sexta-feira, 12 de junho de 2020

“O laboratório especializado em segurança digital, Dfndr Lab detectou que em apenas 7 dias 39 mil usuários foram enganados.”

A Polícia Federal alerta para um novo golpe no WhatsApp que promete um kit de perfumes usando falsamente o nome de uma grande empresa de perfumes em virtude da passagem do dia dos namorados. O link que está sendo enviado para as contas do whatsapp e facebook começou a circular no início dessa semana, logo após várias campanhas de empresas começaram a veicular seus produtos visando o dia dos namorados. É bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de períodos e situações específicas, como épocas festivas, promoções feitas por empresas e grandes lojas, liberação por parte do governo de vantagem financeira ou até a situação que envolvam calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas para enganar as pessoas.

O golpe avisa que para ganhar um kit de perfume basta apenas responder a três simples perguntas e preencher um cadastro com dados pessoais:

SUA CIDADE TEM UMA LOJA DA EMPRESA (BOTICÁRIO)

SE A PESSOA JÁ GANHOU OU PRESENTEOU SEU NAMORADO(A) COM ALGUM PRODUTO DA EMPRESA

SE A PESSOA FICARIA FELIZ EM PRERSENTEAR SEU NAMORADO(A) COM UM KIT DA EMPRESA

Depois da vítima ter respondido as três perguntas aparece uma mensagem informando que a pessoa ganhou um kit totalmente grátis (Malbec para eles e Intense para elas)e para ter confirmado o prêmio basta apenas compartilhar o link malicioso com cinco amigos e contatos do WhatsApp que imediatamente a pessoa receberia um código de 6 dígitos para retirar o prêmio em qualquer loja da empresa. Para dar veracidade a mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já ganharam os supostos kits para dar mais credibilidade ao golpe. 

O problema é que ao clicar em avançar surge uma barra de preenchimento que se for finalizada, o celular ou computador das pessoas são infectados com programas maliciosos que vão desde capturar informações pessoais como fotos, vídeos, mensagens e senhas. O código que a pessoa recebe é a senha de confirmação em de segurança do WhatsApp que se for repassado, os bandidos podem clonar o WhatsApp das vítimas para aplicar golpes em todos os contatos da agenda telefônica e ter acesso a todas informações contidas no aplicativo (fotos, vídeos, mensagens).

COMO SE PROTEGER:

1.     Ao receber uma mensagem deste tipo, desconfie sempre antes de clicar nos links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais.

2.     Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.

3.     Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: agendamentos liberados até hoje, último dia para o saque, urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não averiguem a veracidade do conteúdo nas páginas e órgãos oficiais.

4.     Certifique-se no site oficial da empresa ou governamental sobre a veracidade do que está sendo oferecido, principalmente quando se tratar de supostas promoções, ofertas de dinheiro, brindes, descontos ou até promessas de emprego. Nesse caso, a empresa de cosméticos já esclareceu e alertou que são falsas as informações do link acerca da distribuição gratuita de kit de beleza para o dia dos namorados

5.     Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados financeiros ou pessoais através de links enviados pelo WhatsApp, tais como: senha de bancos, cartão de crédito e do benefício do INSS. dentre outros.

6.     Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.

7.     Links que levem direito ao cadastro tem que haver o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;

8.     Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar por agentes de saúde e realizar assaltos.

9.     Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;

10.    Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados.

Postado Por: Jailson Ferreira

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO