PF E PM LOCALIZA ROÇA DE MACONHA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE DORMENTES/PE

quarta-feira, 27 de maio de 2020

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE em conjunto com a Polícia Militar/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF. O Objetivo é reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano.  As operações constantes trata-se de mais um desdobramento da Operação Muçambê II

Desta vez foram erradicados no dia 26/05/2020, cerca de 5,8 mil pés de maconha encontrados em 02 roças na zona rural do município de Dormentes/PE (localidade de Lagoa de Fora), Em uma das roças foi encontrado e incinerado cerca de 550kg de maconha pronta para a comercialização. A ação contou com a participação direta de 10 policiais entre federais e militares com o apoio do corpo de bombeiros.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). CASO OS 5,8 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE FAZER 2 TONELADAS DE MACONHA!

As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas. Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

Muçambê é um pequeno arbusto, provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

Fonte: Polícia Federal

OPERAÇÃO HÓRUS EVITAM QUE MILHARES DE CIGARROS CONTRABANDEADOS CHEGUEM AO NORDESTE

terça-feira, 26 de maio de 2020

Várias ações policiais de patrulhamento nas fronteiras têm evitado que milhares de cigarros contrabandeados e mercadorias vindas principalmente do Paraguai adentrem ao território nacional e sejam distribuídas em diversas regiões brasileiras, principalmente no Nordeste. A Operação Hórus que é formada por policiais federais, rodoviários federais, civis, militares e exército tem diariamente apreendido inúmeros caminhões carregados de cigarros. Nos últimos 3 dias foram apreendidos 04 (quatro) caminhões em Guaíra/PR e Terra Roxa/PR (cidades fronteiriças e próximas ao Paraguai) com aproximadamente 2.200 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai com 4 suspeitos presos, gerando um prejuízo ao crime organizado de 6 milhões de reais.

Tais ações evitam que uma quantidade enorme de cigarros vindos do Paraguai não adentre ao território pernambucano, evitando assim grandes prejuízos ao estado por sonegação de impostos.

No patrulhamento que é feito pelo NEPOM (Núcleo de Polícia Marítima) da Polícia Federal é bastante comum vez por outra flagrar criminosos furtando a fiação da iluminação da Ponte Ayrton Senna. Numa dessas vezes o criminoso ao perceber aproximação policial, tentou iniciar manobra para subir novamente a ponte, quase caindo algumas vezes, mas conseguiu empreender fuga através da BR-163.

A última apreensão de cigarros contrabandeados feita em Recife/PE foi realizada pela Polícia Militar (11º BPM) num depósito no bairro de Beberibe/PE onde foram apreendidos 745 (setecentos e quarenta e cinco) pacotes de cigarros. Na ocasião foi preso um suspeito de 44 anos, natural de Aliança/PE e residente nos Torrões/PE. O interessante dessa apreensão se deu por existir cigarros contrabandeados do Paraguai mais de fabricação chinesa da marca NISE, fato que não é muito comum acontecer.

Terminado os trabalhos de polícia ostensiva e tendo sido encontrado os cigarros contrabandeados, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante, foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida por se tratar de crime de competência federal foi levado para a Polícia Federal, para as formalidades legais de Polícia Judiciária, tendo sido autuado em flagrante pela prática contida no artigo 334-A, § 1º, V do Código Penal (Contrabando: importar ou exportar mercadoria proibida) e, caso venham a ser condenados poderão pegar penas que variam de 2 a 5 anos de reclusão). Após a autuação, o preso realizou exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal, e foi enviado para audiência de custódia ficando à disposição da Justiça Federal.

Neste tipo de prática criminosa tais infratores sempre estão ligados à sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção de agentes públicos. Há toda uma rede organizada por trás do contrabando quais sejam: fabricantes, depósitos, rede de distribuição e vendedor final. Cada mercadoria que entra no país sem recolher o devido imposto representa um produto a mais no mercado formal que deixou de ser vendido. Assim, deixa-se de arrecadar impostos com recursos que poderiam ser investidos na saúde, educação, segurança e habitação, além de gerar desemprego com a demissão de funcionários e fechamento de lojas em virtude da concorrência desleal pelos preços que são aplicados bem abaixo do mercado (as empresas que contratam seus funcionários pagam todos os encargos trabalhistas como férias, 13º salário, plano de saúde, indenização por tempo de serviço), enquanto que tais infratores não tem compromisso com nada disso.

Segundo pesquisa do IBOPE apontou que 57% dos cigarros comercializados em Pernambuco no ano de 2019 tem origem ilegal. Somente este ano este mercado ilegal deve movimentar 370 milhões e gerar uma perda de R$ 250 milhões na arrecadação, sendo 157 milhões em ICMS e R$ 93 milhões do Fundo de Participação no Estado. 63% de todo o cigarro que circulam ilegalmente no Brasil vem do Paraguai. O Paraguai cobra 18% de imposto e o Brasil entre 70% e 90% dependendo do ICMS.

AUMENTO DA PENA PARA O CRIME DE CONTRABANDO:

No dia 27.06.2014 a ex-Presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que aumenta a punição para o crime de contrabando. A nova legislação, elevou a pena que era de 1 a 4 anos de prisão para 2 a 5 anos. Antes quem era preso com contrabando pagava fiança e respondia ao processo em liberdade, agora quem for preso com cigarros contrabandeados não terá o benefício da fiança e irá direto para o presídio, caso seja confirmada a prisão na audiência de custódia. A lei sancionada prevê ainda que a pena para o crime de contrabando seja dobrada nos casos em que o ato ilícito for cometido por meio do transporte aéreo, marítimo ou fluvial.

POLÍCIA FEDERAL ALERTA PARA O GOLPE DA CLONAGEM DO CARTÃO DO BOLSA FAMÍLIA PARA RETIRADA DO VALOR REFERENTE AO AUXÍLIO EMERGENCIAL

quinta-feira, 21 de maio de 2020

A Polícia Federal alerta para o golpe da clonagem do cartão do Bolsa Família nos terminais eletrônicos com o objetivo de sacar os valores correspondentes ao auxílio emergencial que varia entre R$ 600 e R$ 1.200 reais.  No dia 19/05/2020 – a Polícia Federal em Vila Velha/ES, deflagrou uma operação onde prendeu duas pessoas com 238 cartões clonados do bolsa família e conseguiu recuperar cerca de R$ 26 mil reais do auxilio emergencial que haviam sido retirados por saques indevidos dos beneficiários através da clonagem e captação das senhas dos cartões. Na ocasião duas pessoas foram presas com os dispositivos maliciosos e câmeras que estavam instalados nas máquinas de autoatendimento de duas agências da Caixa Econômica Federal. Os suspeitos tinham antecedentes criminais (já haviam sido presos por fraudes aplicando o mesmo golpe) desta vez eles responderão pelo crime de furto mediante fraude, cujas penas variam entre 2 a 8 anos de reclusão.

DEVIDO A DESCOBERTA DESSE GOLPE A POLÍCIA FEDERAL ALERTA E ORIENTA AS PESSOAS A TOMAREM ALGUNS CUIDADOS NECESSÁRIOS A FIM DE QUE NÃO TENHAM AS TRILHAS CLONADAS E AS SENHAS DO SEU CARTÃO DO BOLSA FAMÍLIA CAPTADAS.

ENTENDA O GOLPE: SOBREPOSIÇÃO DE FALSA ENTRADA DO CARTÃO MAGNÉTICO ALIADO A UM DISPOSITIVO DE FILMAGEM:

Nesta modalidade os suspeitos sobrepõem através de fita adesiva dupla face, um “falso mecanismo de entrada do cartão magnético” para copiar a trilha do cartão, aliado a uma microcâmara que fica perto do teclado para filmar a digitação da senha. Ambos os dispositivos possuem em seu interior mecanismo eletrônico que é capaz de gravar as trilhas do cartão bem como filmar a senha que está sendo digitada. Em ambos os casos, após algum tempo os criminosos voltam ao banco retiram os equipamentos que foram colocados e depois confeccionam vários cartões do bolsa família com as trilhas capturadas e de posse das senhas realizam saques em dinheiro do auxílio emergencial, causando prejuízo financeiro aos beneficiários que tanto necessitam desse dinheiro durante a pandemia do coronavírus.

FRENTES FALSAS:

Os estelionatários geralmente usam as chamadas “frentes falsas”, onde toda a parte frontal do terminal eletrônico é sobreposto ao original para simular a frente de um caixa verdadeiro. Um notebook é instalado por trás do equipamento com um mecanismo interligado tanto no local de introdução do cartão magnético quanto no dispositivo do teclado aliado a um programa que simula todas as principais operações bancárias, porém nunca consegue finalizar a transação, aparecendo sempre uma mensagem de erro. A intenção dos bandidos é copiar e enviar via internet (este dispositivo possui um chip com modem que envia através da web todas as informações para o bandido) a trilha do cartão do bolsa família como também a digitação da senha nas teclas alfa numérica. 

COMO SE PROTEGER:

A)     Procure forçar ou puxar a parte da frontal do terminal ou a entrada do cartão magnético para sua direção, caso ele esteja clonado ou sobreposto por algum mecanismo malicioso, ele sairá facilmente através do movimento executado.

B)     Compare os terminais eletrônicos e veja se não existe algum dispositivo ou peças a mais do que os outros, isso pode ser um indicativo deque aquela máquina foi adulterada.

C)     Lembre-se que os bandidos podem estar de fora da agência, por isso é importante sempre que possível, fazer seus saques no horário comercial, quando o movimento de pessoas é maior, evitando o período noturno. Quando precisar realmente sacar dinheiro à noite, leve um ou mais acompanhantes adultos para que fiquem fora da cabine, como se estivessem na fila;

D)     Tenha cuidado e atenção com os idosos desacompanhados – nunca permita que um idoso possa ir a uma agência bancária desacompanhado de um adulto da família ou de sua confiança, quando ele for realizar suas transações financeiras (receber aposentadoria, retirar dinheiro, pagar contas).  Pela própria idade e habilidade em manusear equipamentos ele pode encontrar dificuldades como seguir o passo a passo que o terminal eletrônico exige, dificuldade em colocar a senha e memorizá-la, visualizar o teclado, colocar suas digitais e tirar dúvidas caso sua transação financeira não seja concretizada.

E)     Proteja a sua senha – A sua senha libera acesso direto à sua conta e informações financeiras. Mude sempre e faça senhas fortes com letras maiúsculas e minúsculas e números. Memorize a senha e não deixe registrada por escrito em nenhum local.

Quem tiver sido vítima de clonagem de seu cartão do bolsa família e recursos oriundos do governo federal tiverem sido subtraídos indevidamente e de forma criminosa entre em contato urgente com o banco através do SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente,  (geralmente a instituição financeira manda um funcionário de segurança privada imediatamente ao local verificar o que está ocorrendo com o terminal), funcionário credenciado para que eles possam registrar a ocorrência e enviar um relatório para a Polícia Federal a fim de que uma investigação seja iniciada com o objetivo de identificar e prender todos os envolvidos.

VITÓRIA DOS PROFESSORES: JUSTIÇA AUTORIZA PREFEITURA DE SALGUEIRO A FAZER RATEIO DE R$ 9 MILHÕES DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF

quinta-feira, 21 de maio de 2020

O juiz José Gonçalves de Alencar, da comarca de Salgueiro, decidiu autorizar a prefeitura do município a fazer o rateio de 60% dos precatórios do Fundef com os professores da rede municipal, o que corresponde a R$ 9 milhões de reais. A decisão é fruto de uma luta travada desde o ano passado pelo deputado federal Fernando Rodolfo (PL), que no dia 28 de setembro fez uma audiência pública no município e apresentou o caminho a ser seguido pelo prefeito para que ele pudesse fazer o rateio com os professores contrariando a decisão do TCU que proíbe o rateio.

