quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Com o objetivo de identificar as prioridades da população no trabalho desenvolvido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a Prefeitura de Calçado através da secretaria de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde promoveram ao longo desta terça-feira (24/08), a VII Conferência Municipal de Saúde. Tendo como tema central “Gestão de Qualidade e Compromisso no SUS – Novos desafios decorrentes da pandemia”.

Dado o momento em que estamos vivendo, sempre com os cuidados redobrados por conta da Covid-19 o evento foi realizado de forma híbrida, onde representantes da sociedade, delegados, membros do Conselho Municipal de Saúde e autoridades se reuniram na sede do Sindicato dos servidores públicos municipais, de onde ocorreu a transmissão online em tempo real do evento.

A conferência teve como objetivo discutir as ações do SUS no município durante o período de pandemia, bem como, propor diretrizes para a formulação de políticas de saúde do Município para os próximos anos.

Entre as autoridades presentes na abertura da Conferência, esteve o Prefeito Nogueira, representantes da 5ª Gerência Regional de Saúde – GERES, entre elas a gerente Janaína Ramos e a Sanitarista Sísia, os Vereadores Severino Ramos – Bino, Alderi Cordeiro, a Vereadora Zenilda da Saúde e todo Secretariado Municipal.

A Primeira dama, Jailma Nogueira, o Presidente do Sindicato de trabalhadores rurais, os Presidentes de associações de agricultores, a Presidenta do Instituto de Previdência, Lenice Ferreira, a Presidenta do Sindicato dos servidores públicos, Margareth Teles, também estavam entre as autoridades presentes.

Após a cerimônia de abertura e os pronunciamentos oficiais, abriu os trabalhos a Sra. Lucicleide Bizarria, Conselheira Municipal de Saúde, com a leitura do regimento interno da conferência. Em seguida, a rodada de palestras iniciou-se com a Secretária de Saúde Mirtys Pedroza, a qual de forma didática expôs toda a logística de trabalho do SUS. Inclusive em diversos momentos chegou a se emocionar contando histórias de superação vivenciadas pelos profissionais do SUS durante a pandemia da Covid-19.

Por fim, a Psicóloga e Coordenador da rede de Atenção Psicossocial do Município, Maria Graziely Lima, discorreu sobre “Os impactos da Covid-19 nos usuários e trabalhadores da saúde” e encerrou o ciclo de palestras.

Os participantes retornaram à tarde, para o debate em grupo dos seis eixos da Conferência:

  • Eixo I – Promoção, prevenção, recuperação da Saúde;
  • Eixo II – Fortalecimento da Vigilância em Saúde;
  • Eixo III – Atenção especializada e serviços complementares em saúde;
  • Eixo IV – Rede de Urgência e Emergência.
  • Eixo V – Cuidar de quem Cuida: O impacto da COVID-19 nos trabalhadores da Saúde.
  • Eixo VI – Direito à Saúde, cidadania, controle social e fortalecimento do SUS.

As demandas apresentadas, discutidas e aprovadas no encontro servirão de subsídio para construção do Plano Municipal de Saúde 2022-2025.

A secretária de Saúde Mirtys, destacou a importância do evento e da discussão do tema, sobretudo, ao levar em conta as dificuldades financeiras que a área da saúde enfrenta atualmente.

Para o Prefeito Nogueira, o encontro representa a preocupação da administração municipal com a saúde, que mesmo com as dificuldades, não deixou de receber atenção. “O encontro foi fundamental para o planejamento das demandas da saúde do município, sobretudo, nos próximos anos”, destacou.

Postado Por: Paulo Fernando


Isso pode te interessar também

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

ANUNCIE-2021

ANUNCIE-2021
.
.