HOMEM QUE EFETUAVA DISPAROS DE ESPINGARDA FICA FERIDO APÓS ARMA ESTOURAR NA MÃO DELE

terça-feira, 05 de fevereiro de 2019

Elemento é temido nas cidades de Saloá e Terezinha

Um homem ficou ferido na manhã desta segunda-feira (4), após uma espingarda que ele usava para efetuar disparos e ameaçar familiares estourar na mão dele.

O fato aconteceu no Sítio Lagoa da Pedra, região pertencente ao município de Terezinha já na divisa com Saloá, Abraão Curvelo, de 35 anos, foi socorrido para o hospital de Saloá e transferido para o Regional do Agreste em Caruaru, a Polícia Militar realizou buscas na casa dele e encontrou facões, uma garrucha e a espingarda que estourou em sua mão.

Familiares disseram que  Abraão é um indivíduo violento, quando receber alta do hospital ele deve ser levado para delegacia onde serão tomadas as medidas cabíveis.

DELEGACIA DE SALOÁ APREENDE MAIS ARMAS DE FOGO NA ZONA RURAL

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Várias prisões e apreensões de armas de fogo foram realizadas nos últimos dias pela Delegacia de Saloá, sob comando do Delegado Alysson Câmara

No final da tarde desta quarta-feira (30), a equipe da referida delegacia dando continuidade ao combate à criminalidade e redução da violência no município, deflagrou novas diligências para apurar as constantes denúncias de crimes na região, resultando na prisão de mais dois indivíduos, ambos flagrados na posse de armas de fogo.

Ainda segundo a Polícia Civil, as prisões ocorreram no Sítio Baixa da Telha, zona rural de Saloá, onde o primeiro a ser detido foi Genésio Santos, 69 anos, agricultor, flagrado na posse de uma espingarda de fabricação artesanal do tipo soca-soca, apreendida na sua residência. Já o segundo a ser preso foi José Cláudio de Almeida, 39 anos, também agricultor, detido na posse de uma espingarda de fabricação artesanal do tipo soca-soca em sua residência, além de apetrechos para recarga.

Ambos alegaram possuírem as armas há vários anos para sua defesa pessoal e de seu patrimônio, bem como para caça de pequenos animais silvestres, segundo a polícia.

Os presos foram encaminhados à delegacia local, onde foram autuados em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, razão pela qual foi arbitrada fiança no valor de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais) para cada um, valores que foram pagos e os mesmos responderão ao processo em liberdade.

EM SALOÁ, POLÍCIA CIVIL APREENDE VÁRIAS ARMAS DE FOGO DURANTE OPERAÇÃO

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Na tarde de quarta-feira (30/1), policiais civis da Delegacia de Saloá, sob o comando do Delegado Alysson Câmara, em razão das recorrentes operações visando combater a pratica reiterada de crimes na cidade, a Delegacia vem recebendo inúmeras denúncias acerca de crimes de posse/porte ilícitos de armas de fogo, segundo a Polícia Civil.

De acordo com a polícia, uma das denúncias resultou na prisão em flagrante de Antônio Araújo, 70 anos, agricultor, proprietário de um bar no Sitio Catimbau, zona rural de Saloá, o qual foi  flagrado na posse de 5 armas de fogo, sendo duas espingardas do tipo soca-soca, uma espingarda do tipo bacamarte, uma espingarda cal. 28 e um revólver cal. 22, além de 10 munições, sendo quatro cal. 28 e seis no cal. 22.

A Polícia Civil informou ainda que ao ser indagado sobre a origem das armas de fogo, o autuado “Beio” confirmou que todas lhe pertencem e que ele teria herdado algumas e comprado outras, isto há mais de 20 anos para utiliza-las em caças, não chegando sequer a utilizar o revólver.

Após receber voz de prisão, o autuado foi encaminhado à Delegacia local, onde foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo – crime afiançável, razão pela qual foi arbitrada, sendo pago um valor de mil reais, e irá responder ao processo em liberdade.

