sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

O homem suspeito de ter matado a facadas a menina Beatriz Angélica, numa escola particular em Petrolina, em 2015, foi transferido para uma cela com segurança no Presídio de Igarassu, no Grande Recife, na quinta-feira (13). Desde 2017, Marcelo da Silva, de 40 anos, estava preso na Unidade Prisional de Salgueiro, no Sertão, por outros crimes .

Marcelo da Silva cumpre pena por estupro de vulnerável, ameaça e cárcere privado. Ele foi transferido, na madrugada, para o Centro de Observação e Triagem Criminológica Everardo Luna (Cotel), que fica em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Às 15h da quinta-feira (13), ocorreu uma nova transferência, ele foi levado para o Presídio de Igarassu. O suspeito foi colocado numa “cela disciplina”, que está sob a vigilância de dois agentes do Grupo de Operações e Segurança, subordinado à Seres.

Postado Por: Paulo Fernando


Isso pode te interessar também

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

ANUNCIE-2021

ANUNCIE-2021
.
.