vem dando à causa, porque assim a criança e o adolescente observam que não estão só, pois existem unidades de assistência social e o conselho específico olhando para suas necessidades.

Para a secretária de assistência social do município, Daniele Delgado, a participação de diferentes instituições no evento ajudam os jovens a observar com outra perspectiva os direitos que possuem.

“Acho fundamental porque é um momento para eles terem a percepção do direito que têm e também para mostrar a importância da sociedade”.

A secretária ressaltou também a relevância da discussão em grupos. Para ela, isso foi importante para escutar a opinião de cada um dos jovens para se criar políticas públicas, “isso é uma forma de integrar os jovens à sociedade”, concluiu.

A Conferência acontece a cada dois anos e é uma solicitação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

Organização e participantes

A V Conferência foi organizada pela secretaria de assistência social em parceria com o Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (Condica), o Conselho Tutelar e as secretarias de educação e saúde.

Participaram da conferência o vereador e presidente da câmara, Melke, o presidente do Conselho Tutelar de Águas Belas, Gilberto Gama, o presidente do Condica, Lucas Morais, a secretária de assistência social, Daniela Delgado, e demais secretários, alunos e gestores das escola Elisa Cabral e do colégio Municipal, além de representantes da área da saúde e da educação, do Cras, do Creas e da pastoral da Criança.

(Com informações da Assessoria de Comunicação)

Postado Por: Paulo Fernando


Isso pode te interessar também

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO