SUSPEITO SÃO PRESOS PELA PRF COM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS POSSIVELMENTE ROUBADOS DA AGÊNCIA DOS CORREIOS

terça-feira, 19 de novembro de 2019

A Polícia Federal em Pernambuco, procedeu a autuação em flagrante no dia 17/11/2019, por volta das 4h de Antônio Emerson Lima da Cruz, 29 anos, autônomo, casado, natural de Capitão Poço/PA e residente em Muribeca-Jaboatão dos Guararapes/PE e Victor Guilherme Morais Silva, 28 anos, pintor industrial, solteiro, natural e residente no Cabo de Santo Agostinho/PE. As prisões aconteceram durante fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal, dentro da Operação Lábaro na BR 101 no município de Igarassu/PE quando avistaram um caminhão Mercedes Benz, de cor branca e placas OYR-0923 no sentido Goiana-Recife e ao realizar um abordagem o motorista acelerou quando avistou a viatura da Polícia Rodoviária Federal, só vindo parar no acostamento 1 Km depois de serem seguidos pelos policiais.

Ao parar um dos ocupantes saltou da cabine empreendendo fuga pela mata não sendo mais localizado, porém o motorista (Antônio) e um dos passageiros (Victor) foram detidos e ao ser feita uma averiguação da carga no baú do veículo, foi encontrado diversos itens, em sua maioria eletrônicos, 400 telefones celulares, 35 televisores, 09 notebooks, 04 carrinhos de bebê, além de inúmeros outros produtos, sem notas ou comprovante de procedência de carga. Os ocupantes alegaram em conversa com os policiais que tinham sido contratados para conduzir o veículo da Paraíba para Pernambuco (Cabo de Santo Agostinho) e admitiram que a carga era roubada, não dando maiores detalhes; Também foi identificado, pelo número do chassis, que o veículo era clonado, sendo que sua placa verdadeira seria PDN-2362, o qual, de acordo com pesquisa nos teria sido roubado em Ribeirão/PE, no dia 24/10/2019;

Terminado os trabalhos de polícia ostensiva, os equipamentos eletrônicos roubado e o veículo foram apreendidos e os dois suspeitos, receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida por ter sido encontrado mercadorias com etiquetas dos Correios, foram levados para a Superintendência da Polícia Federal em Recife/PE, para as formalidades legais de Polícia Judiciária, onde foram autuados em flagrante pela prática contida no artigo 180 § 1º e 6º do Código Penal (receptação) e, caso venham a ser condenados poderão pegar penas que variam de 2 a 12 anos de reclusão. Após a autuação, os presos realizaram exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal, foram encaminhados para a audiência de custódia na Justiça Federal, onde foi confirmada suas prisões preventivas e logo em seguida foram encaminhados para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna.

Em seus interrogatórios um dos presos (Antônio) usou do seu direito constitucional de apenas falara em juízo, enquanto que o outro (Victor) disse que foi contratado por uma pessoa (não deu maiores informações) para conduzir o caminhão da Paraíba para o Cabo de Santo Agostinho e por esse serviço receberia a importância de R$ 200 reais. Por fim disse que não sabia que estava transportando carga roubada e que só tomou conhecimento de que algo estava errado com a carga quando viu o outro ocupante do veículo fugir quando da abordagem dos policiais.

A Polícia Federal dará prosseguimento as investigações visando identificar e prender os possíveis remanescentes da quadrilha. Neste tipo de prática criminosa tais infratores sempre estão ligados à sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, compra de drogas e armas e corrupção de agentes públicos. Há toda uma rede organizada por trás quais sejam: depósitos, rede de distribuição e vendedor final. Cada mercadoria roubada e que não recolhe o devido imposto representa um produto a mais no mercado informal que deixou de ser vendido. Assim, deixa-se de arrecadar impostos com recursos que poderiam ser investidos na saúde, educação, segurança e habitação.

POLÍCIA FEDERAL PRENDE DOIS SUSPEITOS QUE HAVIAM ADQUIRIDO NOTAS FALSAS PELA INTERNET

terça-feira, 19 de novembro de 2019

A Polícia Federal, procedeu a autuação em flagrante na tarde do dia 07/11/2019, por volta das 14h, de Idson José de Sena Gomes brasileiro, solteiro, 19 anos, estudante, natural de Recife/PE e residente em Campo Grande-Recife/PE, (não possui antecedentes criminais) e na tarde do dia  17/11/2019 por volta das 16h, Rafaela Domingos Ferreira brasileira, solteira, 22 anos, técnica em administração, natural de Recife/PE e residente em Abreu e Lima/PE, (não possui antecedentes criminais). A prisão foi realizada por policiais federais lotados na Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários-DELEFAZ, através de informações na área de inteligência policial, dando conta que falsários (ainda não identificados) teriam enviado diversas remessas de cédulas falsas para várias localidades do Brasil, a partir de uma agência dos Correios de São Paulo/SP e que a primeira remessa seria retirada na agência dos Correios da Encruzilhada/PE e a segunda seria recepcionada no endereço da destinatária.

