POLÍCIA FEDERAL PROCEDE AUTUAÇÃO DE DOIS SUSPEITOS EM UM FLAGRANTE REALIZADO PELA POLÍCIA MILITAR-CIPOMA

segunda-feira, 14 de Maio de 2018

A Polícia Federal em Caruaru/PE procedeu a autuação de um flagrante realizado por policiais militares da 1ª CIPOMA-(Companhia de Policiamento do Meio Ambiente) onde foram presos VANDEILSON CORDEIRO DE CARVALHO, 24 anos, autônomo, natural de Belo Jardim e residente em Caruaru/PE-(não possui antecedentes criminais) e ADEMAR JOSÉ DA SILVA –(não possui antecedentes criminais), autuado através de Termo Circunstanciado de Ocorrência em virtude de ter sido encontrado no interior de sua residência em Caruaru-PE animais silvestres.

As prisões aconteceram no dia 12/05/2018, sábado por volta das 6h em virtude de informações chegadas até os policiais militares da CIPOMA dando conta de que um suspeito estaria se deslocando do interior da Bahia trazendo centenas de animais silvestres num veículo Renault de cor vermelha e placas NTN-6806 de Vitória da Conquista/BA. De posse dessas informações foi montado um bloqueio policial na BR 423 na entrada do município de São Caetano/PE com vistas a interceptar, localizar e prender os possíveis suspeitos.

A ação teve seu desfecho final quando os militares visualizaram a aproximação do veículo apontado nas denúncias e que estava sendo conduzido por VANDEILSON dando-lhe ordem de parada para averiguação! Ao ser feita uma busca no interior do carro percebeu-se centenas de animais silvestre da fauna brasileira (craúnas, concriz, trinca-chãos, papa-capins, canários da terra, rolinhas fogo-pagou, caboclinhos, patativas, manés mago, galos campina e papagaios) que estavam acomodados na parte do banco traseiro e na mala. Foi detectado também que alguns desses animais já estavam mortos devido às condições de maus tratos – espaço extremamente pequeno para acondicionar os animais. Os suspeitos também não apresentaram nenhuma guia de trânsito expedida pelo órgão competente para transporte dos animais.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido arrecadados 1.024 (mil e vinte quatro pássaros) dentro do veículo, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foram conduzidos para a Sede da Delegacia da Polícia Federal em Caruaru onde VANDEILSON foi autuado em flagrante pelos crimes contidos nos artigos 29, §1º, III, e 32 da Lei nº 9.605/98 c/c Artigo 309 Lei nº 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro) – Artigo 29 – Matar, vender, transportar, adquirir, espécimes da fauna silvestre, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente (pena: 6 meses a 1 ano de detenção e multa), Artigo 32 (praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres (pena – detenção, de três meses a um ano, e multa) Artigo 309 – Dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão (pena – detenção, de seis meses a um ano e multa) e após autuação foi levado para a audiência de custódia na Justiça Estadual já ADEMAR foi autuado através de dois TCOs-Termo Circunstanciado de Ocorrência e após autuação foi liberado.

Em seu interrogatório VANDEILSON informou não possuía autorização para transportar os animais e que havia adquirido os animais no município de Carlos Sales/BA. Disse ainda que todos os pássaros foram adquiridos por aproximadamente R$ 15 mil reais e os venderia por aproximadamente R$ 17 mil. Por fim informou que os animais foram alimentados e que estavam acondicionados de forma adequada para transporte. Na residência de ambos também foi encontrado vários pássaros o que totaliza cerca de 1098 (mil e noventa e oito) pássaros. Os animais foram entregues no CETA – Centro de Tratamento de Animais Silvestres do CPRH, que fica em Aldeia.

PF DEFLAGRA A OPERAÇÃO CATABIU PARA APURAR DESVIOS EM CONTRATO DE OBRA DE REVITALIZAÇÃO DA RODOVIA BR-104 EM ALAGOAS

sexta-feira, 11 de Maio de 2018

A Polícia Federal em Alagoas, com apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou, na manhã de hoje, 11, a Operação Catabiu para dar cumprimento a 07 Mandados de Busca e Apreensão nos Estados de Alagoas, Pernambuco e São Paulo.

A Operação Catabiu foi desencadeada para apurar desvios em Contrato de Obra de Revitalização da Rodovia BR-104 em Alagoas, por conta de danos aos cofres públicos comprovados na ordem de 10 milhões de reais, executado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – DNIT em Alagoas, firmado entre o DNIT e um consórcio de empresas, para revitalização de aproximadamente 85km da rodovia neste Estado.
O valor do contrato original, acrescido de seus reajustes e aditivos, chega a 100 milhões de reais aproximadamente, valores esses integralmente de origem federal.

As investigações realizadas pela PF, bem como a auditoria da CGU, apontam para execução da obra com especificações aquém daquelas contratadas, gerando prejuízos comprovados por laudo pericial da ordem de 10 milhões de reais, podendo chegar a 26 milhões de reais aproximadamente, caso outros indícios já levantados, tais como simulação na contratação de insumos, subcontratação irregular de partes da obra e não aplicação de multa às empresas contratadas sejam confirmados.

A Operação Catabiu conta com a participação de 36 policiais federais e apoio de auditores da CGU.
Estão sendo cumpridos 05 Mandados de Busca e Apreensão em Alagoas, sendo 04 em Maceió/AL e 01 em Santana do Ipanema/AL, bem como 01 em São Paulo e 01 em Pernambuco.

Na linguagem popular do Nordeste, catabiu corresponde a buracos em estradas que provocam solavancos e sacolejos nos transportes automotivos.

Fonte: Polícia Federal
Imagem da internet

POLÍCIA FEDERAL PRENDE SUSPEITO COM MANDANDO DE PRISÃO EM ABERTO POR HOMICÍDIO QUANDO DESEMBARCAVA NO AEROPORTO DOS GUARARAPES VINDO DE PORTUGAL

sexta-feira, 11 de Maio de 2018

A Polícia Federal através da Delegacia de Imigração-DELEMIG que fica localizada no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freire, prendeu na quarta-feira passada por volta das 20:30h, SAMIR NATAN GOMES BORGES DE MELO, 27 anos, natural do Rio de Janeiro/RJ e residente em Turiaçu/RJ.

A prisão se deu através de fiscalização imigratória de rotina quando da chegada de um voo às 20:30h proveniente de Portugal – ao desembarcar os passageiros precisam apresentar o passaporte para o procedimento de entrada e saída do país quando foi detectado no sistema a presença de um mandado de prisão preventiva expedida pela 4ª Vara Criminal do Rio de Janeiro em virtude do crime de homicídio qualificado.

Terminado os trabalhos investigativos o preso foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais, tomou ciência de sua prisão e em seguida foi levado para realizar Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e depois encaminhado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da 4ª Vara Criminal do Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Polícia Federal

POLÍCIA FEDERAL FAZ EXTRADIÇÃO DE FRANCÊS PROCURADO PELA INTERPOL PELO CRIME DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL EM PERNAMBUCO

quarta-feira, 02 de Maio de 2018

A Polícia Federal em Pernambuco através da sua projeção de Polícia internacional-INTERPOL – Procedeu a extradição da Espanha para o Brasil de um procurado internacional por estupro de vulnerável entre 2012 e 2014 da Espanha para o Brasil na última quinta-feira (26/4) do francês GHISLAIN ROGER NOEL BINET, vulgo gringo, 50 anos, natural de Dijon-França e tendo como última residência em Pernambuco, na Rua Águas Cumpridas-Gaibú no Cabo de Santo Agostinho/PE.

O francês havia sido denunciado pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca do Cabo de Santo Agostinho pela suposta prática do crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A, do Código Penal e citado para num prazo de 10 dias oferecer defesa por escrito ou através de seus advogados, porém como não compareceu à audiência teve o seu caso transcorrido à revelia e sua prisão preventiva decretada.

A INTERPOL surgiu em Viena-Áustria, em 1923, atualmente sediada em Lyon-França sendo composta por 190 países membros. Sua finalidade é a cooperação de polícias de diferentes países, com o objetivo de estabelecer uma central de informações ao redor do mundo no combate ao crime em escala internacional.

A pedido da 2ª Vara Criminal da Comarca do Cabo de Santo de Agostinho/PE o nome do estrangeiro foi lançado no sistema de difusão vermelha da INTERPOL onde passou a ser procurado em vários países e no mês de janeiro de 2018 foi localizado e preso em Madri-Espanha onde estava aguardando o processo de extradição ser concluído e formalizado com base no Tratado de Extradição entre o Brasil e a Espanha.

Policiais Federais saíram de Recife com destino à Madri-Espanha no dia 22/04 tendo retornado para a capital pernambucana com o preso no dia 26/04 por volta das 13h. Trazido para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo e após as formalidades legais foi submetido a exame de corpo de delito no IML e logo em seguida foi recambiado para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde permanecia à disposição do Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca do Cabo de Santo Agostinho/pe.

GRUPO ARMADO EXPLODE AGÊNCIA DO BRADESCO DE SIRINHAÉM

segunda-feira, 30 de Abril de 2018

Houve tiroteio com a Polícia de os suspeitos fugiram. A agência do Bradesco é a única da cidade e ficou parcialmente destruída na explosão

Mais uma agência bancária do Pernambuco foi alvo de explosão. Desta vez a investida foi contra o Bradesco de Sirinhaém, no Litoral Sul do Estado, que fica na Rua Sebastião Chaves, no centro da cidade. Segundo a Polícia, houve tiroteio. Equipes do décimo batalhão está na área.

Ação

O grupo usou explosivos para ter acesso ao cofre da agência, mas não teve sucesso. Segundo a 10ª Companhia Independente da Polícia Militar, os homens fugiram sem levar nada.

Vários grampos foram colocados na entrada da cidade para dificultar a chegada da Polícia. Além disso, um carro foi queimado para dificultar uma possível perseguição.

O bando fugiu pela PE-60, no sentido Recife, mas pode ter entrado em alguma estrada local. Havia um bloqueio da PM montado em Serrambi, e segundo a Polícia, nenhum suspeito passou por lá.

(Com informações da Rádio Jornal)

POLÍCIA FEDERAL APREENDE DE 2 QUILOS DE COCAÍNA NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES

segunda-feira, 30 de Abril de 2018

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 27/04/2018, por volta das 22h, NOMAMI JOHARI AZIZI COOPER, nacionalidade holandesa, 36 anos, gerente de recursos humanos, solteira e residente em Roterdã-Holanda-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionar alguns passageiros suspeitos e submeter as suas bagagens pelo aparelho de raios “x”, identificaram que na bagagem de uma holandesa continha em seu interior duas placas estranhas de formato retangular. Diante desses fatos sua bagagem foi aberta onde foi identificado 02 (dois) invólucros de substância entorpecente que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 2.2Kg (dois quilos e duzentos gramas).

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada a estrangeira recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e levada para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 c/c 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA A SUA PRISÃO PREVENTIVA para em seguida ser conduzido para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidos cartões de embarque, 02 (dois) aparelhos celulares, além da quantia de € 200 dólares americanos – cerca de R$ 680 reais.

