quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Na noite da última terça-feira (16), uma perseguição policial acabou com três pessoas feridas e uma morta, em Ribeirão, na zona da Mata Sul pernambucana. Agentes do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) realizavam um acompanhamento a dois indivíduos em atitude suspeita no momento do acidente.

De acordo com informações da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), o efetivo visualizou a dupla em uma motocicleta e tentou realizar uma abordagem. Ordens de parada foram dadas pelos militares, sendo todas ignoradas por parte dos homens. Os indivíduos iniciaram a fuga e seguiram por uma estrada rural. Durante o trânsito na via, o condutor perdeu o controle da moto e caiu em um barranco. Em razão da baixa visibilidade no local, causada pela escuridão e a poeira o motorista da viatura também perdeu o controle e saiu estrada.

A motocicleta chegou a capotar diversas vezes e um de seus ocupantes morreu na hora. Na viatura do GATI, um sargento sofreu ferimentos leves e outro militar saiu ileso. Uma soldado sofreu uma pancada na cabeça e precisou ser encaminhada para o Hospital Getúlio Vargas, no Recife, para a realização de exames.

SOB CUSTÓDIA 

O segundo indivíduo foi encaminhado ao Hospital Geral Municipal de Ribeirão. Ele se encontra sob a vigilância da PMPE. Durante conversa com agentes da polícia o homem relatou que o comparsa estava portando uma pistola.

A revista foi realizada e os militares localizaram um simulacro de arma de fogo, maconha e uma faca. Todo o material será anexado ao inquérito policial.

O corpo do indivíduo morto foi recolhido para o Instituto de Medicina Legal (IML), localizado no Recife, para a realização da autópsia. Uma viatura do 10° Batalhão de Polícia Militar (10° BPM) acompanhou a agente ferida para prestar apoio.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

arroz 10 03 2021

arroz 10 03 2021

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)