CHEFE DA POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO É INVESTIGADO POR USAR CARRO OFICIAL PARA IR À PRAIA

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle Amaral, foi filmado usando um carro oficial na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Nas imagens, que circulam nas redes sociais desde a tarde dessa segunda-feira (18), o delegado aparece entrando no carro após sair da orla. Mais à frente, em trajes de banho, aparecem a esposa, que é policial civil e jornalista, e a filha de Joselito. As duas também entram no veículo, que é locado para a Polícia Civil.

Os vídeos e fotos foram amplamente compartilhados em grupos de WhatsApp. Muitos usuários criticaram a atitude de Joselito Kehrle por ter usado uma viatura policial descaracterizada para fazer passeio em família.

Procurada pelo Ronda JC, a Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que abriu, ontem, uma investigação preliminar sobre o uso do veículo oficial pelo chefe de Polícia Civil. “Desde a sexta-feira passada, o próprio servidor contatou a Corregedoria, tendo ontem pela manhã comparecido ao órgão para prestar esclarecimentos. Na fase de investigação preliminar, depoimentos serão colhidos, além das análises dos conteúdos compartilhados em redes sociais e da legislação vigente”, informou a nota enviada pela assessoria da SDS.

(Com informações do Ronda JC)

OAB-PE PEDE INVESTIGAÇÃO DO PREFEITO DE CAMARAGIBE POR CONVOCAÇÃO DE SERVIDORES PARA CARNAVAL

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, (foto) encaminha nesta segunda-feira (18) ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) um pedido de investigação contra o prefeito de Camaragibe (Região Metropolitana), Demóstenes Meira, por áudios enviados por Whatsapp convocando servidores comissionados do município a participarem de um bloco de Carnaval que teve como uma das atrações a noiva do gestor, a cantora Taty Dantas, que também é secretária municipal da Ação Social.

O bloco Canário Elétrico, que contou com a participação da noiva do prefeito, é organizado pelo secretário de Educação de Camaragibe, Denivaldo Freire. A contratação de Taty Dantas, segundo informação do próprio secretário, foi feita a partir de um pedido do prefeito Demóstenes Meira.

O anúncio do pedido de investigação foi feito por Bruno Baptista neste domingo (17), tão logo chegou ao seu conhecimento os áudios do prefeito. Neles, Demóstenes Meira afirma que o evento seria gravado e que ele verificaria a presença dos funcionários, ficando, subliminarmente, uma ameaça de exoneração dos ocupantes de cargos de livre nomeação que não comparecessem ao ato. À imprensa, o gestor reconheceu o teor dos áudios, mas alegou que não se tratava de uma convocação, mas de um convite para fortalecer uma ação de gestão.

Além do pedido de investigação pela convocação dos servidores, o presidente da OAB-PE vai pedir investigação para saber se houve uso dinheiro público para custear a apresentação da noiva do prefeito.

Organizadores do bloco, em entrevista à imprensa, negaram ter recebido recursos do município, apenas apoio logístico. Em matéria veiculada no telejornal Bom Dia Pernambuco, o prefeito aparece abrindo o Carnaval da cidade e apresentando a noiva como uma das apresentações do dia.

“Em tese, pode caracterizar desde improbidade administrativa por um assédio moral, porque tem uma ameaça de exoneração para quem não comparecer. Claro que precisa-se assegurar ao prefeito o direito ao contraditório e ampla defesa. Mas é necessária uma investigação aprofundada do caso. Nós vamos pedir isso ao Ministério Público e acompanhar o desenrolar do caso”, informa Bruno Baptista.

Fonte: Equipe de Comunicação da OAB-PE

PF ERRADICA 234 MIL PÉS DE MACONHA E EVITA A PRODUÇÃO DE 78 TONELADAS DA DROGA NO SERTÃO DE PERNAMBUCO

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação Facheiro I, contou com um efetivo de mais de 40 policiais entre federais, civis e militares. Os policiais trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contou com o apoio de 02 aeronaves sendo uma da CAOP-Coordenação de Aviação Operacional e outra do BAVOP – Batalhão de Aviação Operacional da Polícia Militar do Distrito Federal, botes infláveis, além de uma ambulância do Corpo de Bombeiros para realização de pronto atendimento caso haja alguma emergência.

Desta vez foi concluída a primeira operação de erradicação e destruição dos plantios de maconha no Sertão Pernambucano nos dias compreendidos de 05 a 13 de fevereiro/2019 (09 dias) onde conseguiu-se erradicar e destruir cerca de 234 mil pés de maconha, 73 plantios, 59 mil mudas da planta. Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco e na Região de Orocó/PE, Cabrobó/PE, Belém do São Francisco/PE e Santa Maria da Boa Vista/PE, bem como em áreas de caatinga em Salgueiro/PE, Carnaubeira da Penha/PE, Serra Talhada/PE, Betânia/PE, Parnamirim/PE, Ibó/PE e Floresta/PE.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho. CASO OS 234 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE FAZER 78 TONELADAS DE MACONHA! Assim, com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, porque geralmente essas ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência

* Facheiro é uma planta da família das cactáceas e chega a atingir até dez metros de altura com ramificação verde-escuro e bastantes espinhos, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.

Fonte: Polícia Federal

MULHER MATA E ENTERRA CORPO DO COMPANHEIRO EM JAQUEIRA, NA MATA SUL

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Uma mulher está sendo procurada pela polícia suspeita de matar e enterrar o corpo do companheiro, em Jaqueira, na Mata Sul de Pernambuco.

O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (11), no Sítio Glória, Sandra Maria da Silva, matou o companheiro com golpes de facão e enterrou o corpo em uma fossa com mais de um metro de profundidade, o crime foi denunciado à polícia por vizinhos nessa quarta-feira (13), após escavações na fossa ao lado da residência que o casal morava, foi encontrado o corpo de Luiz José da Silva, de 42 anos. Até o momento a motivação do crime é desconhecida, o corpo de Luiz José que era ex-presidiário, foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

MPLABS INICIA NA PRÓXIMA SEGUNDA (18) TREINAMENTOS EM FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS DESENVOLVIDAS PARA INCREMENTAR ATUAÇÃO DO MPPE

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

O evento de tecnologia será realizado nas cidades de Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Arcoverde, Garanhuns, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Palmares e Recife a partir do dia 18 de fevereiro

Duas soluções tecnológicas desenvolvidas dentro do 1º Ciclo de Inovação Aberta do Ministério Público de Pernambuco (Mplay) estão prestes a entrar no dia a dia dos membros e servidores da Instituição. A partir da próxima segunda-feira (18), a equipe do MPLabs inicia uma série de treinamentos em cidades-polo de todo o Estado com o objetivo de preparar os integrantes do MPPE a utilizar o Revisio e o Voxia. Os interessados em participar do treinamento podem se inscrever por meio de formulário online (https://www.sympla.com.br/roadshowmplabs2019). Serão disponibilizadas 30 vagas para cada uma das oito turmas do interior e 24 para cada uma das seis turmas da Capital e Região Metropolitana.

“Estamos fazendo a entrega efetiva de alguns dos produtos anunciados na Semana do MPPE, demonstrando a preocupação de cumprir com a promessa de facilitar o trabalho dos membros da Instituição”, afirmou o presidente do Comitê Estratégico de Tecnologia da Informação e do MPLabs, promotor de Justiça Antonio Rolemberg.

Segundo o coordenador-executivo do MPLabs, Roberto Arteiro, a ideia por trás do roadshow é fazer a entrega das soluções acompanhada de um treinamento prático, de modo que os membros e servidores estejam capacitados a utilizar as soluções nas suas atividades profissionais. “Para quem tiver o interesse em usar essas ferramentas e otimizar sua atuação, esse é o momento. E contamos com o apoio usuários iniciais para termos feedback sobre os produtos. Essa parceria vai contribuir para a evolução das ferramentas”, destacou.

Conheça as soluções – o Revisio é uma aplicação que permite visualizar uma linha do tempo de processos judiciais, oferecendo aos promotores e procuradores de Justiça uma visão completa dos autos e dos pontos-chaves da atuação ministerial. O Voxia, por sua vez, é uma solução que transforma gravações de vídeo em texto, que pode ser consultado e referenciado para uso em vários tipos de procedimentos ministeriais.

Fonte: MPPE

HOMEM É ARRASTADO DE DENTRO DE CASA E ENCONTRADO ASSASSINADO EM PALMARES

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Um homem foi arrastado de dentro de casa e encontrado assassinado na manhã dessa terça-feira (12), na cidade de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

Lucas Luiz da Silva, de 24 anos, estava em casa no Loteamento Nova Palmares, quando homens armados invadiram a residência e levaram a vítima, o corpo de Lucas foi encontrado em um canavial no Engenho Poço, o cadáver apresentava perfurações provocadas por arma de fogo de grosso calibre na cabeça, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. A autoria e motivação são desconhecidas e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

AGRICULTOR FOI ASSASSINADO COM TIROS DE PISTOLA EM MARAIAL

sábado, 09 de fevereiro de 2019

Um agricultor foi assassinado em uma emboscada na manhã dessa sexta-feira (8), na zona rural do município de Maraial, na Mata Sul de Pernambuco.

Cícero Manoel da Silva, de 51 anos, trafegava em uma estrada vicinal que liga Maraial a um engenho, quando foi surpreendido por dois elementos em uma motocicleta, o garupa estava armado com uma pistola 380 e efetuou vários disparos em direção a vítima que veio a óbito no local.

O corpo passou por perícia realizada pelo Instituto de Criminalística e foi encaminhado para o IML de Caruaru, o caso será investigado pela delegacia de Maraial.

PACOTE ANTICRIME PROPÕE O ACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL

terça-feira, 05 de fevereiro de 2019

O ministro da Justiça e da Segurança Pública do Brasil (MJSP), Sérgio Moro, apresentou, na manhã desta segunda-feira (14), às lideranças do Poder Executivo dos Estados, em Brasília, uma série de medidas que visam dar mais agilidade ao cumprimento de penas, aprimorando a investigação e diminuindo a sensação de impunidade no País. Um dos pontos altos do projeto, que será apresentado ao Congresso Nacional em breve, é a adoção do acordo de não persecução penal para os crimes cometidos sem violência ou grave ameaça e cuja pena máxima for inferior a quatro anos. Em Pernambuco, devido à iniciativa do procurador-geral de Justiça (PGJ-PE), a ação é uma realidade que tem o potencial de reduzir até 4 mil audiências criminais na capital pernambucana, trazendo mais celeridade para a Justiça.

“A proposta do ministro Moro é o futuro do processo penal. Há mais de dois anos, já estamos estruturando o nosso Ministério Público para um novo modelo de justiça criminal que vai alinhar o consenso com a celeridade, efetividade e eficiência da Justiça. Tenho plena convicção que estamos diante de uma realidade que não pode ser mais adiada, foi nesse sentido que nos antecipamos e criamos, aqui em Pernambuco, o primeiro Núcleo de Não Persecução Penal do Brasil”, disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

Ainda segundo Dirceu Barros, que é um dos coordenadores do livro “Acordo de Não Persecução Penal”, a iniciativa traz celeridade à Justiça e o que a sociedade mais deseja, atualmente, uma resposta rápida aos crimes cometidos. “O plea bargain, como é chamado o instrumento em língua inglesa, é adotado em diversos países. Nos Estados Unidos, por exemplo, 90% dos casos criminais são resolvidos por acordo. O Sistema Judicial Criminal, ao direcionar seus recursos e estrutura para combater os crimes graves, ganha agilidade, eficiência  e enfrenta a criminalidade com grande eficácia”, completa ele.

