sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018

Viatura do IML está sem sacos plástico para remoção de cadáveres, funerárias contratadas pelas famílias é quem fazem o serviço do Estado.
Um ex-presidiário foi assassinado a tiros na tarde desta sexta-feira (12/1) no bairro da Boa Vista, no município de Garanhuns, Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi José Lito Leite da Silva, de 47 anos, que estava na porta de um beco que dá acesso a casa onde morava, na Rua Ismael Tinô e Silva quando elementos em um carro branco passaram efetuando disparos de arma de fogo em sua direção, tendo ele sido atingido por vários deles na região da cabeça. No local ficou uma cápsula de pistola calibre 380. Após ser alvejada, a vítima saiu correndo e caiu em via pública na rua ao lado, Rua José Dedé Godoy, já sem vida.

Ainda segundo a polícia, Joselito havia cumprido pena pela prática de homicídio e havia saído do Centro de Ressocialização do Agreste em Canhotinho (CRA) há mais de dois meses. Durante pesquisa no Sistema da Secretaria de Defesa Social (SDS) foi encontrado um mandado de prisão em aberto contra ele.

O delegado João Lins e equipe da 22ª Delegacia de Homicídios estiveram no local do crime realizando as primeiras investigações.

Equipes da Polícia Militar também estiveram no local e realizaram buscas ao carro suspeito, mas não foi obtido êxito.

O corpo de Joselito Leite que era conhecido como “Lito” foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru através de uma funerária local, devido a única Viatura do IML que realiza o serviço de remoção na região está sem sacos plásticos para remover os corpos.

otica aquarios agreste violento

otica aquarios agreste violento

emancipacao aguas belas agreste violento

emancipacao aguas belas agreste violento