DELEGACIA DE SALOÁ PRENDE DONO DE “RINHA DE GALO” NA ZONA RURAL

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Policiais civis da Delegacia de Saloá, sob o comando do Delegado Alysson Câmara, em razão de denúncias recebidas anonimamente via telefone, deflagraram operação visando coibir a prática da denominada “rinha de galo”, no município.

Na manhã desta quarta-feira (30), a equipe policial foi até o Sítio Cavaco, zona rural de Saloá, na residência do suspeito Edmilson Figueiredo Bezerra, 45 anos, agricultor, onde havia uma arena para a prática de “rinha de galos”, bem como 34 aves combatentes em precárias condições, distribuídos em gaiolas ao redor da arena.

Ainda segundo a Polícia Civil, o proprietário Edmilson Figueiredo confirmou que naquele lugar funcionava uma rinha de apostas para disputas entre os populares “galos de briga”, os quais também eram criados e reproduzidos para competições e revenda.

O delegado Alysson informou que uma vez constatada as precárias condições em que se encontravam as aves, foi dada voz de prisão ao proprietário pelo crime ambiental de maus-tratos a animais (Art. 32, Lei Federal n. 9.605/95), o qual assinou termo de compromisso, ficando na condição de fiel depositário das aves e responderá a processo criminal perante a Vara da Comarca de Saloá/PE.

MULHER É FLAGRADA TENTANDO ENTRAR COM CELULAR NA CADEIA DE SALOÁ

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Aparelho seria entregue ao companheiro

Uma mulher foi presa na manhã desta quarta-feira (30), quando ia visitar o companheiro na Cadeia Pública de Saloá, no Agreste pernambucano.

Geiciene da Silva Santos, tentava entrar no estabelecimento prisional com um aparelho celular, o aparelho foi localizado com ela durante revista, a mulher revelou que entregaria durante a visita ao companheiro identificado como José Fernando de Oliveira.

Ela foi levada para delegacia onde foram adotadas as medidas cabíveis.

APÓS DENÚNCIA: DELEGACIA DE SALOÁ REALIZA OPERAÇÃO, PRENDE HOMENS E APREENDE ARMAS E MUNIÇÕES

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Na tarde desta quinta-feira (24), policiais civis da Delegacia de Saloá, sob o comando do Delegado Alysson Câmara, em razão de denúncias recebidas anonimamente via telefone, deflagraram operação visando coibir a posse ilícita de armas de fogo no município, zona rural, deslocando-se primeiramente para residência de Gilvan Ferreira da Silva, “Gilvan gato”, local onde foram encontradas quatro armas de fogo, sendo duas espingardas de fabricação caseira, tipo “soca-soca”, sendo uma tipo “bacamarte”, e mais duas espingardas industriais calibre 28, além de onze cartuchos intactos calibre 28, seis cartuchos intactos calibre 38, uma munição calibre 32, duas munições calibre 32 e 16 cartuchos deflagrados calibre 28.

Ao ser indagado sobre a origem das armas de fogo, o autuado “Gilvan gato” confirmou que todas eram dele e que ele teria comprado há muito tempo e que só tinha a posse delas para atirar em bichos que entravam na sua propriedade. Ato continuo, foi dada voz de prisão ao mesmo e conduzido até a delegacia de Saloá para a lavratura do procedimento juntamente com as citadas armas apreendidas.

Na sequência, os policiais se deslocaram para residência do segundo denunciado, identificado como Antônio Ferreira da Silva, para averiguar tal situação, onde foram recebidos pelo próprio autuado, o qual após ser advertido da denúncia contra si, foi logo admitindo que possuía apenas uma arma velha, uma espingarda tipo “soca-soca”, os policiais realizaram uma busca pela casa, onde foram encontradas três espingardas do tipo soca-soca, um revólver calibre 38, além de dez munições calibre 38, quatro munições pinadas calibre 38, duas  munições pinadas calibre 22, dezoito cartuchos deflagrados calibre 38 e quatro cartuchos deflagrados calibre 22.

Antônio Ferreira, confirmou que todas as armas de fogo eram dele e que ele teria comprado há muito tempo, ele recebeu voz e foi conduzido até a delegacia para a lavratura do procedimento.

