HOMEM É MORTO A TIROS NO BAIRRO CACHEADO EM PETROLINA

sábado, 09 de maio de 2020

Um homem foi morto a tiros neste sábado (9) em Petrolina, no Sertão Pernambucano. O crime aconteceu no bairro Cacheado, atrás de uma Unidade Básica de Saúde.

De acordo com testemunhas, Lourinaldo Barbosa Augusto, de 40 anos, estava chegando em casa quando foi morto a tiros. A área do crime foi isolada pela Polícia Militar e o Instituto de Criminalística fez a perícia. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML).

TRÊS HOMENS SÃO DETIDOS COM 5 KG DE CRACK NO RECIFE

sábado, 09 de maio de 2020

Motorista de aplicativo dava cobertura ao transporte da droga

Três homens, com idades entre 32 e 35 anos, que transportavam 5 Kg de substância semelhante a crack foram detidos na noite de sexta-feira (08), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 101, no bairro da Macaxeira, na Zona Norte do Recife. A droga era transportada no banco traseiro de um carro e era escoltada por outro veículo.

Policiais da Operação Lábaro e do Grupo de Patrulhamento Tático da PRF realizavam uma fiscalização no quilômetro 63 da rodovia, quando abordaram dois carros que seguiam muito próximos um do outro. Durante a abordagem, os motoristas estavam nervosos e as equipes desconfiaram que eles viajavam juntos.

No momento em que a droga foi encontrada, o condutor do primeiro carro informou que era motorista de aplicativo e havia sido contratado para dar cobertura ao transporte do entorpecente. O passageiro já havia sido preso por tráfico de drogas e estava com um celular roubado, que será devolvido à proprietária.

Os três homens foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. A substância apreendida irá passar por perícia para confirmar o tipo de droga transportada.

NOVO GOLPE DO WHATSAPP PROMETE KIT DE PERFUMES DE UMA EMPRESA DE COSMÉTICOS EM COMEMORAÇÃO AO DIAS DAS MÃES

sexta-feira, 08 de maio de 2020

A Polícia Federal alerta para um novo golpe no WhatsApp que promete um kit de perfumes usando falsamente o nome de uma grande empresa de perfumes em virtude da passagem dos dias mães. O link que está sendo enviado para as contas do whatsapp e facebook começou a circular no início dessa semana, logo após várias campanhas de empresas começaram a veicular seus produtos visando o dia das mães. É bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de períodos e situações específicas, como épocas festivas, promoções feitas por empresas e grandes lojas, liberação por parte do governo de vantagem financeira como FGTS, 13º salário, PIS ou até a situação que envolvam calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas para enganar as pessoas.

O golpe avisa que para ganhar um kit de perfume basta apenas responder a três simples perguntas:

SE NA CIDADE TEM UMA LOJA DA EMPRESA (BOTICÁRIO)
SE A PESSOA JÁ GANHOU OU PRESENTOU SUA MÃE COM ALGUM PRODUTO DA EMPRESA
SE A PESSOA FICARIA FELIZ EM PRERSENTEAR SUA MÃE COM UM KIT DA EMPRESA

Depois da vítima ter respondido as três perguntas aparece uma mensagem informando que a pessoa ganhou um kit totalmente grátis e para ter confirmado o prêmio basta apenas compartilhar o link malicioso com todos os seus amigos e contatos do WhatsApp que dentro de 2 a 5 a pessoa receberia um código de 6 dígitos para retirar o prêmio em qualquer loja da empresa. Para dar veracidade a mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já ganharam os supostos kits para dar mais credibilidade ao golpe.

O problema é que ao clicar em avançar surge uma barra de preenchimento que se for finalizada, o celular ou computador das pessoas são infectados com programas maliciosos que vão desde capturar informações pessoais como fotos, vídeos, mensagens e senhas. O código que a pessoa recebe é a senha de confirmação em de segurança do WhatsApp que se for repassado, os bandidos podem clonar o WhatsApp das vítimas para aplicar golpes em todos os contatos da agenda telefônica e ter acesso a todas informações contidas no aplicativo (fotos, vídeos, mensagens).

COMO SE PROTEGER:

  1. Ao receber uma mensagem deste tipo, desconfie sempre antes de clicar nos links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais.
  2. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.
  3. Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: agendamentos liberados até hoje, último dia para o saque, urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não averiguem a veracidade do conteúdo nas páginas e órgãos oficiais.
  4. Certifique-se no site oficial da empresa ou governamental sobre a veracidade do que está sendo oferecido, principalmente quando se tratar de supostas promoções, ofertas de dinheiro, brindes, descontos ou até promessas de emprego. Nesse caso, a empresa de cosméticos já esclareceu e alertou que são falsas as informações do link acerca da distribuição gratuita de kit de beleza para o dia das mães
  5. Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados financeiros ou pessoais através de links enviados pelo WhatsApp, tais como: senha de bancos, cartão de crédito e do benefício do INSS. dentre outros.
  6. Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.
  7. Links que levem direito ao cadastro tem que haver o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;
  8. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar agentes de saúde e realizar assaltos.
  9. Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;
  10. Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados.

PF DEFLAGRA SEGUNDA FASE DA OPERAÇÃO OUTLINE

sexta-feira, 08 de maio de 2020

A Polícia Federal deflagrou na data de hoje (08/05/2020) a Segunda Fase da “Operação Outline”, que decorre de investigação de atuação de organização criminosa que praticava desvios de recursos que deveriam ter sido empregados na obra de Requalificação da BR-101 – trecho do Contorno Viário da Região Metropolitana de Recife/PE – além de outros crimes, como corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito do Departamento de Estradas e Rodagens e da antiga Secretaria de Transportes do Estado de Pernambuco . Cerca de 40 policiais federais estão cumprindo 9 mandados de busca e apreensão e 2 de prisão temporária, expedidos pela Justiça Federal de Recife/PE. Além disso, foi decretado o sequestro de imóveis situados em Recife/PE e Gravatá/PE, pertencentes aos investigados. A ação ocorre nos municípios de Recife/PE, Paulista/PE, Serra Talhada/PE e Brasília/DF.

O valor total do contrato firmado para execução da obra citada supera a cifra de R$ 190 milhões, e a maior parte dos recursos é oriunda de repasse do Governo Federal para o Estado de Pernambuco, sob a gestão do DER/PE. De acordo com relatórios de auditoria do TCU e TCE recebidos pela PF, a obra vinha sendo executada com material (especialmente asfalto) de baixa qualidade e pouca durabilidade, o que pode estar afetando trechos de rodovias já entregues à circulação.

Na primeira fase da operação, foram apreendidos documentos e mídias digitais, cuja análise revelou mais evidências de desvios, a exemplo de transações entre empresa contratada para execução da obra e firmas fantasmas, que chegam ao patamar aproximado de R$ 4,2 milhões. Além disso, foi constatado que ex-servidores do DER/PE, que foram responsáveis pela fiscalização e liberação de recursos da obra, tiveram acréscimo patrimonial incompatível com os seus rendimentos nos últimos anos. Um deles, inclusive, adquiriu bens de luxo, como embarcações, veículos, apartamentos e ainda realizou diversas viagens ao exterior, inclusive em classe executiva. Todos os bens adquiridos por ele eram registrados em nome de terceiros.

Foram coletadas também evidências de que provavelmente a Secretaria de Transporte do Estado de Pernambuco (atualmente extinta), à qual era vinculada o DER/PE, foi condescendente com as práticas criminosas apuradas, podendo ter havido recebimento de vantagens por pessoa ligada à pasta. Todo o conjunto probatório converge para a prática de crimes como peculato, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas máximas, somadas, chegam a 42 anos de reclusão.
Os policiais federais estão efetuando as prisões e arrecadando material (documentos e arquivos digitais), que serão analisados posteriormente pela equipe de investigação da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros da PF em Pernambuco. Os presos serão encaminhados ao COTEL. A primeira fase da operação foi deflagrada no dia 13/11/2019.

Outline é a tradução literal para a língua inglesa de “contorno”, e significa ainda rascunho ou esboço, simbolizando algo provisório, inacabado.

HOMEM FOI ASSASSINADO NA PORTA DE SUPERMERCADO EM SÃO JOSÉ DO BELMONTE

sexta-feira, 08 de maio de 2020

Um homem foi assassinado na tarde desta quinta-feira (7), em frente a um supermercado, no centro da cidade de São José do Belmonte, no Sertão de Pernambuco.

Cícero Francisco da Costa, de 43 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo, mesmo o crime tendo sodo praticado em frente ao supermercado populares disseram que não viram que atirou, a vítima agonizou até a morte, teve o corpo periciado e encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

CORPO FOI ENCONTRADO EM CHAMAS NA ZONA RURAL DE MANARÍ

sexta-feira, 08 de maio de 2020

O corpo de um homem foi encontrado em chamas, na noite desta quinta-feira (7), em uma estrada do Sítio Lagoa do Açude, na zona rural do município de Manarí, no Sertão de Pernambuco.

A vítima não possuía nenhum documento que a identificasse e estava por ima de uma moto também em chamas, o fogo foi apagado pelos policiais que atenderam ocorrência.

Nenhum dos curiosos que estiveram no local deram informações que possam ajudar a polícia a desvendar o crime.

O corpo foi recolhido para o Instituto de Medicina Legal, a Polícia Civil está tentando identificar a vítima dá início as investigações.

NOTA DE ESCLARECIMENTO À SOCIEDADE PERNAMBUCANA – LOCKDOWN

quinta-feira, 07 de maio de 2020

Procurador-geral de Justiça Francisco Dirceu Barros

Quanto às matérias veiculadas pela imprensa informando que o Ministério Público iria requerer o lockdown no Estado de Pernambuco, o procurador-geral de Justiça Francisco Dirceu Barros esclarece que:

Desde o início da crise provocada pela pandemia da Covid-19, o procurador-geral de Justiça do MPPE instalou um Gabinete de Acompanhamento, sob sua coordenação, composto por vários especialistas nas áreas de defesa da saúde, cidadania, patrimônio público, consumidor, meio ambiente, criança e adolescente, educação, criminal.

Na tentativa de manter a unidade ministerial nessa fase delicada vivenciada pelo nosso país, respeitando a independência funcional, o Gabinete de Acompanhamento da Crise tem expedido várias recomendações aos promotores e procuradores de Justiça, sempre pautadas em argumentos técnicos e científicos firmados a partir de orientações fundamentadas das autoridades sanitárias. E mais, o MPPE reforça a preocupação de observar o momento adequado para adoção de cada medida a ser priorizada pela instituição, sempre com o respaldo das evidências cientificas.

A posição oficial do Ministério Público de Pernambuco, firmada por seu gabinete de crise, é que, no momento, não há nenhum dado científico demonstrando a necessidade de decretação de lockdown no Estado de Pernambuco. Dados indicam que nos últimos 15 dias o isolamento social passou de 74% para 52,24%, ou seja, houve um relaxamento nos índices de isolamento social, fator que impulsionou um crescimento da propagação do vírus e óbitos. Portanto, o momento é de intensificar os níveis de isolamento social, adotando-se regras mais duras para deter o avanço da pandemia.

A decretação de lockdown no Estado de Pernambuco, na visão de todas as autoridades no assunto, seria uma medida de extrema gravidade e que só poderá ser adotada quando todas as demais falharem e quando houver base científica indicando a necessidade da medida. No momento, não há, no gabinete de acompanhamento do Ministério Público de Pernambuco, nenhum dado científico ou debate amadurecido que fundamente a necessidade de se exigir a decretação de um bloqueio total no Estado de Pernambuco.

Importante ressaltar que as instituições republicanas, em Pernambuco, tem procurado agir harmonicamente como manda o texto constitucional, respeitadas as suas independências e competências. Permanentemente, o procurador-geral de Justiça tem se reunido com os representantes de outros poderes, trazendo as demandas, levando as preocupações/sugestões dos integrantes do MPPE e compartilhando as informações oficiais para o Gabinete de Acompanhamento, o qual, como dito, vem orientando os membros em suas atuações.

Neste momento, o posicionamento institucional do MPPE, que deve nortear jurídica e tecnicamente a atuação dos membros, respeitando, por ser evidente, a independência funcional de cada membro, é no sentido de exigir o endurecimento da fiscalização e o fiel cumprimento, pelos gestores públicos e pela sociedade em geral, das medidas restritivas que já foram implementadas.

Reiteramos que, até a presente data, não há qualquer orientação científica que aponte para a decretação de lockdown no Estado de Pernambuco, e caso isso venha a ocorrer, desde logo, o procurador-geral de Justiça vem tranquilizar as cidadãs e cidadãos pernambucanos destacando que sempre será ressalvada a plena garantia de funcionamento e de acesso aos serviços essenciais, como supermercados e farmácias.

O Ministério Público de Pernambuco estará sempre ao lado do cidadão pernambucano, adotando todas as medidas para diminuir o impacto desta crise.

Francisco Dirceu Barros

Procurador-geral de Justiça

NOVO GOLPE DO WHATSAPP PROMETE 500 MIL CESTAS BÁSICAS EM VIRTUDE DO ISOLAMENTO SOCIAL

quarta-feira, 06 de maio de 2020

A Polícia Federal alerta para um novo golpe no WhatsApp que promete 500 mil cestas básicas para população que teve sua fonte de renda afetada pelas medidas de isolamento social, através do Plano Sem Miséria.*O link que está sendo enviado para as contas do WhatsApp e Facebook começou a circular no final da semana passada, logo após várias prefeituras brasileiras estarem distribuindo cestas básicas a pessoas de baixa renda cadastrada em seus programas sociais. É bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de períodos e situações específicas, como épocas festivas, promoções feitas por empresas e grandes lojas, liberação por parte do governo de vantagem financeira como FGTS, 13º salário, PIS ou até a situação que envolvam calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas para enganar as pessoas. Infelizmente com a pandemia do Coronavírus, não tem sido diferente.