Em dezembro do ano passado, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) inaugurou o primeiro Núcleo de Não Persecução Penal (NANPP) do País. A unidade administrativa, vinculada à Central de Inquéritos da Capital, é responsável pela propositura  dos acordos de não persecução penal, quando os casos em que a pena mínima forem inferiores a quatro anos e nos crimes sem violência ou grave ameaça à pessoa. Com a unidade será possível reduzir em cerca de 30% os processos penais no Recife.

Para o procurador-geral, a chamada “justiça penal negociada” implica em uma mudança de mentalidade em todos operadores do direito (promotores, juízes, defensores públicos e advogados) que, hoje, seguem doutrinas elaboradas no século 18 e que chegaram ao Brasil com o Código Penal e Código de Processo Penal, ambos na década de 40. “Estamos indo ao encontro da justiça criminal consensual trazendo à tona uma nova política criminal, que visa evitar o uso do processo penal tradicional, optando pela utilização de institutos negociais. O ordenamento jurídico brasileiro começou a adotar o instituto da Justiça penal consensual, como a transação penal, para delitos de pequeno potencial ofensivo, e colaboração premiada, para crimes graves que podem envolver organizações criminosas, o momento agora é da consolidação do acordo de não persecução”, asseverou.

“A sociedade brasileira precisa saber que quando os bandidos são soltos a culpa não é da Justiça e sim de leis fracas que impulsionam procedimentos que eternizam as lides e deixam os promotores, magistrados e delegados com as mãos atadas, transformando o Brasil em um verdadeiro paraíso da impunidade. Com adoção do plea bargain adaptado, conjugado com penas mais duras para os delitos graves, essa realidade vai mudar”, concluiu Dirceu Barros.

LEI ANTICRIME – No novo pacote, o acordo de não persecução penal está previsto no artigo 28-A. Este aponta que o Ministério Público poderá adotar medidas para a reprovação e combate ao crime, ajustadas cumulativamente ou alternativamente, de acordo com a gravidade do delito. Segundo o projeto, é possível que o acusado possa reparar o dano ou restituir objeto à vítima; renunciar voluntariamente à bens e direitos indicados pelo MP e que sejam instrumentos proveitos do crime; prestar serviços à comunidade ou entidades públicas; pagar prestação pecuniária; ou cumprir, no prazo determinado, outra condição indicada pelo MP, desde que proporcional e compatível com a pena imputada.

O pacote prevê, ainda, alterações em 14 leis brasileiras, como o Código Penal, o Código de Processo Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos, o Código Eleitoral, entre outros. O objetivo é combater de forma mais efetiva a corrupção, crimes violentos e o crime organizado, problemas enfrentados pelo País e que são interdependentes. O projeto adequa a legislação à realidade atual, dando mais agilidade no cumprimento das penas, tornando o Estado mais eficiente e diminuindo a sensação de impunidade.

Fonte: MPPE

DUAS MULHERES FORAM PRESAS PELA POLÍCIA FEDERAL COM 11 QUILOS DE MACONHA, EM SALGUEIRO/PE

segunda-feira, 04 de fevereiro de 2019

A Polícia Federal em Salgueiro/PE, procedeu a prisão e autuação em flagrante na tarde do dia 30/01/2019, por volta das 15h de FABÍOLA CARLA SANTANA DAMACENA, 38 anos, casada, comerciante, natural de Recife/PE e residente no bairro do Pina-Recife/PE-(possui antecedentes criminais-já foi presa duas vezes por tráfico de drogas) e MARCELA SOUSA DA SILVA, 22 anos, solteira, natural de Recife/PE e residente no bairro do Pina-Recife/PE – (não possui antecedentes criminais).

