quarta-feira, 17 de março de 2021

Usando máscaras, carro de som e portando faixas e cartazes, empresários e comerciários participaram na manhã de hoje, dia 17, de uma manifestação pacífica defronte a Prefeitura de Garanhuns. É que a Câmara de Dirigentes Lojistas de Garanhuns (CDL) se mostra contrária a determinação do Governo de Pernambuco em fechar o comércio no período de 18 a 28 de março, numa medida de controle ao avanço da COVID-19 em todo o Estado. 

“O Poder Público que é o responsável pela saúde e demais bens da essência da vida, também deve ser o responsável pela sobrevivência das Empresas. Quando seus decretos interrompem a produção e o desenvolvimento da economia, queremos sim, responsabilizar o Governo do Estado de Pernambuco pelo alcance negativo de suas ações e que tais medidas certamente trarão prejuízos aos pernambucanos”, registrou a CDL, em nota divulgada nas Redes Sociais.

Com a manifestação, os Empresários buscaram sensibilizar o Prefeito Sivaldo Albino (PSB), bem como a Câmara de Vereadores, para que possam dialogar com o Governo do Estado, na tentativa de evitar os prejuízos e a ampliação do desemprego no Município.

De acordo com informações apuradas pelo Blog do Carlos Eugênio junto a membros da CDL, após o ato, que durou cerca de 30 minutos, a entidade protocolou um documento junto a Prefeitura, todavia, o resultado do ato deixou muitos empresários descontentes, sobretudo àqueles do ramo de bares e restaurantes. Informações dão conta que durante o manifesto, o Prefeito Sivaldo Albino não estava na sede da Prefeitura, mas “ficou de receber alguns representantes da CDL hoje ou amanhã”, pontuou a fonte ouvida pelo Blog.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

arroz 10 03 2021

arroz 10 03 2021

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)