quinta-feira, 23 de agosto de 2018

A fim de discutir ações estratégicas contra a violação de direitos da criança e do adolescente, a Prefeitura Municipal de Jupi-PE juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Social, realizam no mês de julho, a 1ª audiência pública das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI).

Um marco para a nossa história, que mobilizou as várias secretarias do governo Juntos Para Melhora, num esforço Inter setorial com o objetivo de trabalhar para a erradicação de todas as formas de trabalho infantil no nosso município. O desafio é enorme, mas se houver uma união de toda sociedade neste objetivo, certamente serão alcançados resultados que trarão uma vida melhor para todas as nossas crianças e adolescentes. Não deixando de agradecer a Secretária de Assistência Social, a Comissão Intersetorial das Ações Estratégicas para a Erradicação do Trabalho Infantil e a todos que contribuíram para a realização deste evento. Explica o Sr. Samuel Ferreira Barreto.

Em sua palestra, o coordenador estadual do AEPETI (Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), Leônidas Leal, indicou o evento como oportuno para pensar sobre os direitos das crianças e dos adolescentes e discutir junto à população alternativas de combate ao trabalho infantil. “Este momento é ideal para que possamos desenvolver estratégias para o combate ao trabalho infantil, junto à articulação com a rede de proteção infantil, por isso a necessidade da intersetorialidade na realização das ações”.

De acordo com o Procurador do Ministério Público do trabalho da comarca de Caruaru Exmo. Sr. Dr. José Adilson Pereira, o principal objetivo da reunião foi articular e fortalecer uma agenda intersetorial integrada de combate à exploração. “Este espaço de discussão entre a população e o poder público é fundamental para agirmos, todos juntos, contra o trabalho infantil. Aqui nós tivemos a oportunidade de elaborar propostas e assim fortalecer as políticas públicas”, avaliou o Exmo. Sr. Dr. José Adilson Pereira.

“O assunto é muito sério, esta exploração é muito séria e nós estamos aqui justamente para lutar contra isso. Mas, é fundamental que a comunidade participe deste combate e não seja conivente porque nossas crianças precisam de educação e de cuidado”, finaliza a secretária Fabiana Quintino.

(Com informações da Assessoria de Comunicação)

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

renato-curvelo-2021

renato-curvelo-2021

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)