ESTUDANTES DE ESCOLA INDÍGENA RECEBEM CERTIFICADOS DE CONCLUSÃO DO PROERD EM ÁGUAS BELAS

quarta-feira, 27 de março de 2019

Duzentos e cinco estudantes do ensino fundamental da Escola Estadual Indígena Marechal Rondon receberam na manhã desta terça-feira (26), no Clube do Guarany, na aldeia Fulni-ô, em Águas Belas, os certificados de conclusão do curso do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), da Polícia Militar de Pernambuco. O curso foi realizado em parceria com a Escola e a Prefeitura de Águas Belas.

A espírito festivo tomou conta da cerimônia do início ao fim. Abrindo o evento, um grupo indígena apresentou a dança do Toré, ritual tradicional usado em abertura de eventos festivos para atrair energias positivas. Depois foi a vez dos estudantes Iakaroam Elian Gomes Silva, do 5º ano, Ywahane Santos de Lima, do 6º, e Luana Cordeiro de Albuquerque, do 7º, receberam, cada, uma bicicleta e uma medalha como prêmio pela redação destaque do curso.

Em seguida, os 12 professores colaboradores do Programa na Escola foram homenageados pelo cabo Zacarias. Cada um recebeu das mãos do instrutor do PROERD na Marechal Rondon um certificado. Logo após, houve o juramento onde os alunos prometeram aos pais, à Escola e à comunidade ficar longe das drogas.

Representando a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, o gerente da Gerência de Prevenção e Articulação Comunitária (GPAC), Flávio Queiroz, explicou que o Programa vai além do trabalho de prevenção ao uso de drogas. “O PROERD é de fundamental importância, pois ele não trata apenas o combate às drogas, ele trata também do respeito à diversidade, à mulher, ajudando a formar cidadãos.”

Muito celebrado pelos alunos, o cabo Zacarias lembrou da missão do PROERD nas escolas com as crianças e adolescentes. “A missão da gente é fazer com que o aluno se sinta responsável e seguro.”

Zacarias contou um pouco da dinâmica trabalhada em sala de aula, usando como exemplo a turma do 7º ano. “Nós trabalhamos com eles em forma de teatro e de encenações maneiras de resistir ao uso de drogas através do acróstico REAL, que significa Recusar, Explicar, Abster-se e Livrar-se do uso de drogas.”

Foi por meio desses ensinamentos que o aluno do 7º ano, João Nalixy Alves Cruz, de 15 anos, encontrou o melhor caminho. “Antes, eu tinha vários amigos que usavam drogas e pensava em seguir o caminho deles porque eu achava eles divertidos, e hoje, depois do PROERD, eu mentalizei e não quero o mundo das drogas e da violência”, disse João, um dos seis alunos destaques do curso.

Para a coordenadora geral de educação escolar indígena Fulni-ô, Maristela de Albuquerque Santos, a aprendizagem dos alunos no curso se estenderá para toda a comunidade. “Esse Programa foi um presente para a nossa comunidade. Eu digo comunidade porque a escola está dentro da comunidade e vice-versa. Tudo que ocorre na comunidade reflete dentro da escola e o que acontece na escola reflete na comunidade.”

A coordenadora agradeceu ainda o apoio da Secretaria de Educação e do prefeito Luiz Aroldo, importantes para o desenvolvimento das atividades do PROERD na Escola. “Nunca tivemos a prefeitura mais próxima a nós do que agora”.

A Secretária de Educação, Minervina dos Santos (Nevinha), comentou sobre a parceria do município, por meio da Secretaria de Educação, com o PROERD. “Essa parceria é muito importante porque a Polícia Militar tem toda uma programação e dinâmica de combater às drogas, e a proposta desse projeto é muito interessante.”

Ao longo de quase dois meses de curso, o PROERD formou 833 alunos na Marechal Rondon, sendo 428 na primeira fase do Programa, voltada à educação infantil, e 405 na segunda fase, com 200 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que aconteceu por meio de palestras, e os 205 do ensino fundamental.

PROERD em Águas Belas

O PROERD já passou por três escolas em Águas Belas, sendo dois na zona rural e uma na urbana, além da escola na aldeia. As escolas foram a José Bezerra de Albuquerque Sobrinho, no povoado Campo Grande, Manoel Francisco dos Santos, em Curral Novo, e a Elisa Cabral de Brito e Silva, da Lagoa do Barro.

De acordo com a secretária de Educação, Nevinha, a parceria vai continuar e, em breve, será anunciado o nome da escola que irá receber o PROERD.

Presente no evento

Participaram do evento o vice-prefeito, Maurício de Josué – representando o prefeito Luiz Aroldo –, os secretários de Assistência Social, Junior Moto Peças, o de Assuntos Institucionais, Alan Roberto (Buda), além da secretária de Educação, Nevinha, que esteve acompanhada pela gestora da Gerência Regional da Educação do Agreste Meridional (GRE), Adelma Elias da Silva.

