PRESO PELO CIPOMA SUSPEITO DE COMERCIALIZAR ANIMAIS SILVESTRES SEM AUTORIZAÇÃO

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

A Polícia Federal em Pernambuco procedeu a atuação através de TCO-Termo Circunstanciado de Ocorrência no dia 19/09/2018, por volta de 10:30h de um suspeito preso por Policiais Militares lotados na 1ª CIPOMA- Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente. O detido foi: Jefferson Souza de Morais, de 27 anos, agricultor, natural de Recife/PE e residente no bairro San Martin-Recife/PE- (não possui antecedentes criminais). A detenção do suspeito se deu quando Policiais Militares (1ª CIPOMA) receberam a informação de que estava havendo uma comercialização ilegal de animais silvestres (14 papagaios) em um anúncio publicado no facebook através da divulgação de fotos dos papagaios, tendo inclusive um número telefônico para contato. De posse dessas informações os militares fizeram contato com o vendedor através do whatsapp, o qual lhe informou que estava vendendo os animais por R$ 500 (quinhentos reais), mas poderia vender por R$ 450 (quatrocentos e cinquenta). Dessa forma foi marcado um encontro por volta das 9h em frente ao Hospital da Mulher no bairro de Jardim São Paulo para que a compra fosse efetuada.

O suspeito chegou no local trazido por um motorista do UBER (não foi comprovada a sua participação no crime) num veículo voyage cinza tendo o vendedor apresentado na ocasião 03 papagaios sendo imediatamente detido. Na ocasião ao ser questionado onde estavam os demais papagaios colocados à venda pelo facebook, o agricultor alegou que não tinha mais nenhum animal. Na sequência os policiais foram até a sua residência no bairro de San Martin-Recife/PE com o objetivo de verificar a existência de mais animais, porém nada foi encontrado. Terminado os trabalhados ostensivos o suspeito e o motorista do UBER foram levados para a Sede da Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo-Recife/PE (onde o motorista do UBER foi ouvido em termos de declarações e liberados em seguida) já Jefferson foi autuado através de TCO-Termo Circunstanciado de Ocorrência) pela prática do crime contido no artigo 29, § 1º, inciso III e artigo 32, caput da Lei 9.605/98 – (expor a venda sem a devida autorização legal de órgão competente e praticar ato de maus tratos com animais silvestres – cujas penas variam de 6 meses a 1 ano de detenção).

Em seu depoimento o agricultor informou que comprou 04 papagaios de um caminhoneiro na CEASA por R$ 250 (duzentos e cinquenta reais) a unidade, tendo um dos animais morrido. Disse ainda que não conhecia o caminhoneiro e que num primeiro momento tinha a intenção de criar os papagaios, mas no dia seguinte mudou de ideia e resolveu colocá-los à venda do facebook num perfil que vende diversos apetrechos para animais.

Todos os animais foram arrecadados e entregues para os representantes do CPRH-Agência Estadual do Meio Ambiente ficando à disposição do CETAS-Centro de Triagem de Animais Silvestre, onde após análise de suas condições serão reinseridos na natureza. Além dos pássaros também foram apreendidos um aparelho celular e a importância de R$ 800 (oitocentos reais). O detido assinou compromisso de comparecer perante à Justiça Estadual da cidade de Recife/PE, onde deve responder pelos fatos narrados no Termo Circunstanciado e tomou ciência de que o não comparecimento, no dia e horário a serem marcados pelo Juízo, sujeitará às medidas previstas na Lei.

Fonte: Polícia Federal

POLÍCIA FEDERAL APREENDE 8KG DE COCAÍNA NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES E PRENDE DUAS PESSOAS

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Número de mulheres presas no Aeroporto dos Guararapes transportando drogas já é quase o dobro se comparada a prisão de homens

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 18/09/2018, por volta das 22h, CHAIANE VIEIRA GALVÃO brasileira, solteira, 25 anos, cabeleireira, natural de Porto Alegre/RS e residente no bairro de Eldorado do Sul/RS-(não possui antecedentes criminais) e DANIEL JOSIAS DOS SANTOS brasileiro, solteira, 34 anos, servidor público estadual, natural de Porto Alegre/RS e residente no bairro em Canoas/RS-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionar alguns passageiros e submetê-los a uma entrevista preliminar, percebeu-se que dois passageiros estavam de posse de malas parecidas, apesar de terem dito que não se conheciam e não sabiam explicar sequer o valor da passagem aérea que tinha comprado, qual a companhia aérea que estavam embarcando e o que iriam fazer em Lisboa, bem como não souberam dizer porque ambos residindo no Rio Grande do Sul optaram em pegar um voo para Lisboa/Portugal saindo por Recife/PE. Diante dessas suspeitas as suas duas bagagens foram submetidas ao aparelho de raios “x”, onde identificou-se que continha em seu interior, através de um fundo falso, placas estranhas de formato retangular. As malas foram abertas onde foi identificado 06 invólucros de substância entorpecente que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 8kg.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levados para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabaram sendo autuados pela prática do crime contido no artigo 33 c/c artigo 35 e artigo 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes e associação) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 5 a 25 anos de reclusão. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passaram pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA AS SUAS PRISÕES PREVENTIVAS para em seguida serem conduzidos para a mulher para a Colônia Penal Feminina e o homem para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidos cartões de embarque, 02 aparelhos celulares, além da quantia de € 2.270 (dois mil duzentos e setenta euros) – cerca de R$ 11 mil reais.

Em seu interrogatório a presa uso do seu direito constitucional de só falar na presença da Justiça! Já o homem informou que conheceu um suspeito (não deu maiores detalhes) em Porto Alegre/RS o qual lhe ofereceu a proposta para transportar cocaína para a Europa e por estar passando por situação financeira difícil e ser usuário de drogas resolveu aceitar a oferta objetivando receber uma quantia entre R$ 20 mil e R$ 40 mil reais para levar a cocaína até Lisboa/Portugal. Por fim disse que chegou e Recife/PE no dia 16/09 e recebeu a mala pronta com a droga nesse mesmo hotel em Boa Viagem/PE onde estava hospedado por uma pessoa que nunca havia visto. Por fim disse que não conhecia a mulher que havia sido presa no mesmo voo que ele embarcaria.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a oitava apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 11 prisões (sete mulheres e quatro homens). Foram apreendidos 35Kg (trinta e cinco quilos) de cocaína e 86,5Kg (oitenta e seis quilos e quinhentos gramas) de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

www.instagram.com/portalagresteviolento

Fonte: Polícia Federal

CERCA DE 330 MIL PÉS DE MACONHA FORAM ERRADICADOS NA “OPERAÇÃO MACAMBIRA III” DA POLÍCIA FEDERAL

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE e com apoio operacional da Secretaria de Defesa Social do Distrito Federal e de Pernambuco vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação Macambira III, contou com um efetivo de mais de 60 policiais entre federais e militares/DF e PE (Corpo de Bombeiros/PE). Os policiais trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contou com o apoio de 03 aeronaves sendo 02 Aeronaves da CAOP-Coordenação de Aviação Operacional da Polícia Federal e uma da Polícia Militar do Distrito Federal, além botes infláveis e ambulância do Corpo de Bombeiros/PE.

Desta vez foi concluída a terceira operação de erradicação e destruição dos plantios de maconha no Sertão Pernambucano nos dias compreendidos de 06 a 14 de setmebro/2018 – dentro da “Operação Macambira III” onde conseguiu-se erradicar e destruir cerca de 330 mil pés de maconha, 149 plantios, 93 mil mudas da planta e apreender 1.200Kg (uma tonelada e duzentos quilos) de maconha pronta para o consumo. Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco e na Região de Orocó/PE, Cabrobó/PE, Belém do São Francisco/PE e Santa Maria da Boa Vista/PE, bem como em áreas de caatinga em Salgueiro/PE, Carnaubeira da Penha/PE, Serra Talhada/PE, Betânia/PE, Parnamirim/PE, Ibó/PE e Floresta/PE.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho. CASO OS 330 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS E PRENSADOS DARIA PARA SE FAZER 110 TONELADAS DE MACONHA! Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, porque geralmente essas ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

Fonte: Polícia Federal

APÓS QUATRO HORAS, RECONSTITUIÇÃO DE MORTE DO MÉDICO DENIRSON PAES É ENCERRADA

sábado, 15 de setembro de 2018

A esposa e o filho da vítima participaram da simulação feita por peritos do IC

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) encerraram, por volta das 18h desta sexta-feira (14), a reconstituição do assassinato do médico cardiologista Denirson Paes, de 54 anos, encontrado morto na cacimba da sua casa em um condomínio de luxo em Aldeia, Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR), em maio deste ano. Durante quase quatro horas, a esposa da vítima, Jussara Rodrigues, 55 anos, e Danilo Paes, 23 anos, filho do médico, participaram da simulação.

De acordo com o perito Fernando Benevides, foram realizadas várias etapas para tentar evidenciar todos os passos do crime. “Conseguimos elaborar alguns resultados. O que posso adiantar é que o trabalho foi bastante interessante porque conseguimos tirar algumas dúvidas, fazer relações de coisas que a gente tinha confirmado na perícia”, contou.

(Com informações da Folha de Pernambuco)

MORRE, NO RECIFE, A JORNALISTA E APRESENTADORA GRAÇA ARAÚJO

sábado, 08 de setembro de 2018

A comunicadora estava internada no Hospital Esperança desde a última quinta-feira (6), quando sofreu um AVC Hemorrágico. Graça Araújo apresentava o TV Jornal Meio-Dia há 26 anos e o Rádio Livre há 17 anos.

Morreu, na tarde deste sábado (8), no Recife, a apresentadora da Rádio e TV Jornal, Graça Araújo. Após passar por um mal súbito, no início da noite da última quinta-feira (6), Graça foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Esperança, bairro da Ilha do Leite, área central do Recife.

Às 15h deste sábado, a assessoria de comunicação do Hospital Esperança emitiu nota que informa sobre o falecimento da jornalista.

“A Direção médica do Hospital Esperança Recife informa o falecimento da jornalista Graça Araújo às 12h55 de hoje, ocasionada por um AVC hemorrágico extenso. A pedido da família, com o objetivo de preservar este momento, não haverá pronunciamento da equipe médica que acompanhou a paciente.

Recife, 8 de Setembro de 2018.”

Um dos principais nomes do jornalismo pernambucano, Maria Gracilane Araújo da Silva, conhecida como Graça Araújo, de 62 anos nasceu na cidade de Itambé, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Aos três anos de idade, se mudou com a família para São Paulo, onde viveu até adulta. Antes de iniciar a carreira na área de comunicação, trabalhou como embaladora de enxoval de bebê, em uma agência bancária e também como secretária em uma revista.

Força, honestidade, convicção. Graça Araújo é uma mulher de fibra, de opinião. Inteligente e bem informada, ela é de uma gentileza e de uma humildade dignas do espaço que ocupa. No comando do TV Jornal Meio-Dia há quase 26 anos e do Rádio Livre há 17 anos, Graça conquistou a todos com amor, grandiosidade e defesa dos mais frágeis.

Nota do empresário João Carlos Paes Mendonça

O empresário e Presidente do grupo JCPM e do Sistema Jornal do Commércio de Comunicação, João Carlos Paes Mendonça, lamentou a morte da apresentadora Graça Araújo.

“É uma notícia extremamente triste para todos nós. Estou no Sistema Jornal do Commercio de Comunicação há 31 anos, dos quais 28 tive o privilégio de contar com a competência, dedicação e garra de Graça Araújo. Ao longo dessas quase três décadas, nos tornamos próximos e, além de uma admiração profissional, sempre tivemos um respeito grande um pelo outro. É um dia de muito pesar. Para os familiares, amigos e para o jornalismo brasileiro que perde uma das mais competentes profissionais”.

AVC Hemorrágico

A apresentadora Graça Araújo, da Rádio e TV Jornal, passou mal no início da noite dessa quinta-feira (6), quando estava na academia onde costuma treinar, no bairro de Boa Viagem. Ela foi socorrida pelo SAMU e levada ao Hospital Esperança, na área central do Recife, onde foi diagnosticado um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico extenso. No último boletim, a diretoria do hospital afirmou que a comunicadora estava em estado gravíssimo respirando com auxílio de aparelhos.