“Eu mostrei o caminho legal, o prefeito se convenceu e decidiu seguir nossa orientação. Deu certo e os professores agora vão receber. Esse dinheiro é deles e o prefeito vai pagar com autorização da justiça”, comemorou o deputado. Em sua decisão, o juiz de Salgueiro citou o projeto de lei 5733/2019 cujo relator é o deputado federal Fernando Rodolfo e a PFC 181/2018, aprovada graças ao empenho do parlamentar na Câmara dos Deputados.

Ao decidir autorizar a prefeitura a ratear os precatórios, o juiz fez referência ao posicionamento do ministério público federal que considera a decisão do TCU, proibindo os prefeitos de repassarem o dinheiro aos professores, como inconstitucional. O magistrado deixou claro que cabe agora ao prefeito  “ identificar os profissionais do magistério que trabalharam na época em que o repasse do Fundef chegou a menor e realizar os cálculos necessários”.

DECISÃO – O prefeito Clebel Cordeiro (PL) sempre deixou claro que gostaria de fazer o rateio com os professores, mas tinha receio de ser penalizado por descumprir uma decisão do TCU. Ele foi até a audiência pública onde o deputado explicou o passo a passo, se convenceu e decidiu seguir a orientação do parlamentar. Ele então elaborou um projeto de lei municipal que foi aprovado pela Câmara e daí pra frente, o sindicato dos servidores deu encaminhamento ao processo de homologação judicial através do escritório Rafael Ramos Advocacia.

“É uma conquista que me deixa emocionado. Sigo firme nessa luta até tornar esse rateio lei federal e não depender mais da boa vontade de prefeito para pagar o que é direito do professor. No caso de Salgueiro deu certo porque o prefeito quis fazer o projeto de lei municipal, mas tem prefeitos que não estão nem aí pra os professores. Esses não são dignos de serem votados”, disse o deputado.

POLÍCIA DESTRÓI 15,4 MIL PÉS DE MACONHA NO SERTÃO DE PERNAMBUCO E APREENDE 150KG DA DROGA PRONTA PARA CONSUMO

segunda-feira, 18 de maio de 2020

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE em conjunto com a Polícia Militar/PE e Polícia Civil/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF. O Objetivo é reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação realizada trata-se de mais um desdobramento da Operação Muçambê II

Desta vez foram erradicados no dia 15/05/2020, cerca de 15.400 (quinze mil e quatrocentos) pés de maconha encontrados em 02 (duas) roças e 01 (uma) sementeira (ambiente destinado a acondicionar mudas de maconha) na zona rural de Cabrobó/PE (localidade de sítio Cachoerinha), Em uma das roças foi encontrado e incinerado cerca de 150kg de maconha pronta para a comercialização.A ação contou com a participação direta de 15 policiais entre federais, civis e militares com o apoio do corpo de bombeiros.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). CASO OS 15,4 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE FAZER 5 TONELADAS DE MACONHA!

Toda a maconha pronta encontrada nos plantios foi incinerada no local. As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas. Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

Muçambê é um pequeno arbusto, provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

PF REALIZA QUINTA APREENSÃO DE DROGAS NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES E PRENDE UMA MULHER

sábado, 16 de maio de 2020

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante, no dia 14/05/2020, por volta das 17h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma garota de programa, 19 anos, solteira, natural e residente em Natal/RN -(possui antecedentes criminais, já foi presa por posse de substância entorpecente – cocaína).

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de ilicitudes de competência federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais através de um procedimento padrão, perceberam que a passageira demonstrava bastante nervosismo, inquietação e impaciência sendo separada para uma entrevista prévia. Os federais começaram a lhe questionar sobre o que havia no interior da mala, tendo ela respondido com bastante insegurança aos questionamentos e entrando em contradição. A ação foi concluída quando os federais ao abrir a mala em sua presença encontraram 15 tabletes embalados em fita adesiva, totalizando um peso bruto de 15,1Kg (quinze quilos e cem gramas) de maconha. Além da droga também foram apreendidos, passagens aéreas e um aparelho celular.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foi conduzida para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 incisos III, V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal e foi levada para a audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça Estadual/PE.

Em seu interrogatório a suspeita disse apenas que estava devendo R$ 1.000 (mil) reais a um traficante (não deu maiores detalhes) e para quitar a dívida foi lhe imposto uma viagem saindo de Natal/RN com destino a Campinas/SP transportando a maconha.

ESTATÍSTICA DE APREENSÕES NO AEROPORTO DOS GUARARAPES: Essa é a quinta apreensão de cocaína feita pela Polícia Federal, no Aeroporto dos Guararapes. Até agora 5 pessoas foram presas sendo 4 mulheres e 1 homem e aprendidos 27Kg de cocaína e 15kg de maconha. No ano passado 10 pessoas foram presas no Aeroporto dos Guararapes – sendo 3 homens e 7 mulheres e apreendidos 60,2Kg de cocaína e 30Kg de skunk.

Fonte: Polícia Federal

CANTOR ASSISÃO ARRECADA 5 TONELADAS DE ALIMENTOS DURANTE LIVE EM SERRA TALHADA

sábado, 16 de maio de 2020

O cantor serra-talhadense, Assisão, arrecadou um total de 5 toneladas de alimentos em sua última live que aconteceu no último sábado (09/05) na Fazenda São Miguel, na zona rural de Serra Talhada. A informação foi dada pelo cantor em publicação no seu Instagram.

Essa foi a segunda live que Assisão realizou e conseguiu arrecadar alimentos, a primeira live aconteceu no dia 17 de abril e foi em prol das vítimas que tiveram prejuízos na última enchente do Rio Pajeú, que invadiu algumas ruas da capital do xaxado.

MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DEVE SUSPENDER ENTREGA DO CARTÃO MERENDA ATÉ ADOTAR AS MEDIDAS SANITÁRIAS NECESSÁRIAS À ENTREGA

sexta-feira, 15 de maio de 2020

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, expediu recomendação para que o gestor municipal e os secretários de Saúde e Educação suspendam em caráter temporário a entrega do Cartão Merenda aos alunos afetados pela crise decorrente da situação de emergência em saúde pública, decorrente do novo coronavírus (Covid-19).

A suspensão deve ser adotada até que ocorra um planejamento para a distribuição organizada e segura, seguindo as normas sanitárias. O objetivo principal é proteger a população da cidade e região contra a disseminação do Covid-19.

“O teor dos vídeos divulgados em redes sociais e também as notícias relatam a grave e a inaceitável aglomeração gigantesca de pessoas nesta sexta-feira, 15, no município de Ribeirão, para a entrega do Cartão Merenda. Assim há a necessidade premente de serem impedidas situações que promovam a aglomeração de pessoas e facilitando eventual propagação da doença”, disse o promotor de Justiça da cidade, Marcelo Penalva.

A recomendação deve ser acatada com o prazo máximo de 48h de forma que a não manifestação da gestão municipal pode ser entendida como negativa e embasamento para adoção de medidas judiciais cabíveis.

“O Estado de Pernambuco e o município de Ribeirão já registram vários casos de pessoas contaminadas com o referido vírus, cuja propagação pode exponencialmente colocar em risco a população em geral, além disso, até a presente data existem vários casos confirmados, infelizmente registrando vários óbitos”, reforçou o promotor.

Fonte: MPPE

CULTIVO E PLANTIO DE MACONHA É ERRADICADO EM SALGUEIRO CABROBÓ E CARNAUBEIRA DA PENHA, NO SERTÃO DE PE

sexta-feira, 15 de maio de 2020

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE em conjunto com a Polícia Militar/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF. O Objetivo é reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação, realizada nos dias 12 e 13 trata-se de mais um desdobramento da Operação Muçambê II

Desta vez foram erradicados nos dias 12 e 13/05/2020, cerca de 38.400 mil pés de maconha na zona rural dos municípios de Salgueiro/PE (Sítio Rodeadoro), Carnaubeira da Penha/PE (comunidade de Olho D’água do Padre) e Cabrobó/PE (localidade de sítio Cachoerinha). As duas ações contaram com a participação direta de 20 policiais entre federais e militares. Os policiais trabalharam com incursões terrestres na zona rural do município e localizaram 7 roças e 3 sementeiras (ambiente destinado a acondicionar mudas de maconha).

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). CASO OS 36 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE FAZER 13 TONELADAS DE MACONHA!

Toda a maconha pronta encontrada nos plantios foi incinerada no local. As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai.  Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas. Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

GOLPE PROMETE COLETA DOMICILIAR PARA TESTE DO COVID E VENDA DE TESTES RÁPIDOS COM ENTREGA VIA SEDEX

sexta-feira, 15 de maio de 2020

A Polícia Federal alerta para um novo golpe que está sendo aplicado em sites de compra e venda online e que promete testes rápidos de coronavírus por um preço abaixo do mercado, bem como a coleta de material orgânico para exame laboratorial na residência da pessoa. Num dos maiores sites de compra e venda no Brasil, 125 (cento e vinte e cinco) vendedores com ofertas similares já foram excluídos e 58 mil propagandas enganosas de produtos que garantiam prevenir, aliviar ou curar os sintomas do coronavírus. 0s testes para detectar o novo coronavírus são realizados apenas por profissionais da área da saúde. No entanto, muitas pessoas no desespero de querer saber se estão ou não com a doença, acabam caindo em fraudes que estão sendo anunciadas em sites de compra e venda online.

É bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de períodos e situações específicas, como épocas festivas, promoções feitas por empresas e grandes lojas, liberação por parte do governo de vantagem financeira como FGTS, 13º salário, PIS ou até a situação que envolvam calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas para enganar as pessoas. Infelizmente com a pandemia do coronavírus, não tem sido diferente.

Ao manter contato com esses bandidos geralmente a chamada telefônica não completa a ligação, tudo para fazer com que a pessoa possa interagir com eles através dos chats. Quanto é acertado a venda, eles costumam dizer que ocorreu um problema na etiqueta ou um erro no sistema, e portanto, o comprador deve realizar o pagamento através de um link enviado por ele fora das regras do site de compra e venda e quando a pessoa executa o pagamento, jamais recebe o produto.

Uma outra forma de golpe que a população deve ficar atenta e quando as propagandas dizem ser de um laboratório que fará a coleta do material orgânico na residência das pessoas e para isso fazem um agendamento marcando dia e horário. Tais falsos argumentos para ter acesso a residências das pessoas é um perigo porque bandidos podem invadir as residências para cometerem crime e praticar assaltos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária-ANVISA, proíbe a venda online dos testes bem como que o teste seja realizado pelo paciente em casa sem supervisão de profissional de saúde – por isso, apenas testes rápidos feitos em farmácia, laboratório e hospital estão liberados. E somente é válida para estabelecimentos que atentam para as condições operacionais e técnicas estabelecidas. A venda de testes da Covid-19 é autorizada apenas para pessoas jurídicas, empresas, hospitais, laboratórios, farmácias e demais órgãos da saúde. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, os testes liberados nas farmácias devem ser realizados pelos profissionais habilitados, nunca como autoteste.

COMO SE PROTEGER:

  1. Nunca compre testes rápidos do coronavírus em sites de compra e venda pela internet, porque tal negociação não é autorizado pela ANVISA.
  2. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma coleta de material orgânico do coronavírus ou consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar agentes de saúde com o objetivo de cometer crimes e realizar assaltos.
  3. Nunca faça nenhum pagamento em dinheiro fora das regras do site de compra e venda sob qualquer pretexto.
  4. Faça uma consulta na internet sobre a existência do laboratório que está oferecendo tais testes do coronavírus.
  5. Qualquer compra feita apenas por conversas em chats sem confirmação de um número telefônico é um risco muito grande.
  6. Ao detectar que uma venda é um golpe faça uma denúncia no próprio site, afim de que os responsáveis possam remover o anúncio criminoso.