segunda-feira, 13 de julho de 2020

Veículo havia saído do Ceará em direção a Alagoas

Um caminhão que transportava 20,7 m³ de madeira irregular foi apreendido na tarde do domingo (12), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 424, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. A mercadoria estava em desacordo com o documento florestal e possuía cinco toneladas de excesso de peso.

O Grupo de Patrulhamento Tático da PRF realizava uma ronda próximo ao quilômetro 87 da rodovia, quando observaram um caminhão parado no acostamento. Ao verificarem a carga transportada pelo veículo, foi constatado que a mercadoria estava em excesso e a documentação era irregular.

O Documento de Origem Florestal (DOF) apresentado pelo motorista não tinha validade e a quantidade da madeira era diversa da informada na nota fiscal, contendo um excedente de aproximadamente 5 m³. O caminhão havia saído de Crateús, no Ceará, em direção a Porto Calvo, em Alagoas.

A equipe emitiu uma autuação por excesso de peso e lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para o motorista, pelo transporte de madeira sem licença válida. O caminhão e a carga foram encaminhados para a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). O Ministério Público Federal em Garanhuns também foi notificado sobre o crime ambiental, para adotar as providências legais.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)