AVC que acometeu Graça Araújo é imprevisível, diz neurologista
Neurologista explica como acontece um AVC, doença que acometeu Graça Araújo

Léo Motta/ JC Imagens
Fonte: Rádio Jornal

MOTO FURTADA EM RECIFE É RECUPERADA NO SERTÃO DE PERNAMBUCO

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Veículo havia sido roubado há um ano; nota fiscal era falsa

Uma mulher, de 44 anos, que conduzia uma “cinquentinha” furtada foi detida na terça-feira (21), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O veículo havia sido furtado em Recife e foi recuperado em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco.

Ao ser abordada no quilômetro 11 da BR 428, a condutora do ciclomotor apresentou uma nota fiscal e os policiais constataram que o documento era falso. A mulher não possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a equipe descobriu que o veículo havia sido roubado no dia oito de agosto do ano passado, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife.

A condutora foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil da região. A proprietária da “cinquentinha” foi informada da ação e ficou emocionada com a recuperação do veículo.

PODER DE INVESTIGAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO É MANTIDO PELA CÂMARA DOS DEPUTADOS

quinta-feira, 02 de agosto de 2018

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNPG) anunciou hoje (02/08) que o presidente da comissão especial da Câmara dos Deputados, que analisa a reforma do Código de Processo Penal (PL n.º 8.045/2010), acatou a proposta do Ministério Público brasileiro de retirar o parágrafo terceiro do artigo 18 que propunha a vedação da possibilidade de investigação pelos membros do MP brasileiro. A nota técnica que embasou a solicitação de retirada foi elaborada por uma equipe nomeada pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O documento, que também foi assinado por todos os procuradores-gerais de Justiça estaduais e demais ramos do MP, ressalta o papel fundamental do MP brasileiro na defesa da democracia e do Estado de Direito, esclarecendo, ainda, que a atribuição de investigação é apenas subsidiária nos casos criminais. “A atividade de apuração de infrações penais não se confunde com a denominada Polícia Judiciária, haja vista que esta última tem sentido restrito, limitado à atividade realizada por requisição da autoridade judiciária ou do Ministério Público, ou direcionada ao Judiciário. Polícia Judiciária nada mais é do que função de auxílio ao Poder Judiciário na execução de seus atos ou decisões”, disse Dirceu Barros, na nota elaborada.

Ao longo do texto, Dirceu Barros fala da efetiva contribuição trazida pelo MP no exercício da investigação criminal, notadamente nos crimes praticados por organizações criminosas e aqueles envolvendo autoridade públicas. “Vivemos em um País carente de Justiça, em que ela atinge com muita dificuldade os principais criminosos, os que se escondem e se camuflam com togas, gravatas, discursos demagógicos e dólares”, apontou ele. Ainda segundo o procurador, diversos países mantém seus ministérios públicos como os responsáveis pela condução das investigações criminais.

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco aborda, ainda, que é necessário analisar os dispositivos tendo presente o princípio acusatório, eleito como espinha dorsal da sistemática processual penal. “Importa sim, revestir a investigação criminal de maiores cautelas capazes de evitar a prática de ilegalidades, sem que isso prejudique a eficiência da apuração dos fatos”, destacou.

POLÍCIA FEDERAL E MILITAR DE ALAGOAS CONSEGUE PRENDER COMERCIANTE FORAGIDO DA JUSTIÇA PERNAMBUCANA SUSPEITO DE HOMICÍDIO

quinta-feira, 02 de agosto de 2018

Ação conjunta da Polícia Federal de Pernambuco e Alagoas e da Polícia Militar/AL prendeu, hoje dia 1º/08/2018 por volta das 13:30h no bairro Tabuleiro de Martins em Maceió/AL, o comerciante foragido da Justiça Pernambucana ADALBERTO FERREIRA DA SILVA de 67 anos. A prisão aconteceu através de informações e levantamentos realizado pela Polícia Federal, a qual dava conta de onde se encontrava o foragido. De posse dessas informações e para não perder o princípio da oportunidade foi checado e confirmado o endereço em que se encontrava homiziado e quando estava dirigindo seu veículo (Renault Fluence) foi parado numa barreira policial previamente estabelecida conforme seu itinerário, e sua prisão foi realizada pelas forças policiais envolvidas na ação. A prisão ocorreu sem maiores transtornos e o preso não ofereceu nenhum tipo de resistência.

O preso foi trazido de Maceió para Pernambuco por policiais federais ontem fez exame de corpo e delito e em seguida foi levado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Estadual conforme consta no respectivo Mandado de Prisão. As investigações deste caso estão afetas à Polícia Civil de Pernambuco que passará a tomar todas as providências necessárias com relação ao que diz respeito as ações de polícia judiciária!

RELEMBRE O CASO:

O empresário LEONARDO HENRIQUE BUARQUE SPINELLI, de 34 anos, foi assassinado com um tiro na rodovia PE-27, em Aldeia, na noite de 28 de outubro de 2017, às 18:30h. A vítima teria reclamado após a colisão de frente do seu veículo com o do comerciante ADALBERTO FERREIRA DA SILVA de 67 anos que trafegava na contramão. Depois de sofrer a batida, o empresário desceu do carro para reclamar com o motorista que estava na faixa contrária de forma irregular quando o infrator deixou o local e foi seguido pelo empresário. Ao ser alcançado o aposentado efetuou um tiro no tórax de Leonardo que ainda conseguiu dirigir o seu veículo e chegar numa Unidade de Pronto Atendimento, sendo transferido para o Hospital Getúlio Vargas, na Zona Oeste do Recife onde veio a falecer.

No dia 30/10/2017 Adalberto se apresentou à Polícia Civil, onde confessou que fez o disparo, contando sua versão sobre o ocorrido, levando, em seguida, a polícia civil até o local onde teria descartado a arma do crime. A Justiça de Pernambuco através da 1ª Vara Criminal de Camaragibe/PE expediu no dia 07/11/2017 o mandado de prisão com validade até 02/01/2030 e desde esta data ele era considerado foragido!

PF AUTUA EM FLAGRANTE ELEMENTOS PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR COM R$ 870 EM NOTAS FALSAS

segunda-feira, 30 de julho de 2018

A Polícia Federal em Pernambuco/PE, procedeu a autuação em flagrante na tarde do dia 27/07/2018, por volta das 15h dos suspeitos HELDER MARIANO LIMA RUFINO, brasileiro, casado, 22 anos, estudante (faz faculdade de informática), natural de Itapetim/PE e residente no bairro do Ibura de Baixo-Recife/PE–(não possui antecedentes criminais) e NICOLAI DREWNOVISCK SILVA, brasileiro, solteiro, 27 anos, pedreiro, natural de Recife/PE e residente no bairro de Piedade-Jaboatão dos Guararapes/PE– (possui antecedentes criminais por posse de substância entorpecente). As prisões aconteceram quando policiais militares lotados no 19º BPM/PE receberam uma informação de que havia uma ocorrência de tráfico de drogas no Ibura de Baixo. De posse dessas informações e das características físicas dos suspeitos ao chegarem na área os policiais encontraram dois homens em atitude suspeita e que batiam com as mesmas características apontadas na denúncia. Na abordagem um dos suspeitos fugiu e foi detido (HELDER) encontrou-se cinco pequenos invólucros de maconha. Na sequência os militares se dirigiram até a residência do suspeito e lá encontraram outra pessoa (NICOLAI) e sobre um móvel foi encontrado mais 68 (sessenta e oito) invólucros de maconha e 23 pedras de crack. Dentro da residência ainda foi localizado equipamentos de informática (impressora, computador, teclado) que estavam sendo utilizados para produzir notas falsas de R$ 5, R$ 10, R$ 20 e R$ 50 – ao todo foram apreendidos R$ 870 (oitocentos e setenta reais) com sinais de falsificação.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido arrecadados os equipamentos de informática, as notas falsas e a droga, os presos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal, onde após terem sidos informados dos seus direitos e garantias constitucionais acabaram sendo autuados em flagrante pelo crime contido no artigo 289 do Código Penal e artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006 (falsificar ou fabricar moeda falsa de curso legal no país e tráfico de drogas e associação), e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 5 a 30 anos de reclusão, além de multa!

Em seus interrogatórios NICOLAI informou que as notas falsas fazem parte de um trabalho passado pelo professor de um curso de informática on-line e que conseguiu fabricá-las, através de curso nas redes sociais e negou o envolvimento com drogas. Já HELDER disse que começou a vender a drogas há um mês para obter recursos e enviar dinheiro para seus filhos que estão no interior do estado. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal, foram encaminhados para a audiência de custódia, ONDE FOI CONMFIRMADA AS SUAS PRISÕES PREVENTIVAS e levados para o COTEL – Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficarão à disposição da Justiça Federal/PE.

ESTATÍSTICAS EM PERNAMBUCO
EM 2018 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:
04 apreensões significativas;
R$ 33.500,00 (trinta e três mil e quinhentos reais);
06 presos;
EM 2017 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:
05 apreensões significativas;
R$ 49.900,00 (quarenta e seis mil e quatrocentos reais); 7 presos;
EM 2016 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:
02 apreensões significativas;
R$ 11.620,00 (onze mil, seiscentos e vinte reais); 02 presos;

A maior apreensão realizada pela Polícia Federal no Estado de Pernambuco aconteceu no dia 14.09.2009 através da “Operação Contenção” realizada nas cidades de Canhotinho/PE, Agrestina/PE e Caruaru/PE quando foram presas 04 pessoas e apreendidas R$ 44.900,00 (quarenta e quatro mil e novecentos) reais em notas falsas.

POLÍCIA FEDERAL APREENDE 5 QUILOS DE COCAÍNA NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Número de mulheres presas no Aeroporto dos Guararapes transportando drogas já é o dobro se comparada a prisão de homens

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 13/07/2018, por volta das 4h, LARISSA JACOBS BRUNO brasileira, 29 anos, promotora de eventos, solteira e residente em Balneário Camboriú/SC-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionar alguns passageiros suspeitos e submetê-los a uma entrevista preliminar, percebeu-se que uma passageira não sabia explicar sequer o valor da passagem aérea bem como não soube dizer porque sendo natural de Santa Catarina optou em pegar um voo para Lisboa saindo por Recife/PE. Diante dessas suspeitas as suas duas bagagens foram submetidas ao aparelho de raios “x”, onde identificou-se que continha em seu interior, através de um fundo falso, duas placas estranhas de formato retangular. As malas foram abertas onde foi identificado 02 (dois) invólucros de substância entorpecente que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 5Kg (cinco quilos).

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e levada para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 c/c 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA A SUA PRISÃO PREVENTIVA para em seguida ser conduzido para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidos cartões de embarque, 02 (dois) aparelhos celulares, além da quantia de € 1000 (mil euros) – cerca de R$ 4.600 reais.

Em seu interrogatório a presa informou que veio conheceu um suspeito (não deu maiores detalhes) numa balada em Balneário Camboriú/SC e comentou para ele que sua situação financeira estava muito difícil. Foi daí que ele lhe ofereceu a quantia de R$ 25 mil reais para levar cocaína até Lisboa/Portugal e poderia também receber mais R$ 35 mil quando voltasse para o Brasil trazendo mais droga de Portugal. Disse também que as passagens de ida e de volta foram compradas pelos traficantes na qual só tinha contato com ele através de telefone, e que recebeu R$ 16 mil para custear suas despesas com a viagem e que deveria passar 30 dias em Lisboa. Por fim disse que recebeu as malas prontas com a droga num hotel em Santa Catarina trazida por um motorista da UBER de onde pegou um voo para Recife/PE e embarcaria para Lisboa-Portugal, destino final onde a droga deveria ser entregue.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a sétima apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 09 prisões (seis mulheres e três homens). Foram apreendidos 27Kg de cocaína e 86,5Kg (oitenta e seis quilos e quinhentos gramas) de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

Fonte: Polícia Federal