As prisões aconteceram em virtude de informações repassadas pelo Setor de Inteligência da Polícia Militar de Cabrobó/PE, dando conta da existência de duas mulheres que iriam transportar substância entorpecente (maconha) de Salgueiro/PE até Recife/PE. De posse dessas informações e com as características físicas das suspeitas foi montada uma vigilância no terminal rodoviário de Salgueiro/PE, objetivando identificar e prender as suspeita, haja vista que elas teriam que pegar um ônibus para fazer a viagem até Recife/PE. A ação teve seu desfecho final quando os federais localizaram as duas mulheres numa pousada que fica ao lado do terminal rodoviário e ao ser aberta uma mala que estavam de posse foi encontrado em seu interior 14 (quatorze) invólucros de maconha que totalizou um peso bruto de 10,8Kg (dez quilos e oitocentos gramas), além de uma pequena quantidade de haxixe e cocaína e cerca de R$ 240 reais em espécie.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido a droga arrecadada, as duas suspeitas receberam voz de prisão em flagrante e em seguida foram levadas para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE, onde, após ter sido informada dos seus direitos e garantias constitucionais acabaram sendo *autuadas pelo crime contido nos artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/2006 e 329, 331 e 333 (tráfico de entorpecentes e associação – desobediência, desacato e corrupção ativa) e caso sejam condenadas poderão pegar penas que variam entre 5 a 25 anos de reclusão! *

Em seu interrogatório FABÍOLA informou que tem 3 filhos (11, 13, 15) e que é usuária de maconha e cocaína. Disse também que pegou os cerca de 11kg de maconha em Riacho Pequeno a um traficante (não deu detalhes) pagando a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais). A suspeita ainda tentou oferecer aos federais vantagem indevida em dinheiro para que ela fosse liberada, porém foi de pronto rechaçada e também resistiu à prisão proferindo palavras insultuosas aos policiais. Já MARCELA disse que também tem 3 filhos (6, 2, 1) e está grávida de mais outro de 5 meses e que também é usuária de maconha e cocaína. A pretensão era ao chegar em Recife/PE revender a droga no bairro do Pina/PE.

Após a autuação, as presas realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e em seguida foram encaminhados para a audiência de custódia ONDE FOI CONFIRMADA APENAS A PRISÃO PREVENTIVA DE FABÍOLA, a qual foi encaminhada para a Penitenciária Feminina de Verdejantes/PE, onde ficará à disposição da Justiça Estadual/PE. Já MARCELA foi decretada a sua prisão domiciliar com uma série de restrições em virtude de sua gravidez.

POLÍCIA FEDERAL AUTUA EM FLAGRANTE DOIS ESTELIONATÁRIOS QUE ESTAVAM TENTANDO SACAR VALORES REFERENTES AO PIS-PASEP E APOSENTADORIA FRAUDULENTA

segunda-feira, 04 de fevereiro de 2019

A Polícia Federal em Recife/PE e Caruaru/PE, procedeu a autuação em flagrante na tarde do dia 1º/02/2019, por volta das 15hs, AUDÁLIO ALVES DE OLIVEIRA – casado, 66 anos, aposentado, natural e residente em Águas Belas/PE e residente no bairro de Patamares-Salvador/BA– (não possui antecedentes criminais). E no dia 23/01/2019, por volta das 12:30h, ADEMILSON BISPO DE JESUS – casado, 52 anos, desempregado, natural e residente em Itabuna/BA – (possui antecedentes criminais – já foi preso numa transação de um motocicleta envolvendo um cheque falsificado).

