segunda-feira, 24 de setembro de 2018

A Polícia Federal com apoio operacional da Polícia Militar (8º BPM – Belém de São Francisco), conseguiu prender, no dia 22/09/2018, Ancelmo José dos Santos, casado, 51 anos, vigilante, natural e residente em Cabrobó-(possui antecedentes criminais-Já foi preso por tráfico drogas) e Aldeites de Souza, casada, 40 anos, doméstica, natural de Picos/PI e residente em Cabrobó/PE-(possui antecedentes criminais-Já foi presa por tráfico de drogas).

As prisões aconteceram em virtude de informações repassadas pela Polícia Federal para policiais militares-(8º BPM-Salgueiro/PE), dando conta de que uma suspeita estaria saindo numa Van de lotação oriunda de Salgueiro/PE, transportando uma certa quantidade de maconha!  De posse dessas informações e das características físicas da suspeita, os militares fizeram uma barreira policial na BR 116 com vista a identificar o veículo e fazer uma busca no interior da lotação com vista a confirmar ou não as informações repassadas. Por volta das 11h, os militares perceberam a aproximação do veículo de lotação, foi determinada a sua parada e ao ser feita uma busca em seu interior foi encontrado 02 sacos contendo em seu interior cerca de 16,5Kg de maconha.

Ao ser presa a suspeita indicou o nome de Ancelmo como sendo a pessoa que lhe teria repassado toda a droga em Cabrobó/PE o que levou os militares a se deslocar até a sua residência onde também foi preso em flagrante. Antes de ser preso Ancelmo havia ligado para o telefone de Aldeites perguntando se ela já estaria em Salgueiro/PE o que comprovou ainda mais a sua participação no tráfico. A droga tinha como destino final a cidade de Brejo Santo/CE e pelo transporte a suspeita receberia a importância de R$ 500 reais quando entregasse a droga a uma pessoa que faria contato com ela por celular.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido a droga arrecadada ambos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro, onde, após terem sido informados dos seus direitos e garantias constitucionais acabaram sendo autuados pelo crime contido nos artigos 33 e 40, inciso V, da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão! Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passaram pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA AS SUAS PRISÕES PREVENTIVAS para em seguida ser conduzido para o sistema prisional da região, onde ficarão à disposição da Justiça Estadual/PE. Além da droga também foi apreendido um aparelho celular. Em seus interrogatórios os presos usaram do seu direito constitucional de só falar em juízo.

Fonte: Polícia Federal

Postado Por: Jailson Ferreira

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO