segunda-feira, 07 de dezembro de 2020

Um ex-presidiário foi executado na noite deste domingo (6), na cidade de Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco.

Cleiton José Xavier da Silva de 20 anos, estava em casa, quando cinco homens cercaram a residência, dois entraram e efetuaram vários disparos de arma de fogo, Cleiton tentou correr e acabou encurralado pelos criminosos outros elementos que também dispararam contra ele. Cleiton não resistiu e morreu no local, segundo a polícia ele tinha envolvimento com tráfico de drogas. O corpo foi encaminhado para o IML do Recife.

segunda-feira, 07 de dezembro de 2020

A Polícia Federal em Pernambuco procedeu no último sábado (05/12) por volta das 18:30h, a extradição passiva de um estrangeiro português, de 31 anos, natural de Lamas-Cadaval. O estrangeiro foi entregue no Aeroporto Internacional dos Guararapes para policiais portugueses que ficaram responsáveis em levá-lo para Portugal onde deverá responder pelos seus crimes cometidos, após assinar um termo de entrega do preso.

Prisão em 2018

RELEMBRE O CASO:

O Estrangeiro português foi detido no dia 12/03/2018 no bairro de Santo Amaro/PE, numa operação conjunta realizada pela Polícia Federal e a Polícia Militar de Pernambuco (Rádio Patrulha). O estrangeiro estava há dois anos irregular no Brasil e já havia sido notificado pela Polícia Federal a deixar o país, porém ficou foragido desde então em locais de comunidades distantes dos grandes centros da capital pernambucana e paraibana para evitar sua possível prisão para fins de expulsão do país.

Os crimes que são imputados ao foragido em Portugal são crimes sexuais cometidos contra mulheres portuguesas (estupro e ameaça qualificada) praticado em fevereiro de 2015 em Portugal, tendo sido condenado a uma pena de 6 anos e 2 meses.

No Brasil já havia sido autuado por três vezes na Lei Maria da Penha em virtude de ter relacionamentos agressivos e conturbados com mulheres pernambucanas e paraibanas. O português confessou que comandava um ponto de venda de droga em Portugal e por isso foi denunciado pela própria mãe, o que o forçou a fugir do país após o cometimento de vários crimes. De temperamento agressivo se envolveu em brigas com guardas municipais da Paraíba.

A prisão preventiva para extradição foi decretada pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes no dia 02 março de 2018 e visou atender a um pedido de extradição feita por Portugal ao governo brasileiro fundada na promessa de reciprocidade entre esses países de tratamento de casos análogos.

Após receber o respectivo dispositivo legal de prisão, foram realizados levantamentos por parte de policiais federais da Superintendência em Pernambuco que de posse da autuação pela Lei Maria da Penha em Recife/PE foi montada uma operação conjunta entre as polícias federal e militar que resultou em sua localização e consequente prisão. O Português foi encontrado e preso após trocas de informações repassadas pela Polícia Federal para Policiais Militares da Rádio Patrulha/Malhas da Lei, no Bairro de Santo Amaro, porém residia em diversas comunidades como “V8” e dos “Coelhos” e não tinha o costume de ficar por muito tempo em ligares fixos a fim de que não fosse possível a sua identificação, A prisão ocorreu sem nenhum transtorno e o estrangeiro não esboçou qualquer tipo de reação.

segunda-feira, 07 de dezembro de 2020

A Polícia Federal através de sua representação em Salgueiro/PE deflagrou, na última sexta-feira (04/12) por volta da 6h, a Operação denominada “ÁGIO EMERGENCIAL”, para desarticular possível grupo criminoso com atuação no município pernambucano de Belém do São Francisco/PE, o qual vinha aplicando golpes em beneficiários do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal em razão da pandemia de covid-19.

As investigações indicaram que, desde abril/2020, um funcionário de uma casa lotérica estaria cobrando indevidamente 10% dos valores do auxílio emergencial para que os beneficiários não enfrentassem filas. Em seguida, marcavam em local fora do estabelecimento para fazer a entrega do dinheiro. Os envolvidos estavam cobrando e obtendo vantagem indevida em detrimento de pessoas de baixa renda, em situação de miserabilidade, por meio de um serviço público delegado pela Caixa Econômica Federal às casas lotéricas.

Foram cumpridos 06 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal da 20ª Vara/PE, todos no sertão pernambucano. As investigações apontaram que um funcionário de lotérica de 26 anos, pagava para um motoboy de 43 anos, a quantia de R$ 100 reais para que ele pudesse encontrar beneficiários interessados no saque do auxílio emergencial, coletar os cartões das vítimas, bem como suas respectivas senhas. Após o saque, o mototaxista entregava a seus proprietários a quantia restante, depois de ter abatido o valor dos serviços ilícitos. Após ter sido descoberto pelo dono da lotérica sobre a irregularidade, o suspeito passava também a fazer os saques em outras agências bancárias de Salgueiro/PE e Cabrobó/PE.

Na residência do principal suspeito foram encontrados e apreendidos 01 aparelho celular, 01 caderno com anotações dos saques, diversos comprovantes bancários de saques do auxilio emergencial, 27 cartões de benefício do Bolsa Família e do cidadão.

Os envolvidos vão responder pela prática que configura crime de corrupção passiva (crime praticado por funcionário contra a administração) prevista no artigo 317 do código penal e caso sejam condenados poderão pegar penas de até 12 anos de reclusão. A operação recebeu o nome do Ágio Emergencial por fazer alusão a um valor adicional cobrado em operações financeiras.

sábado, 05 de dezembro de 2020

Três homens armados arrombaram a porta de uma residência e executaram um jovem na madrugada deste sábado (5), na zona rural do município de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

Lucas de Souza Bezerra, de 18 anos, foi alvejado diversas vezes, não resistiu e morreu antes de receber os primeiros socorros, no momento dos disparos o pai da vítima foi atingido no pé e foi socorrido para o Hospital Regional de Palmares.

A vítima tinha envolvimento com tráfico de drogas, teve um irmão assassinado em Catende no ano passado e um outro irmão está preso.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Um adolescente de 17 anos foi assassinado na noite desta terça-feira (1º), na Rua Vereador Ricardo Valença, no centro de Barreiros, na Mata Sul de Pernambuco.

A vítima foi surpreendida por um homem que chegou em um carro, desembarcou e efetuou disparos de arma de fogo, o menor não resistiu e morreu no local, o autor do crime ainda não foi identificado, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Essa é a maior apreensão do ano em Pernambuco de notas falsas feita pela Polícia Federal e Correios.

A Polícia Federal em Pernambuco, autuou em flagrante, um comerciante de 20 anos, natural de Recife/PE e residente em Paulista/PE (possui antecedentes criminais – foi preso em virtude da Lei Maria da Penha em janeiro/2020 e ainda está respondendo ao processo) no dia 21/11/2020 por volta das 14h, em virtude de informações repassadas pela central de monitoramento dos correios para a Polícia Federal, dando conta de que havia um objeto postal suspeito, cujo destinatário haveria de retirar na agência. A ação teve seu desfecho quando os policiais se dirigiram até a agência dos correios do Bongi com o objetivo de aguardar, abordar e averiguar a veracidade das informações e suspeitas a respeito da postagem.

O comerciante chegou na agência, assinou o documento de retirada do objeto postal e quando ia saindo do local foi mediatamente abordado pelos federais, os quais lhe pediram para abrir a caixa que havia retirado e ao fazê-lo foi encontrado em seu interior 95 cédulas de R$ 100 reais e 10 cédulas de R$ 50 reais, totalizando um valor de R$ 10 mil reais em notas falsas. Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido encontrada as notas, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida encaminhado para a Sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, para os procedimentos de polícia judiciária, onde acabou sendo autuado em flagrante pelo crime contido no artigo 289 § 1º do Código Penal  (possuir nota falsa) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão, além de multa. O preso já passou por audiência de custódia e foi liberado no dia seguinte, devendo responder ao processo em liberdade.

Em seu interrogatório o preso revelou que trabalha com um comércio vendendo sorvete e bebidas. E que foi buscar a correspondência porque o endereço é falso, mas o nome do destinatário é o seu. Disse também que iria receber a quantia de R$ 500 reais quando entregasse as notas ao verdadeiro proprietário, porém, não deu detalhes de quem seria tal pessoa. A encomenda foi postada numa agência dos Correios em São Paulo/SP no dia 17/11/2020 e tinha como endereço falso, o bairro de Campo Grande-Recife/PE. Essa se constitui a maior apreensão do ano de notas falsas em Pernambuco feita em conjunto pela Polícia Federal e Correios.

No dia 24/11/2020 a Polícia Federal de São Paulo/SP e Maringá/PR, em outra ação conjunta com os Correios e Polícia Militar/SP, conseguiu apreender 500 mil reais em moeda falsa. Um monitoramento que já durava 8 meses prendeu dentro da agência dos correios de São Paulo/SP, um suspeito quando se preparava para fazer novas postagens de R$ 50 mil reais em notas falsas em mais de 20 envelopes com destino para 5 regiões do país. Estima-se que a organização criminosa tenha colocado mais de R$ 10 milhões de reais de notas falsa em circulação no Brasil. Após o flagrante o investigado indicou local em que seria o depósito de moeda falsas e foi apreendido aproximadamente 500 mil reais.

