quinta-feira, 04 de junho de 2020

O tráfico de drogas em Garanhuns tem sido um dos principais fatores para o aumento no número de homicídios na cidade. A prova disso são as prisões e apreensões realizadas pelo 8º DENARC, 22ª Delegacia de Homicídios e PM.

O trabalho ininterrupto das delegacias tem resultado em grandes apreensões e prisões importantes. Em pouco mais de 24 horas, as delegacias coordenadas pelos delegados Paulo Bicalho (8ºDENARC) e Tatiane Rossi (22ª Delegacia de Homicídios) realizaram a identificação da autoria de 04 homicídios em Garanhuns e 03 em Lajedo, além de roubos e uma tentativa de Latrocínio, ocorrida na Rua das Óticas, no dia 27, no Centro de Garanhuns.

Na noite desta quinta-feira (4), os policiais civis da 8° Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC), da 22ª Delegacia de Homicídios, e policiais do GATI do 9ºBPM, conseguiram apreender mais duas motos utilizada pelo grupo criminoso “Bonde dos Lokos”. A apreensão ocorreu em continuidade a prisão de Nelma Pereira Moreira, que foi presa em flagrante na quarta-feira (3), em uma residência que era utilizada pelo grupo como esconderijo, no Distrito de Miracica, na zona rural de Garanhuns.

Segundo a Polícia Civil, Nelma informou que possuía uma moto Bros vermelha, placa KJR-3688, moto essa que foi utilizada na tentativa de latrocínio ocorrida no último dia 27.05.2020, na “Rua das Óticas”, em que na ocasião foi vítima a pessoa de José Vieira dos Santos.

Ainda de acordo com a polícia, Nelma também relatou que emprestou a moto para dois homens integrantes do grupo BDL (Bonde dos Lokos), identificados como Wandson Torquato Feitosa, que também foi preso ontem, e Pedro Henrique Bezerra, vulgo “Chucky“, sendo esses indicados como os autores do latrocínio tentado, que foi praticado na Rua das Óticas, em Garanhuns. Os policiais também conseguiram apreender uma moto CG 125, FAN, com chassi pinado e sem placa.

Nelma ainda assumiu que mandou matar Janailson da Silva Ferraz, no dia 21.05.2020, no Povoado Olho D’água dos Pombos, em Lajedo, porém, essa vítima conseguiu escapar da investida criminosa, ocasionando na morte de Alex Palmeira Silva.

A Polícia informou que Nelma relatou, que Janailson executou 02 parentes dela (foto acima) em Lajedo, sendo eles José Cenildo da Silva e Diego Gonzaga da Silva.

Com estas ações desenvolvidas em pouco mais de 24 horas, as Delegacias de Homicídios e DENARC, com apoio da PM, conseguem identificar autoria de 04 (quatro) homicídios em Garanhuns, 03 em Lajedo e uma tentativa de Latrocínio, ocorrida também em Garanhuns.

Postado Por: Paulo Fernando


Isso pode te interessar também

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO