sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Cinco detentos do Centro de Ressocialização do Agreste (CRA) que prestavam serviço no 9º Batalhão de Garanhuns foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil após o furto de 09 armas que estavam sob custódia do batalhão para serem destruídas no Exército Brasileiro, pois pertencem ao poder judiciário do estado.

Os detentos faziam reforma no telhado do batalhão quando as armas foram furtadas e escondidas em outro local nas dependências do batalhão. O furto foi percebido por um policial, após encontrar um buraco no telhado da sala onde se encontravam as armas.

O armamento foi encontrado e dois detentos autuados em flagrante, o Luiz Américo, de 23 anos e José Jeferson de 28. Os outros três de 34, 23 e 20 anos foram identificados apenas como suspeitos e serão investigados pela Polícia Civil.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)