Informe: Polícia Federal

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

A Polícia Federal em ação conjunta com a Receita Federal e Correios vem promovendo ações de repressão qualificada em diversas centrais de distribuição dos Correios com o objetivo de coibir o tráfego e tráfico de substâncias entorpecentes e diversos materiais ilícitos utilizando para isso o fluxo postal. Tais ações coordenadas pela Polícia Federal e Receita Federal tem se utilizado de investigações na área de inteligência, cães farejadores para identificar substâncias ilícitas como também outras modalidades criminosas que tentam burlar a fiscalização para escoar mercadorias e objetos produtos de crime entre os estados da federação e até para o exterior, No contexto da pandemia da COVID-19 e necessidade de isolamento social, a tentativa de envio de entorpecentes via postal e redes sociais tem sido uma das formas encontradas pelos grupos criminosos para manter o mercado ilegal de venda e consumo de drogas.

Entre essas ações conjuntas foi identificado e apreendidos no último dia 20/11 através do cão farejador e aparelho raios x, cerca de 3.000 comprimidos de ecstasy que estavam escondidos em três potes de cremes para cabelo, cuja postagem foi feita numa agência de Curitiba/PR com destino final para o bairro de Boa Viagem-PE. 

Os federais acompanharam a entrega ao destinatário, até a residência de um suspeito de 33 anos, autônomo, natural de Recife/PE e residente em Boa Viagem, porém ele argumentou que apesar de constar seu nome como destinatário da droga, apenas estava recebendo o objeto postal para ganhar um valor de R$ 500 reais quando fosse entregue ao verdadeiro proprietário. O Destinatário final era um auxiliar de administração, de 26 anos, natural de Recife/PE e residente no bairro de San Martin-PE. O autônomo fez uma ligação para se encontrar com o proprietário da droga, e quando a encomenda lhe foi entregue, foi abordado pelos federais e também detido. Também foram apreendidos a quantia de R$ 2.500 reais, dois celulares e um veículo Hiunday

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido constatado a existência da ilicitude, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal, no Cais do Apolo, onde acabaram sendo autuados em flagrante pelo crime contido nos Artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/06 (tráfico interestadual de entorpecentes e associação) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 3 a 25 anos de reclusão, além de multa. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal, foram encaminhados para a audiência de custódia, onde foi confirmada sua prisão preventiva, sendo levado em seguida para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Estadual.

Também chamado de droga do amor, o ecstasy é uma droga psicoativa, conhecida por MDMA. O ecstasy foi produzido por uma indústria farmacêutica no ano de 1914 com o intuito de ser utilizado como supressor do apetite, mas nunca foi utilizado para essa finalidade. Na década de 70 passou a ser consumido recreativamente, sendo disseminado principalmente entre estudantes universitários. O efeito do ecstasy pode durar em média oito horas, mas isso varia de acordo com o organismo. Os usuários dessa droga sentem aumento do maior interesse sexual, sensação de bem-estar, grande capacidade física e mental, euforia e aumento da sociabilização e extroversão. Após o uso da droga ocorrem alguns efeitos indesejados, como aumento da temperatura corporal, dores de cabeça, náuseas, perda do apetite, insônia, grande oscilação da pressão arterial, alucinações, agitação, ansiedade, ataques de pânico, psicoses, depressão profunda, paranoias, alucinações, despersonalização, impulsividade, perda do autocontrole e morte súbita por colapso cardiovascular.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Um homem de 25 anos foi assassinado na tarde desta quarta-feira (25), na Rodovia Governador Mário Covas, no município de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

O corpo de Givaldo Moisés da Silva, apresentava perfurações provocadas por disparos de arma de fogo.

O cadáver foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Policiais militares e civis da cidade de Cortês na Mata Sul pernambucana deram cumprimento ao mandado de prisão expedido pela justiça local em desfavor do pescador Cléber José Gomes, de 23 anos, por descumpri uma medida protetiva.

A prisão do indivíduo ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), na rua do Sol, no distrito de Barra de Jangada, no município de Cortês/PE. O preso foi apresentado na delegacia local e encaminhado ao Presídio Rosenildo da Rocha Leão, em Palmares.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Uma mulher foi atropelada por um ônibus e morreu na manhã desta quarta-feira (25), na PE -096, no município de Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco.

O coletivo que transportava trabalhadores rurais atingiu Gerlane Maria da Silva, de 34 anos, ela não resistiu e morreu no local, o motorista se evadiu e sem prestar socorro, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.