quinta-feira, 01 de março de 2018

Foi preso nesta quarta-feira (28/2), o lendário Jerry Adriani Gomes da Silva, de 48 anos, vulgo “Nego de Lídio”, acusado de praticar vários assaltos a banco e mais de 20 assassinatos no Estado de Pernambuco. Ele estava foragido da Penitenciária Barreto Campelo, no Recife, desde 18 de dezembro de 2014.

Segundo a Polícia Militar ele foi preso após uma mega operação realizada no município de Redenção do Gurguéia-PI. O foragido era considerado um dos mais procurados criminosos do Estado de Pernambuco ele estava escondido em uma fazenda.

Jerry Adriani fugou através de um túnel, após faltar energia no Complexo Prisional, devido a uma explosão que ocorreu na subestação de energia do Curado, no Recife, informou a polícia.

Com o acusado foi encontrado duas pistolas cal.380 e várias munições de mesmo calibre, além de uma espingarda calibre 12 com munições.

A PM informou também que Nego de Lídio é responsável pela morte do líder comunitário Fulgêncio da Silva, do Projeto Caraíbas, na década de 90, o aludido projeto Caraíbas também leva o nome “Projeto Fulgêncio” em homenagem ao líder morto.

– Em   2001, responsável por dois assaltos a carro fortes no Alto do Engenheiro, município de Ouricuri, no Sertão do estado, juntamente com a quadrilha de Jardiel Ribeiro Dantas.

– Primeiro registro da modalidade “novo cangaço” do país, em 2003, na cidade Ribeira do Pombal-BA.

– É apontado como autor de aproximadamente 25 homicídios na região de Santa Maria da Boa Vista/PE.

– Estava cumprindo pena de 47 anos e aguardando 03 júris populares.

O preso foi encaminhado para ao sistema prisional do Estado de Pernambuco.

Postado Por: Jailson Ferreira

clinica

clinica

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO