terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Com a chegada das festas de final de ano, vários casais e famílias estão procurando pousadas e hotéis com o objetivo de passar as festas de final de ano e férias com tranquilidade e conforto distante da agitação dos grandes centros. A Polícia Federal alerta que é nestas compras de pacotes e diárias nesses estabelecimentos que bandidos estão se aproveitando para aplicar golpes financeiros e clonar o número de whatsapp das pessoas através da criação de perfis falsos de pousadas e hotéis no Instagram e facebook muito parecido com o verdadeiro. A falta de conhecimento é um dos maiores facilitadores para os golpistas, pois existe uma fragilidade perceptível no conhecimento básico de proteção quanto à privacidade e à segurança da internet por parte dos usuários.

O GOLPE TEM DOIS OBJETIVOS:

1-CLONAR O WHATSAPP DAS PESSOAS – a quadrilha se utiliza de perfis falsos com o mesmo nome dos hotéis, pousadas e empresas no Instagram e facebook a partir daí se comunicam com potenciais clientes/vítimas, oferecendo diárias a preços promocionais e até mesmo sorteios de pacotes grátis de hospedagem e jantar romântico. Entre os alvos preferidos dos estelionatários, estão pessoas que mais interagem e ativas nas redes sociais e deixam comentários nas postagens ou que publicam fotos marcando o hotel, mostrando momentos passados. Em seguida, eles pedem o nome e número de celular dos clientes e na sequência informam que a pessoa vai receber um SMS e precisa que confirme pra eles os seis dígitos que recebeu no celular. Após a confirmação do código o WhatsApp é instalado no celular da quadrilha e eles passam a se comunicar com a lista de todos os contatos da vítima para pedir ajuda financeira em dinheiro se passando pelo proprietário da linha do celular.

2-APLICAR GOLPES FINANCEIROS – a tática é idêntica, a quadrilha se utiliza de perfis falsos com o mesmo nome dos hotéis, pousadas e empresas no Instagram e facebook a partir daí se comunicam com potenciais clientes/vítimas, oferecendo diárias a preços promocionais e até mesmo sorteios de pacotes grátis de hospedagem e jantar romântico. Só que, ao invés de pedirem, o nome e número de celular dos clientes e enviar um SMS com os seis dígitos para clonar o WhatsApp. Eles enviam um número de uma conta como sendo do hotel, pousada ou empresa para depósito em dinheiro com um desconto promocional e quando a pessoa chega no hotel para se hospedar descobre que foi lesado e que não existe reserva no hotel ou pousada.

COMO SE PROTEGER DOS GOLPES:

1-Os hotéis e pousadas não solicitam dados pessoais em suas comunicações com clientes através das redes sociais. Todos os contatos realizados pelas equipes dos hotéis com os clientes e hóspedes, através destes canais, são reativos – eles respondem às solicitações primeiramente feitas pelos clientes

2-Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados financeiros ou pessoais através de links enviados pelo WhatsApp, tais como: senha de bancos, cartão de crédito, conta corrente, benefícios e nem qualquer código recebido por SMS em seu celular para terceiros.

3-Verifique a data de criação do perfil. Se foi criado há pouquíssimos dias de uma pousada que já está há um bom tempo no mercado – desconfie.

4-Observe o número de seguidores e publicações do perfil da pousada ou hotel. Geralmente quando a página é falsa o número de pessoas seguindo e a quantidade de publicações e fotos costumam ser muito abaixo do perfil verdadeiro.

5-Anote o endereço correto da pousada ou hotel e salve no seu navegador! Evite fazer uma consulta por nome, porque o risco de vir uma página falsa é grande.

6-Confirme se a grafia do nome da conta do Instagram ou facebook é realmente do hotel, pousada ou empresa. Não existe duas contas com nomes iguais. Quando alguém cria uma conta falsa se faz necessário adicionar uma letra ou número para diferenciar da original.

7-As pessoas são tomadas pela emoção e acabam agindo no impulso. Ao receber uma mensagem dizendo que ganhou uma viagem ou estadia numa pousada totalmente grátis, verifique se a conta é verdadeira antes de fazer qualquer depósito ou transferência em dinheiro.

8-Ao receber uma mensagem com promoções tentadoras desconfie sempre antes de clicar nos links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais é melhor apagar.

9-Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.

10-Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: último dia, promoção vai até hoje! Urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não pesquisem a veracidade da promoção na página da empresa ou órgãos oficiais.