CASO 1: A prisão aconteceu por policiais militares do 25º BPM de Jaboatão/PE quando o aposentado em companhia de uma mulher tentaram sacar na agência da Caixa Econômica Federal de Jaboatão Velho/PE, valores correspondentes de um benefício do INSS (aposentadoria) de forma fraudulenta, utilizando documentos de identidade e Carteira de Trabalho falsos em nome de PEDRO JULIÃO DA SILVA sob a alegação que não teriam ido sacar o valor do benefício nos dois meses anteriores porque estava bem doente! Ao ser constatada a falsificação no documento, através de análises por funcionários do banco, o suspeito foi imediatamente detido pelos vigilantes evitando a sua fuga, porém a mulher que estava em sua companhia conseguiu fugir do local. Os militares foram acionados por volta das 15h e o conduziu até a Superintendência da Polícia Federal, a fim de que fosse autuado em flagrante. Em seu interrogatório o aposentado confessou que sabia que estava utilizando documentos falsos para sacar valores do INSS em nome de outra pessoa. Disse também que foi a mulher que estava com ele na agência que providenciou toda a documentação para o saque fraudulento e que ele receberia uma quantia em dinheiro (não informada) para fazer este tipo de serviço e que esta é a primeira vez que é preso aplicando este tipo de golpe.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido constatado o crime, AUDÁLIO acabou sendo autuado em flagrante pelo crime previsto no artigo 171 § 3º do código penal (estelionato em detrimento de órgão público) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 2 a 6 (dois a seis) anos de reclusão além de multa. Após a autuação, o conduzido foi encaminhado para realizar Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi determinada a sua soltura mediante o pagamento de fiança no valor de R$ 600,00 e responderá ao processo em liberdade.

CASO 2: A prisão aconteceu por policiais militares do 4º BPM de Caruaru/PE quando o suspeito, apresentando documentos falsos tentou sacar na agência da Caixa Econômica Federal do Salgado-Caruaru/PE, um abono do PIS-PASEP de forma fraudulenta no valor de R$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais), utilizando documentos falsos (Carteira de Motorista) em nome de SILVADO GOMES DA SILVA. Ao ser constatada a falsificação no documento por funcionários do banco, o suspeito tentou sair da agência, mas foi imediatamente detido pelos vigilantes que evitaram a sua fuga. Os militares foram acionados por volta das 12:30h e o conduziu até a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru/PE, a fim de que fosse autuado em flagrante. Ao ser feito uma busca pessoal foi encontrada a quantia de R$ 940,00 (novecentos e quarenta reais) e um comprovante de saque de PIS em outra agência da Caixa Econômica Federal em nome de LOURINALDO PERERIRA DA SILVA, o que comprova que esta seria a segunda vez que estava tentando aplicar o mesmo golpe, no mesmo dia em agências da CEF – sendo uma no centro e a outra no Salgado ambas em Caruaru/PE. O suspeito ainda tentou oferecer aos funcionários da CEF vantagem indevida em dinheiro para que ele fosse liberado, porém foi de pronto rechaçado pelos funcionários. Em seu interrogatório o preso confessou que sabia que estava utilizando documentos falsos para sacar valores do PIS em nome de outra pessoa. Disse também que não conseguiu sacar o valor de R$ 998,00 na primeira tentativa e que a quantia encontrada em sua posse de R$ 940,00 seriam para pagamento de um cartão de crédito, o qual foi lhe repassado por um parente. Disse ainda que veio da Bahia para Caruaru há cerca de 5 dias. Por fim disse que resolveu fazer esse tipo de crime por ter 5 filhos para sustentar e que foi aliciado por uma pessoa na Bahia (não deu detalhes) que providenciou toda a documentação para o saque fraudulento e que ele receberia uma quantia em dinheiro para fazer este tipo de serviço.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido constatado o crime, ADEMILSON acabou sendo autuado em flagrante pelo crime contido no artigo 171, 304 e 333 do código penal (estelionato, uso de documento falso e corrupção ativa) e caso seja condenado poderá pegar penas que ultrapassam os 20 (vinte) anos de reclusão, além de multa. Após a autuação, o conduzido foi encaminhado para realizar Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal em Caruaru/PE, passou pela audiência de custódia onde foi confirmada a sua prisão preventiva e depois foi encaminhado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Fonte: Polícia Federal