quarta-feira, 14 de outubro de 2020

A Polícia Federal em Pernambuco, deteve no dia 09/10/2020, por volta das 23h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, uma advogada de 23 anos, natural de Dourados/MS e residente em Brilhante/MS, um administrador de 26 anos, natural e residente em Campo Grande/MS e um empresário de 32 anos, natural de Campo Grande/MS e residente em Ipojuca/PE, um servidor público estadual de 29 anos, natural e residente em Campo Grande/MS e um empresário de 32 anos natural de Campo Grande/MS e residente em Ipojuca/PE.

A detenção aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes bem como outros tipos de ilicitudes de competência federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais através de um procedimento padrão, abordaram alguns passageiros no desembarque do voo oriundo de São Paulo com conexão no Mato Grosso do Sul e desembarque em Recife/PE. Ao ser feita uma busca minuciosa em seus pertences encontrou-se cerca de 70g de maconha com os  três primeiros suspeitos e ao saírem do aeroporto e se encontrarem com um empresário, também foi encontrado 10g de maconha dentro de seu veículo.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, todos foram detidos e informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabaram sendo autuados através de um TCO-Termo Circunstanciado de Ocorrência pela prática contida no artigo 28 da Lei nº 11.343/2006 (trazer consigo para consumo pessoal, substância entorpecente proibida por lei) cujas penas são de advertência sobre os efeitos das drogas; prestação de serviços à comunidade; medida educativa de comparecimento à programa ou curso educativo. Após prestarem o compromisso de comparecerem à Justiça todos foram liberados e vão responder ao processo em liberdade.

Em seus depoimentos todos informaram que estavam vindo 10 dias de férias em Porto de Galinhas/PE e assumiram ser usuários de maconha. Apreensões como esta demonstram um trabalho de fiscalização minucioso por parte da Polícia Federal no Aeroporto dos Guararapes com o objetivo de reprimir a entrada de qualquer tipo ou quantidade de droga em nosso estado.

Postado Por: Jailson Ferreira


CONTADORA

CONTADORA