De posse dessas informações foi montada uma equipe de policiais federais que se dirigiram até os locais onde as notas seriam repassadas com vistas a identificar os suspeitos e realizar as prisões, caso houvesse a confirmação da ilicitude. A ação teve seu desfecho, quando os federais identificaram o estudante retirando a encomenda suspeita e ao sair da agência foi abordado pelos policiais federais que ao ser solicitada  a abertura do envelope, constatou-se que dentro dele continha 40 cédulas falsas, de R$ 100,00 (cem reais), totalizando R$ 4.000,00 (mil reais). Já a segunda prisão aconteceu quando a técnica em administração ao receber e em sua residência a correspondência dos correios foi abordada pelos federais que ao ser solicitada  a abertura do envelope, constatou-se que dentro dele havia 50 cédulas falsas, de R$ 10,00 (dez reais) e 05 (cinco) cédulas falsas de R$ 100,00 (cem) reais, totalizando R$ 1.000,00 (mil reais).

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido constatado a existência das cédulas falsas, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante, tendo sidos informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foram conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal, no Cais do Apolo, onde acabaram sendo autuados em flagrante pelo crime contido no artigo 289 § 1º do Código Penal  (Adquirir Moeda Falsa) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão, além de multa. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal, foram encaminhados para a audiência de custódia, sendo liberados e vão responder ao processo em liberdade, ficando à disposição da Justiça Federal.

Em seu interrogatório, o estudante disse que comprou as cédulas falsas pelo aplicativo whatsapp pelo valor de R$ 650 reais e que tinha a intenção de repassá-las no comércio local da região metropolitana do Recife/PE. Já a técnica em administração informou que um amigo seu (não de detalhes sobre a pessoa), também comprou as cédulas falsas pelo aplicativo whatsapp pelo valor de R$ 250 reais e pediu que fosse utilizado o seu endereço para envio das notas falsas, não sabendo que isso constituía crime.

A Polícia Federal vem desenvolvendo várias operações policiais no Brasil onde tem identificado e prendido criminosos que estão utilizando a internet para a venda ilegal de notas falsas. Em 13/03/2019, foi deflagrada a operação Big Jhow no Espírito Santo, em 10/09/2019 – Operação Monster no Tocantis e em 22/10/2019, a operação Real Fake em Cuiabá. O Facebook, proíbe o uso da rede social para facilitar ou organizar atividades criminosas que causem danos financeiros a pessoas ou negócios e remove qualquer conteúdo desse tipo quando ficam ciente através de denúncias. E quem faz esse tipo de negociação também corre o risco de ter seus dados pessoais e números de celulares usados para aplicar golpes.

Fonte: Polícia Federal

COMERCIANTE FOI ASSASSINADO EM OURICURI

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Um comerciante foi assassinado na noite desta segunda-feira (18), no bairro Bigodão, no município de Ouricuri, no Sertão de Pernambuco.

José Francisco da Cunha, de 49 anos, estava sentado em frente a casa da sogra na Avenida Manoel Irineu de Araújo, quando chegaram dois homens em uma moto, o garupa desceu e efetuou vários disparos de arma de fogo, José Irineu não resistiu e morreu no local, ele estava com uma filha que não foi atingida.

Familiares informaram a polícia que desconhecem qualquer motivação para o crime, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

POPULAR FOI ASSASSINADO DENTRO DE VEÍCULO NA ZONA RURAL DE OURICURI

domingo, 17 de novembro de 2019

Um homicídio foi registrado na madrugada do sábado (16), no Povoado dos Lopes, na zona rural do município de Ouricuri, no Sertão de Pernambuco.

A vítima Adriano Cassiano de Oliveira, de 36 anos, estava embriagado e parou o veículo em frente a uma residência pois não tinha condições de voltar pra cidade, após alguns minutos foi alvejado por disparos de arma de fogo, não resistiu e morreu antes de receber os primeiros socorros.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, o caso será investigado pela Polícia Civil.

HOMEM É DETIDO COM CAMINHONETE ROUBADA EM SERTÂNIA

sábado, 16 de novembro de 2019

Motorista saiu da rodovia para tentar fugir da fiscalização

Um homem que conduzia uma caminhonete roubada foi detido na noite de sexta-feira (15), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) apresentava indícios de falsificação.

A abordagem aconteceu após os policiais perceberem que uma caminhonete havia saído da BR 232, para evitar passar em frente à unidade da PRF. A equipe realizou o acompanhamento e alcançou o veículo em uma rua do município.

Ao realizar um procedimento de identificação veicular, foi constatado que a caminhonete havia sido roubada em novembro de 2016, em Cachoeirinha, no Agreste do estado. O motorista informou que havia adquirido o veículo por R$35 mil e ainda estava pagando pelo automóvel.

O homem foi detido e encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Arcoverde, que irá investigar o caso.

POLICIAS CIVIL E MILITAR REALIZAM OPERAÇÃO PROCLAMAÇÃO, EM IBIMIRIM

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

A Secretaria de Defesa Social, através das Polícias Civil e Militar de Pernambuco, desencadeou na manhã desta quinta-feira, (14), na cidade de Ibimirim, a Operação de Intervenção Tática, denominada Proclamação II, vinculada à Diretoria Integrada do Interior 2 – DINTER 2, cujas investigações estiveram sob a presidência do Delegado Walkis Pacheco Sobreira Filho, Titular da 161ª Delegacia Circunscricional de Polícia – Ibimirim.