Em seu interrogatório a presa informou que veio ao Brasil para tentar esquecer a morte recente do seu genitor e que desconhecia a existência da substância no interior da sua bagagem; Disse também que quando estava em São Paulo conheceu um nigeriano, ficando hospedada em sua casa, o qual lhe informou que a sua mala estaria com sobrepeso e por essa razão ela deveria transferir parte dos seus pertences para uma outra mala de mão que ele lhe ofereceu para não pagar excesso. Por fim disse que não sabe dar maiores detalhes do nigeriano e que quando chegasse em Roterdã-Holanda não havia sido instruída a entregar a mala para ninguém e por isso não receberia nenhuma quantia em dinheiro. De São Paulo a suspeita veio para Recife/PE onde faria escala para retornar para Roterdã na Holanda.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a sexta apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 08 prisões (cinco mulheres e três homens). Foram apreendidos 21,9Kg de cocaína e 86,5Kg de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

Fonte: Polícia Federal

POLÍCIA FEDERAL PRENDER EX-PREFEITO DE RIO LARGO/AL FORAGIDO DA JUSTIÇA DESDE MARÇO

terça-feira, 24 de Abril de 2018

Ação conjunta da Polícia Federal de Pernambuco e Alagoas dentro da chamada “OPERAÇÃO PROCURADOS” (a operação é contínua e começou a ser colocada em prática desde o ano de 2010 com essa designação e tem por objetivo dar cumprimento à Mandados de Prisão Temporária e Preventiva expedidos pela Justiça Federal e que são de competência da Polícia Federal realizar a sua execução) conseguiu prender no final da tarde de ontem, 23/04/2018, Antônio Lins de Souza Filho, vulgo “Toninho Lins” – ex-prefeito do município de Rio Largo/AL quando estava saindo de um apartamento localizado no bairro da Torre-Recife/PE.

Antônio Lins teve a prisão decretada no dia 26/02/2018 e foi condenado a 16 anos e 2 meses de prisão por apropriação de bens públicos, falsificação de documentos, fraude em licitações, entre outros crimes. O ex-prefeito estava foragido desde março, após ter sua prisão decretada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas.

O ex-gestor de Rio Largo/AL aguardava em liberdade o julgamento de um Agravo em Recurso Especial no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Procuradoria Geral da Justiça de Alagoas (PGJ) requereu o início da execução provisória da pena imposta ao réu. O ex-prefeito, por sua vez, argumentou que o efeito da decisão só poderia ocorrer apenas depois do trânsito em julgado.

Ao avaliar o caso, o juiz Maurílio Ferraz deferiu o pedido feito pela Procuradoria, para que fosse dado início à execução provisória da pena. Após a sentença do Tribunal de Justiça, , a polícia tentou localizar o ex-prefeito para executar o mandado de prisão, mas ele não foi encontrado e passou a ser considerado foragido, até sua prisão nesta segunda-feira em Pernambuco.

Terminado os trabalhos ostensivos de identificação o preso foi conduzido até a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo no Bairro do Recife Antigo, onde tomou ciência do Mandado de Prisão expedido em seu desfavor, e a previsão é que nesta terça-feira (24/04) ele será escoltado por policiais federais até Alagoas e entregue ao Sistema Carcerário onde ficará à disposição do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas.

POLÍCIA FEDERAL AUTUA EM FLAGRANTE SUSPEITA DE TENTAR FRAUDAR CONCURSO DE INTERESSE PÚBLICO

segunda-feira, 23 de Abril de 2018

A Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante, ontem, dia 22/04/2018 por volta das 18h, uma graduada em Administração de Empresas, solteira, natural de Triunfo/PE, 27 anos e residente em Ouro Preto-Olinda/PE. A prisão aconteceu quando um fiscal que estava aplicando a prova para o concurso do Conselho Regional de Farmácia para vários cargos, entre eles o de Analista de Gestão de Pessoas, numa Escola em Boa Viagem-PE, desconfiou de uma candidata em virtude dela se dirigir constantemente para o banheiro e em virtude de estar escondendo um relógio de pulso com acesso à internet por baixo da manga de sua blusa, o qual é terminantemente proibido pelo edital do concurso.

Imediatamente ao ser descoberto o relógio, a candidata foi comunicada de sua eliminação do certame e mesmo assim, ela sempre insistia em ir ao banheiro. Policiais Militares do 19º BPM, localizado no Pina, foram acionados o qual ao compareceram ao local para averiguar a ocorrência. Em conversa com os fiscais e com os militares a presa informou que um outro candidato que estaria fazendo a prova seria o beneficiário dos dados dos gabaritos que seriam repassados através do relógio.

Tentou-se localizar o candidato que também estava participando da fraude em uma das salas, porém ele já havia deixado o local, motivo pelo qual não foi possível realizar a sua prisão. Terminado os trabalhos ostensivos, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foi levada para a Delegacia da Polícia Civil em Boa Viagem, mas como se tratava de crime de competência federal, o caso foi devidamente encaminhado para a Polícia Federal, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 311-A c/c artigo 14 inciso II, do Código Penal Brasileiro (fraudes em certames de interesse público), e, caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 1 a 4 anos de reclusão. Após a autuação a presa pagou fiança foi submetida a exame de corpo de delito no IML e em seguida foi liberada e responderá pelo crime em liberdade.

Em seu interrogatório a conduzida informou que havia um acerto entre ela e um candidato para o ajudar a ser aprovado no certame e para isso receberia a importância de R$ 35 mil reais, que seria pago apenas em caso de aprovação. Disse também que ficou acertado que enviaria os dados da prova por meio de um relógio eletrônico, para um outro dispositivo que estava de posse do outro candidato suspeito, mas que ainda não havia encaminhado porque desistiu desta intenção por ter vários tipos de provas diferentes.

PRESO NA IBIRIBEIRA-RECIFE, ACUSADO DE DIVULGAR IMAGEM E VÍDEOS CONTENDO PORNOGRAFIA INFANTIL

segunda-feira, 23 de Abril de 2018

Suspeito também aliciava as vítimas praticarem atos libidinosos com animais de estimação

A Polícia Federal em Pernambuco, através do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos-GRCC, deflagrou na manhã do dia 19/04/2018 por volta das 6h – a “Operação Perro” e conseguiu prender, ALYSON FELIPE ANDRADE DA SILVA, brasileiro, 27 anos, solteiro, assistente administrativo, natural de Recife/PE e residente no bairro da Imbiribeira-Recife/PE. A operação visa combater a prática de produção e divulgação de imagens e vídeos contendo pornografia infantil na internet bem como o constrangimento de adolescentes mediante grave ameaça a praticar atos libidinosos com animais – bestialismo. Ao todo 10 policiais federais, distribuídos em 02 equipes deram cumprimento 01 Mandado de Prisão Preventiva e 02 de Mandado de Busca e Apreensão, situados Rua Jorge de Lima–Imbiribeira-Recife/PE e Rua Doutor Gaspar Regueira Costa-Boa Viagem-Recife/PE com o objetivo de apreender quaisquer computadores e equipamentos eletrônicos e mídias, digitais com potencial de armazenamento de imagens e vídeos que contenham material com pornografia infantil. A investigação teve origem a partir de informações oriundas do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas-EUA e que foram repassadas para a Polícia Federal no Brasil através de relatórios que davam conta da existência de ocorrências relacionadas à difusão e armazenamento de material pornográfico infanto-juvenil na internet. A informação apontava que um suspeito estava utilizando vários perfis falsos no Facebook e através de conversas via Messenger aliciava menores para que eles produzissem e lhe enviassem material pornográfico infantil (em geral adolescentes do sexo masculino) e para isso o criminoso fingia ser uma mulher, pedindo fotos e vídeos de suas vítimas, passando a ideia de que, em momento posterior, “tal mulher” também os enviaria imagens “dela” nua em troca das deles com a promessa de fazer sexo com os adolescentes.