11-Certifique-se no site oficial da empresa sobre o que está sendo oferecido, principalmente quando se tratar de supostas promoções, ofertas de dinheiro, brindes, descontos ou até promessas de emprego. Vários perfis do Instagram de pousadas, hotéis e empresas já exibem alerta sobre golpes.

12-Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.

13-Esse tipo de crime é de competência da Polícia Civil. E quem tiver sido enganado ou lesado através de um perfil falso é importante fazer uma denúncia através de um boletim de ocorrência na Polícia Civil a fim de que possa ser dado início a uma investigação objetivando identificar, responsabilizar e prender tais criminosos. A denúncia também deve ser feita no próprio perfil do Instagram ou facebook a fim de a página seja removida e outras pessoas não possam ser vítimas.

Fonte: Polícia Federal

quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Um jovem de 22 anos foi assassinado na frente da família na noite desta quarta-feira (23), no bairro Santo Antônio, no município de Gameleira, na Mata Sul de Pernambuco.

Juarez José da Paz Ribeiro, estava em casa, quando três homens encapuzados e armados invadiram o local, foram até onde ele estava e atiraram diversas vezes.

Juarez não resistiu e morreu antes de receber os primeiros socorros, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, até o momento as identidades dos assassinos permanecem desconhecidas.

A Polícia Civil está investigando o caso.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Dois homens não identificados invadiram uma residência e executaram um casal, na noite desta terça-feira (22), no Loteamento Alto da Bela, no município de Rio Formoso, na Mata Sul de Pernambuco.

As vítimas foram identificadas como Deisiele Maria da Silva, de 15 anos e Rafael José da Silva Cruz, de 21 anos, o corpo de Deisiele apresentava lesões provocadas por golpes de faca, já Rafael foi executado com disparos de arma de fogo de grosso calibre.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Com base em informações de que iria chegar uma carga de drogas na localidade conhecida como Ponto do Surfe, em Salinas, Porto de Galinhas, em Ipojuca, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), foram até o local averiguar a denúncia, por volta das 9h desta segunda-feira (21), sendo recebidos a tiros pelos supostos traficantes. Na troca de tiros, quatro suspeitos acabaram não resistindo aos ferimentos, apesar de encaminhados para unidades de saúde,

O local do confronto já é conhecido como um ponto onde traficantes embalam drogas para a comercialização nas comunidades vizinhas. No momento da chegada dos policiais, os suspeitos tentaram se esconder dentro do manguezal, disparando contra o efetivo. O primeiro a ser encontrado pelos policiais seria o líder do grupo e estava portando uma pistola calibre .40. Foi capturado e levado ao Hospital Dom Helder, mas não sobreviveu. Os outros membros do grupo também foram localizados feridos, e todos portavam revólveres calibre 38, Eles foram conduzidos para a UPA de Porto de Galinhas, mas igualmente não resistiram.

O material apreendido durante a operação, três revólveres, uma pistola, aproximadamente 25kg de maconha e três balanças de precisão, foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios Sul, para que fossem tomadas as medidas cabíveis e dado prosseguimento às investigações.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Ao menos R$ 500 mil foram desviados em um esquema de corrupção envolvendo a prefeitura de Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. A informação foi repassada pelo delegado Diego Pinheiro, que comandou a operação Fim de Jogo, desencadeada nesta quinta-feira (17). Pinheiro afirmou, ainda, que o prefeito do município é suspeito de comandar o esquema criminoso.

O esquema começou a ser investigado em janeiro de 2020, mas ocorreu entre os anos de 2017 e 2018, segundo o delegado. “Com as investigações, confirmamos que houve desvio de verbas da prefeitura de Palmares através de convênios firmados entre a Secretaria de Esportes da prefeitura e a Liga Desportiva de Palmares, que é uma pessoa jurídica privada”, declarou.

O delegado afirmou que os pagamentos à instituição eram feitos através de cheques nominais, emitidos diretamente do diretor-executivo de Finanças para o diretor de Esportes.

“Eram cheques em nome da Liga Desportiva. Esse diretor procurava o presidente da Liga Desportiva, bem como o tesoureiro, endossava esses cheques. Esse diretor [então] pegava esses cheques, ia no banco e sacava o dinheiro. Tudo isso, segundo o próprio diretor de Esportes, a mando do prefeito de Palmares”, declarou Pinheiro.

Além de peculato, que é relacionado ao desvio de verba por funcionário público, a Polícia Civil investiga o crime de falsificação de documentos.

“Quando começaram as investigações, eles tiveram que fazer a prestação de contas dos eventos que não foram realizados. Para essa prestação de contas, foram utilizados documentos falsos, que foram cedidos por um empresário de Água Preta, que também foi investigado”, disse o delegado.

Pinheiro afirmou que, como os crimes ocorreram há dois anos, não caberia pedir a prisão dos envolvidos neste ponto das investigações. “Uma medida que poderia ter sido solicitada era o afastamento de servidores para não atrapalhar as investigações, no entanto como mandato do prefeito termina agora, não seria um pedido muito viável”, declarou.

Com os documentos apreendidos nesta quinta-feira (17), o delegado explicou que pretende detalhar a participação dos envolvidos. Foram cumpridos 11 mandados em Palmares, Água Preta e também no Recife, onde o prefeito tem um apartamento.

“Solicitamos buscas e apreensões para justamente para verificar quem só participou dos desvios e quem também auferiu vantagem com esses desvios. Solicitamos também sequestro de valores e imóveis de alguns dos investigados para poder ressarcir o erário”, disse.

(Com informações do G1)

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE em conjunto com a Polícia Civil, Polícia Militar de Pernambuco (Grupamento Tático Aéreo e BEPI-Batalhão Especializado de Policiamento do Interior) e Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e da Paraíba vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano e contou com duas aeronaves da Coordenação de Aviação Operacional-CAOP da Polícia Federal em Brasília.

Desta vez foi concluída a Operação Muçambê V que ocorreu entre os dias 05 a 15 de dezembro/2020, onde conseguiu-se erradicar 164 mil pés de maconha, apreender 138 kg da droga pronta para consumo, destruir 56 plantios, além de 400 mil mudas. Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco, na Região de Orocó, Cabrobó, Carnaubeira da Penha, Floresta e Belém do São Francisco no sertão pernambucano

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

CASO OS 164 MIL PÉS FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE PRODUZIR APROXIMADAMENTE 55 TONELADAS DE MACONHA!

Assim com essas operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, porque geralmente essas ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

ESTATÍSTICAS DAS 5 OPERAÇÕES DO ANO DE 2020:

1,468,218 pés erradicados, equivalente a 489 toneladas;

2.619 kg (duas toneladas, seiscentos e dezenove quilos) de maconha pronta apreendida.

Muçambê é um pequeno arbusto da família das Caparidáceas provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

Fonte: Polícia Federal

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Um ex-presidiário foi assassinado na madrugada desta segunda-feira (14), na cidade de Barreiros, na Mata Sul de Pernambuco.

Clebson Paisinho da Silva, de 34 anos, estava em casa dormindo com a companheira, quando homens fortemente armados dizendo que eram policiais derrubaram a porta e efetuaram disparos de arma de fogo em Clebson, que morreu antes de receber os primeiros socorros.

Os assassinos deixaram a residência e ainda não foram identificados, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

domingo, 13 de dezembro de 2020

Um traficante foi assassinado na manhã deste sábado (12), no bairro Nova Palmares, na cidade de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

Jailson Ferreira da Silva, de 21 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo, não resistiu e morreu na Rua Professora Julia Moraes.

A vítima tinha saído do presidio no último dia (03/12), onde cumpriu pena por envolvimento com tráfico de drogas, o corpo foi periciado e encaminhado para o IML do Recife.

sábado, 12 de dezembro de 2020

Dois elementos utilizando um veículo modelo Onix na cor prata roubaram uma motocicleta na noite de sexta-feira (11), na PE-177, próximo a Usina Água Branca, no município de Quipapá/PE.

O motoqueiro disse à polícia que conduzia uma motocicleta modelo Bros, na cor vermelha, com placa PCF-2074, quando foi abordado por dois indivíduos num veículo modelo Onix, estando um deles portando um revólver, desta foram, anunciou o assalto e roubo a moto. Em seguida ao roubo, eles desapareceram e não foram mais localizados.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Um homem morreu vítima de acidente na noite desta quinta-feira (10), na PE-060, no município de Sirinhaém, na Mata Sul de Pernambuco.

Jailson José da Silva, de 54 anos, perdeu o controle do veículo que conduzia, sofreu ferimentos graves e morreu no local.

O corpo foi periciado pelo IC e encaminhado para o IML do Recife.