A ação contou com as Equipes das Delegacias Circunscricionais vinculadas à 19ª DESEC, sob a coordenação do Delegado Seccional Marcos Virginio, e do Major Vieira, Comandante 3º Batalhão de Polícia Militar de Arcoverde.

O objetivo da Operação “Proclamação II”, foi o cumprimento de cinco mandados de prisão, visando a redução das ações praticadas por associações criminosas voltadas à prática de homicídios.

FISCAL DO CREA/PE FOI PRESO EM FLAGRANTE PELA PF POR CORRUPÇÃO PASSIVA

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

A Polícia Federal em Pernambuco, procedeu a autuação em flagrante na manhã do dia 08/11/2019, por volta das 11h, de um servidor público federal (fiscal do CREA/PE), 53 anos, brasileiro, natural de Recife e residente em Afogados/PE.

A prisão aconteceu quando um empresário do ramo de manutenção de prédio e condomínio que tem sede em Olinda/PE, juntamente com integrantes do CREA/PE compareceram na Polícia Federal para denunciar que estava sendo extorquido por um fiscal do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. Segundo o empresário, o fiscal do CREA/PE teria vistoriado uma de suas obras e indicado a existência de várias irregularidades que resultariam em multas no valor de R$ 7.000.00 reais.

Foi então que o fiscal teria exigido do empresário para que não fosse lavrado um auto de infração, uma propina de R$ 3.500,00 reais e ao alegar não dispor do dinheiro, ficou estabelecido que o valor ficaria em R$ 1.000,00 reais divididos em duas parcelas de R$ 500,00 reais. No dia seguinte o empresário procurou o CREA/PE para relatar a extorsão e depois do relato vieram até à Polícia Federal que começou a acompanhar o desenrolar dos fatos com o objetivo de realizar a prisão em flagrante no momento do pagamento da quantia.

A ação teve seu desfecho, quando ao ser marcado o encontro para entrega do dinheiro com redução da parcela para R$ 400,00 reais num estabelecimento comercial situado na Avenida Norte-Recife/PE, os federais seguiram até o local e quando houve o encontro e o servidor do CREA/PE pegou o dinheiro e ia saindo do local, foi abordado pelos policiais federais que confirmaram o recebimento da propina através do dinheiro que estava em seu poder. Ao ser feito uma busca pessoal no suspeito também foi encontrado em sua carteira R$ 1.600,00 reais em espécie, o que pode configurar também, o recebimento de outras propinas. Também foram apreendidos seus 02 telefones celulares.

Em seu interrogatório o preso informou que é fiscal do CREA/PE há 19 anos e que na realidade o empresário é quem havia oferecido o valor de R$ 1.000,00 reais e que ele só aceitou com a condição de que fosse promovida a regularização das irregularidades detectadas junto a CREA/PE.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido constatado a existência de crime, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante, foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida, conduzido para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuado em flagrante pelo crime contido no artigo 317 do Código Penal (Corrupção Passiva) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 2 a 12 anos de reclusão, além de multa Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal de Recife/PE, foi encaminhado para a audiência de custódia, sendo liberado e deverá responder ao processo em liberdade, ficando a disposição da Justiça Federal.

Fonte: Polícia Federal

CRIANÇA MORRE ATROPELADA POR CAMINHÃO EM CUSTÓDIA

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Uma tragédia aconteceu na tarde desta terça-feira (12), no município de Custódia, no Sertão de Pernambuco.

Um menino de 5 anos estava como passageiro de um caminhão, quando a porta se abriu, ele caiu e foi atropelado pelo veículo. De acordo com informações, a criança estava como passageira de uma moto e teria pedido para ir no caminhão que seguia para o mesmo destino.

Ele foi socorrido para o hospital de Custódia, onde deu entrada sem vida, o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

JOVEM FOI ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE SERRA TALHADA

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Um jovem de 19 anos foi assassinado na noite deste domingo (10), no distrito de Bernardo Vieira, na zona rural do município de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

José André Alves Pereira, de 19 anos, foi agredido com golpes de faca pelas costas, não resistiu e morreu antes de receber os primeiros socorros, o autor do crime foi identificado pela polícia e está sendo procurado.

O corpo do foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

DUPLO HOMICÍDIO FOI REGISTRADO NO BAR FURA ZORBA EM IBIMIRIM

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Dois homens foram assassinados na noite deste domingo (10), no Sítio Fazenda Nova, na zona rural de Ibimirim, no Sertão de Pernambuco.

Albério Xavier Bezerra, de 35 anos e Armando da Silva Gomes, de 38 anos, estavam jogando sinuca no Bar Fura Zorba, quando um homem chegou em uma moto e atirou neles, ambos não resistiram e morrem no local.

A Polícia Civil ainda não sabe quem é o autor do duplo homicídio e continua investigando o caso, os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.