O golpe avisa que o plano sem miséria do Governo Federal em parceria com entidades filantrópicas, estariam oferecendo 500 mil cestas básicas, bastando paras isso que a pessoa faça um cadastro simples com as seguintes informações:

SELECIONE SEU ESTADO
SELECIONE SUA CIDADE
NOME COMPLETO

Para dar veracidade a mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já ganharam as cestas básicas e atrela a atual logomarca do governo federal para dar mais credibilidade ao golpe. A vítima ainda é incentivada também a compartilhar o link malicioso com todos os seus amigos e contatos do WhatsApp, espalhando a fraude e tornando as pessoas de seus contatos vítimas em potencial de possíveis outros golpes orquestrados pela quadrilha. O problema é que ao clicar em avançar surge uma barra de preenchimento que se for finalizada, o celular ou computador das pessoas são infectados com programas maliciosos que vão desde capturar informações pessoais como fotos, vídeos, mensagens e senhas até bloquear criptografando o telefone ou computador só liberando se a vítima fizer transferência em dinheiro através de bitcoins (moeda virtual que dificilmente é rastreada).

Os bandidos também podem clonar o WhatsApp das vítimas, abrir contas correntes em bancos virtuais ou físicos onde terá acesso a cartão de crédito, cheque especial, poderá abrir empresas fantasmas e fazer compras pela internet tudo em nome de terceiros. E quando as vítimas se dão conta são surpreendidas com contas em seu nome que não fizeram e dívidas que não contraíram. A boa notícia é que a maioria dos links que foi utilizado para aplicação dos golpes já foram bloqueados.*

COMO SE PROTEGER:

  1. Ao receber uma mensagem deste tipo, desconfie sempre antes de clicar nos links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais.
  2. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes.
  3. Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: agendamentos liberados até hoje, último dia para o saque, urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não averiguem a veracidade do conteúdo nas páginas e órgãos oficiais.
  4. Nenhum órgão do governo federal se comunica solicitando dados e informações dos seus beneficiários ou servidores através de links via WhatsApp;
  5. Certifique-se no site oficial da empresa ou governamental sobre a veracidade do que está sendo oferecido, principalmente quando se tratar de supostas promoções, ofertas de dinheiro, brindes, descontos ou até promessas de emprego. Nesse caso, o governo federal já esclareceu e alertou que são falsas as informações do link acerca da distribuição de 500 mil cestas básicas
  6. Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados financeiros ou pessoais através de links enviados pelo WhatsApp, tais como: senha de bancos, cartão de crédito e do benefício do INSS dentre outros.
  7. Não acesse nenhum site que se diga do governo federal, sem constar as terminações .gov.br
  8. Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes.
  9. Links que levem direito ao cadastro tem que haver o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;
  10. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial, bandidos podem se aproveitar dessa situação para se passar agentes de saúde e realizar assaltos.
  11. Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;
  12. Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados

VIGILANTE É ASSASSINADO DENTRO DE CASA EM SANTA CRUZ

quarta-feira, 06 de maio de 2020

Um vigilante de 42 anos foi assassinado na tarde desta terça-feira (5), na cidade de Santa Cruz, no Sertão de Pernambuco.

Felipe Torres, estava em casa, quando um elemento que havia bebido com ele invadiu o local e desferiu vários golpes de faca, Felipe não resistiu e morreu no local.

O assassino foi identificado como sendo Givanildo da Silva, ele está foragido e sendo procurado pela polícia.

O corpo do segurança foi recolhido para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

POLÍCIA FEDERAL ERRADICA 57 MIL PÉS DE MACONHA E EVITA A PRODUÇÃO DE 19 TONELADAS DA DROGA NO SERTÃO DE PE

quarta-feira, 06 de maio de 2020

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação Muçambê II, contou com um efetivo de mais de 20 policiais entre federais, civis e militares, além do apoio do corpo de bombeiros. Os policiais trabalharam com incursões terrestres e fluviais, com o emprego de botes infláveis.

Desta vez foi concluída mais uma das fases da operação de erradicação e destruição dos plantios de maconha no Sertão Pernambucano nos dias compreendidos de 27 de abril a 04 de maio de 2020 (08 dias), onde conseguiu-se erradicar e destruir cerca de 57 mil pés de maconha e apreender 88 kg da droga pronta para consumo. Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco, na Região de Orocó/PE e Belém do São Francisco/PE.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

CASO OS 57 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS, PRENSADOS E COLOCADOS NO MERCADO CONSUMIDOR DARIA PARA SE FAZER 19 TONELADAS DE MACONHA! Assim com essas operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, porque geralmente essas ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

* Muçambê é um pequeno arbusto da família das Caparidáceas provido de espinhos nos pecíolos das folhas, ocorrendo nas caatingas dos estados do nordeste.