quarta-feira, 17 de março de 2021

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira, 17/3, após receber uma denúncia de ameaça relativa a Lei Maria da Penha, no Sítio Catonho, em Jupi, foi até o local e constatou a veracidade do fato.

Segundo a polícia, os envolvidos foram conduzidos a delegacia do município, onde a vítima desistiu de representar criminalmente contra o seu companheiro. Ainda na residência da vítima, foi perguntado ao seu companheiro se o mesmo fazia uso de entorpecentes, o qual respondeu afirmativamente e entregou uma pequena porção de maconha, como também indicou a quem teria comprado o referido entorpecente.

Desta forma, de posse de tal informação, os policiais se dirigiram ao local indicado e ao se aproximar visualizaram o indivíduo de alcunha “Renatinho” portando uma arma de fogo, o qual após visualizar a aproximação das viaturas, empreendeu fuga entrando em uma residência que estava aberta e tentou se desfazer da referida arma, jogando-a atrás de um guarda-roupa em um dos quartos. Mas acabou sendo preso.

O elemento foi conduzido à delegacia onde foi lavrado um auto de prisão em flagrante delito por crime de porte ilegal de arma.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

arroz 10 03 2021

arroz 10 03 2021

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)