O cacique da aldeia Fulni-ô, Cícero de Brito, o pajé, Gildiere Ribeiro Pereira, o representante da Funai, Manoel Ribeiro, e integrantes da Polícia Militar, entre eles o major Rodolfo, que representou o 9º BPM, também estiveram presentes.

POLÍCIA CIVIL DIVULGA RETRATO FALADO DE ELEMENTO QUE EXECUTOU RADIALISTA CLAUDEMIR NUNES

quarta-feira, 27 de março de 2019

A Polícia Civil através da 21ª DPH – Delegacia de Polícia de Homicídios de Santa Cruz do Capibaribe, divulgou na manhã desta quarta-feira (27), o retrato falado do elemento que assassinou o radialista Claudemir Nunes Silva, de 38 anos de idade, na tarde da última quinta-feira (21), na Rua José Jerônimo no bairro São Cristóvão em Santa Cruz do Capibaribe.

A perícia iconográfica, o retrato falado como é popularmente chamado, foi apresentado pelo delegado Dr. Bruno Machado na Sede da 21ª DPH.

Machado acredita que com a divulgação da imagem confeccionada pelo Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), a população deve ajudar a Polícia a identificar o autor do crime de morte.

MULHER FOI ASSASSINADA A TIROS EM TORITAMA

quarta-feira, 27 de março de 2019

Uma mulher foi morta a tiros na manhã por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira (27) no bairro Valentim 2 em Toritama. A vítima foi identificada como Maria de Fátima da Silva, de 22 anos. Testemunhas relataram que ouviram ao menos cinco disparos.

Policiais Civis e Militares foram acionados para o local e deram início às investigações e ainda não há informações sobre possível motivação nem autoria.

Em 18 de fevereiro deste ano, foi assassinado também em Toritama, José Ricardo, conhecido por ‘Pizza’. Ele era companheiro da mulher morta nesta quarta-feira. Na ocasião, o crime foi praticado no Loteamento de Antão.

O corpo foi encaminhado para o IML de Caruaru.

DELEGACIA DE CAETÉS PRENDE SUSPEITO DE ESTUPRAR A ENTEADA DE 11 ANOS

quarta-feira, 27 de março de 2019

Após duas semanas de investigação, agentes da Delegacia da cidade de Caetés prenderam nesta terça-feira (26), um homem suspeito de estuprar a enteada de 11 anos.

A prisão foi realizada em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, os investigadores descobriram fortes indícios da prática do estupro,  o delegado José Franklin representou pela prisão junto ao Poder Judiciário que expediu o mandado.

O homem foi preso em casa, não resistiu a prisão e foi recolhido a Cadeia Pública de Bom Conselho.

FERNANDO RODOLFO ACOMPANHA INVESTIGAÇÃO DO ASSASSINATO DO RADIALISTA CLAUDEMIR NUNES

quarta-feira, 27 de março de 2019

O deputado federal Fernando Rodolfo (PR-PE) enviou hoje (quarta, 27) ofício ao delegado da 21ª Delegacia de Homicídios, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste,  Bruno Machado, comunicando que, como jornalista e primeiro vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, tem grande interesse em acompanhar as investigações sobre o assassinato do radialista Claudemir  Nunes.

O radialista foi morto com seis tiros na quinta-feira passada, no bairro de São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, ao sair da Rádio Comunidade FM, uma das emissoras onde trabalhava. Uma das suspeitas é de execução, conforme entrevista do delegado Bruno Machado.

“Solicito envio de informes sobre o sucesso das diligências. O brutal e covarde assassinato do jornalista exige justiça, com identificação e punição exemplar dos culpados”, escreveu o deputado pernambucano ao delegado. Para Rodolfo, que compareceu ao velório do radialista, é inconcebível que o ofício de jornalista continue sendo uma profissão de risco no país.

Lembrou que a morte de Claudemir Nunes, que deixou viúva e uma filha recém-nascida, se soma “à cruel estatística “ da Press Emblem Campaign segundo a qual o Brasil foi, no ano passado, com quatro mortes, o oitavo país do mundo em que mais jornalistas foram assassinados, empatando com as Filipinas.

Citou estudo da ONG Artigo 19 no qual se revela que das 22 execuções de comunicadores no país entre 2012 e 2016 (oito blogueiros, seis radialistas, cinco jornalistas, dois donos de veículos de comunicação e um fotógrafo), só em cinco casos houve condenação dos culpados.

AGRICULTORA QUE TINHA PROBLEMAS MENTAIS MORRE AFOGADA EM PARANATAMA

quarta-feira, 27 de março de 2019

O cadáver de uma agricultora foi encontrado por populares em um barreiro no Sítio Capim Grosso, na manhã desta terça-feira (26), na zona rural da cidade de Paranatama, no Agreste de Pernambuco.

Josefa Cardozo de Lima Leite, de 46 anos, foi vista pela última vez no domingo (24), o companheiro dela disse a polícia que saiu e ela ficou em casa, ao retornar Josefa não estava e ele imaginou que ela tivesse ido para casa de uma irmã. .

De acordo com familiares, Josefa sofria de problemas mentais e tomava medicamentos controlados, o corpo não apresentava marcas de agressões e foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

VENDEDOR É ESPANCADO ATÉ A MORTE EM FRENTE À RODOVIÁRIA DE CARUARU

quarta-feira, 27 de março de 2019

Um vendedor de capas de CDs foi assassinado por espancamento na manhã desta quarta-feira (27) em frente à rodoviária de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Testemunhas no local informaram que o suspeito, que é deficiente físico, havia pego as muletas que utilizava e agredido a vítima até a morte.

“Eu ia passando para ir para o batalhão quando me deparei com a vítima no solo e esse cidadão bastante agressivo batendo a muleta na cabeça dele”, relatou o sargento da Polícia Militar Hélio. O policial deu voz de prisão ao suspeito, mas a vítima não resistiu e faleceu.

O 1º Batalhão Integrado Especializado (Biesp) e a Polícia Civil foram para o local para a ocorrência. O suspeito foi levado para a Divisão de Homicídios. A Polícia Civil vai investigar se ele teve um surto psicótico. O corpo da vítima será levado para o Instituto de Medicina Legal (IML).

(Com informações do NE10)

ÍNDIOS BLOQUEIAM RODOVIAS FEDERAIS NO AGRESTE E SERTÃO DE PE EM PROTESTO CONTRA MUNICIPALIZAÇÃO DA SAÚDE

quarta-feira, 27 de março de 2019

Grupos de índios bloquearam os dois sentidos de rodovias do Agreste e Sertão de Pernambuco na manhã desta quarta-feira (27) em protesto, entre outros, contra a proposta de municipalização dos serviços de saúde a indígenas por parte do Governo Federal.

A mobilização acontece desde às 8h30 nas Brs 423, em Águas Belas; 110, em Ibimirim; e 232, em Pesqueira. Os manifestantes atearam fogo em pneus para bloquear o trânsito nas rodovias e carregam cartazes com frases como “Prioridade à saúde indígena” e “Nenhum direito a menos”.

Nenhuma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi até o local, portanto ainda não há informações da quantidade de pessoas que participa dos atos.

Nota do Ministério da Saúde

“O Ministério da Saúde esclarece que a realização de ações na Atenção à Saúde Indígena desenvolvidas pela Secretaria Especial de Saúde indígena (SESAI) é uma das atribuições da pasta e que as eventuais mudanças no desenvolvimento dessas ações de vigilância e assistência à saúde aos povos indígenas ainda estão sendo objeto de análise e discussão.

É importante deixar claro que não existe, no momento, medida provisória do governo federal que modifica a política indigenista do país e municipaliza os serviços de saúde de indígenas.

Cabe ressaltar que não haverá descontinuidade das ações. Para isso, o Ministério tem se pautado pela garantia da continuidade das ações básicas de saúde, a melhoria dos processos de trabalho para aprimorar o atendimento diferenciado à população indígena, sempre considerando as complexidades culturais e epidemiológicas, a organização territorial e social, bem como as práticas tradicionais e medicinais alternativas a medicina ocidental.”

(Com informações do G1)

POLÍCIA APREENDE CELULAR COM QUEIXA DE ROUBO EM IBIRAJUBA/PE

quarta-feira, 27 de março de 2019

A Polícia Militar apreendeu um aparelho de celular com queixa de roubo na tarde de terça-feira (26), na cidade de Ibirajuba.

Segundo a PM, o policiamento realizava rondas quando abordou um homem de 33 anos. Ao verificar os dados do aparelho de celular utilizado por ele, foi constatado que havia queixa de roubo no Sistema da Secretaria de Segurança do Estado.

Ainda segundo a polícia, o homem disse ter adquirido o aparelho em um estabelecimento comercial. Ele foi levado a delegacia e autuado em flagrante. A Polícia Civil vai investigar o crime.

JOVEM FOI ASSASSINADO DENTRO DE CASA NO BAIRRO SANTA ROSA EM CARUARU

quarta-feira, 27 de março de 2019

A noite desta terça-feira (26) foi marcada por mais um crime de morte em Caruaru, no Agreste, a vítima foi o jovem Marcelo Pereira Silva, conhecido por “Germe” de 25 anos, que foi morto dentro de casa na Rua Santa Rosa no bairro Santa Rosa. De acordo com informações ele era envolvido com o tráfico de drogas.

A tia da vítima, Maria Suelane, disse que a vítima não trabalhava em nadam que viva com uma mulher que tem dois filhos e que ela está esperando o primeiro filho dele com seis meses de gestação e que segundo a Polícia Militar uma mulher chegou na porta chamando o seu sobrinho, ele foi atender e surgiram alguns elementos que efetuaram vários tiros contra ele que mesmo baleado saiu correndo, caiu no quintal e quando o Samu chegou ele já estava em óbito.

Este foi o 10º homicídio do mês de março e o 41º do ano de 2019 em Caruaru e o corpo foi encaminhado para o IML local.