Após conseguir as fotos (nudes) dos adolescentes, o suspeito começava a chantagear as vítimas, ameaçando postar o material delitivo em sites de pornografia ou enviá-lo para pessoas conhecidas de seu vínculo de amizade, caso não fossem obedecidas as suas ordens! Durante as investigações ficou claro que o seu intento era também obrigar alguns adolescentes a registrar fotos e vídeos deles fazendo sexo com seus cachorros ou molestando seus irmãos menores. No total foram 123 vítimas menores no Brasil e no exterior chegaram a transmitir arquivos de imagem e/ou vídeo contendo material pornográfico para os 5 perfis falsos criados por ele se passando por uma pessoa do sexo feminino. Em setembro de 2014 o mesmo suspeito já havia sido preso pela Polícia Civil praticando a mesma modalidade criminosa e extorquindo um adolescente a pagar R$ 500 reais para que não fosse divulgado os conteúdos pornográficos por ele adquirido. Verificou-se também que mesmo cumprindo pena em regime semi-aberto ele chegou a praticar os crimes ora investigados a partir do Presídio Agroindustrial São João-PAISJ-Itamaracá/PE. Tendo sido condenado a 9 anos e 2 meses de reclusão (tendo cumprido 2 anos e 6 meses) pelos crimes cometidos estando atualmente cumprindo pena em regime aberto.

No momento da prisão, o suspeito teve o seu celular apreendido e através de uma perícia preliminar onde ficou constatada a existência de inúmeras fotos e vídeos de pornografia infantil bem como registros do suspeito orientando os jovens a fazerem poses de situações eróticas e pornográficas, através de um aplicativo de gravação ao vivo. Consta também registros feitos no celular de jovens em conteúdos pornográficos, 3 horas antes de sua prisão – o que demonstra a prática diária de tais condutas criminosas. O assistente administrativo foi autuado em flagrante pelos crimes constantes na Lei 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescentes tipificado no artigo 240 e 241-B no que se refere a produção, direção, registro, transmissão, publicação, divulgação e armazenamento de cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Também está sendo analisado os crimes de estupro virtual de vulnerável previstos nos artigos 217-A do Código Penal – que consiste em constranger menor de 14 anos mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ato libidinoso, cujas penas somadas ultrapassam os 20 anos de reclusão! Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia no dia 20/04/2018 onde foi CONFIRMADA A SUA PRISÃO PREVENTIVA para em seguida ser conduzido para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE.

Em seu interrogatório o preso admitiu ter criado os perfis falsos com vistas a aliciar menores para que eles produzissem sob sua supervisão e lhe enviassem material contendo pornografia infantil deles mesmos; Disse também que depois de ver algumas vezes os vídeos sempre deletava os vídeos e as fotos que os garotos encaminhavam e que chegou a chantagear poucas vítimas – já com relação acerca de quantas vítimas chegaram a praticar atos libidinosos com cachorros, gatos ou outros animais, preferiu ficar calado, mas disse que nenhuma das vítimas chegou a molestar irmãos menores e nem fizeram sexo com cachorros ou gatos, mas apenas esfregava o seu órgão genital nas partes íntimas dos animais. As investigações continuarão para identificar possíveis vítimas dos crimes de estupro (art. 213 do CP) e de estupro de vulnerável (art. 217-A do CP), ambos na modalidade virtual.

MOTO ROUBADA É RECUPERADA DURANTE ABORDAGEM DA PM EM CORTÊS

quinta-feira, 19 de Abril de 2018

Uma motocicleta roubada foi recuperada nesta quinta-feira (19), no bairro Alto Santa Terezinha, em Cortês, na Mata Meridional de Pernambuco.

A moto Honda POP-100, cor vermelha, estava sem placa e era conduzida por um homem que disse que havia pego emprestada com um amigo, ao verificarem os dados através do chassi, os policiais militares do Destacamento de Cortês, constataram que a mesma era roubada, o homem que a conduzia e o que ele disse que tinha emprestado, foram levados para delegacia, registrado Boletim de Ocorrência e o caso está sendo investigado.