Os presos foram autuados em flagrante e liberados após pagamento de fiança.

POLÍCIA PROCURA ELEMENTO QUE ASSALTOU FARMÁCIA EM SALOÁ

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Um assalto foi registrado a uma farmácia na noite desta quarta-feira (23), na Praça São Vicente, em Saloá, no Agreste de Pernambuco.

Câmeras de segurança registraram a ação do assaltante que conseguiu levar uma quantia em dinheiro, a Polícia Militar foi informada do assalto, realizou diligências mais não localizou o meliante, qualquer informação que leve a polí cia a localizá-lo, deve ser informada a Polícia Militar através do 190 ou Delegacia de Saloá no telefone (87) 3787-1900.

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO PARA PRENDER AUTOR DE HOMICÍDIO EM SALOÁ

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Durante as diligências pai e filho foram presos por posse de armas e o autor do homicídio é considerado foragido

Na madrugada desta quarta-feira (23), policiais civis da Delegacia de Saloá, sob o comando do Delegado Alysson Câmara, contando com o apoio do efetivo do GATI-9º BPM e 3º CIA-Águas Belas e das Delegacias de Paranatama, Iati, Águas Belas e 1ª Delegacia de Garanhuns, deflagraram operação de intervenção tática “Triângulo das Bermudas” (em alusão ao triângulo amoroso existente entre a vítima, autor e uma jovem), objetivando dar cumprimento à mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pelo Juízo de Direito da Comarca de Saloá, efetuando diligências na cidade de Águas Belas e zona rural de Saloá, onde no Sítio Baixa da Telha, foram encontradas e apreendidas três armas de fogo do tipo soca-soca, resultando na prisão dos agricultores Rosildo Alves da Silva, vulgo Peba, de 49 anos, e Roseildo Alves da Silva, de 26 anos, sendo eles pai e filho, ambos autuados em flagrante pelo crime de posse irregular de armas de fogo, pagaram fiança e responderão aos processos em liberdade.

A operação deflagrada também visava dar cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo de Direito da Comarca de Saloá em desfavor de Ernandes Pereira da Silva, vulgo Nando, o qual é considerado foragido, após haver cometido crime de homicídio de Eguinaldo de Melo Santos, vulgo guina, executado covardemente a tiros, crime praticado no dia 28/11/2018, na cidade de Saloá.

 

RELEMBRE O CASO

 

Quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Um homem foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (28), na Cohab Nova, em Saloá, no Agreste de Pernambuco.A vítima Eguinaldo de Melo Santos, de 37 anos, estava dentro de um veículo acompanhado de uma mulher com quem estava mantendo um relacionamento amoroso, quando apareceu o ex-companheiro dela identificado como Ernandes Pereira da Silva, armado com um revólver mandou eles desembarcarem do veículo, a vítima não atendeu e foi alvejada por três disparos, sendo dois na altura do peito e um no abdômen.

A mulher disse a polícia que o criminoso que ainda não foi preso, já havia ameaçado matar ela caso continuasse com o namoro, o local do crime passou por pericia realizada pelo Instituto de Criminalística (IC) e o corpo encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, o caso será investigado pela Delegacia de Saloá.

PM PERSEGUE ELEMENTOS E RECUPERA MOTO ROUBADA EM SALOÁ

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Dois elementos conseguiram fugir de uma perseguição da Polícia Militar na tarde desta terça-feira (22), na zona rural do município de Saloá, no Agreste de Pernambuco.

A PM informou que realizava rondas no Sítio Catimbau do Meio, quando avistou os elementos em uma motocicleta, eles desobedeceram a ordem de parada, empreenderam fuga em alta velocidade, abandonaram a moto que estava sem placa e fugiram entrando no mato.

Com a numeração do chassi foi realizada consulta com apoio da PRF e descoberto que a moto Honda CG 125, vermelha, placa BRU-1390, era roubada, ela foi levada para delegacia do município para serem adotadas as medidas cabíveis.

PM APREENDE CELULARES E MAQUINA DE FAZER CIGARROS NA CADEIA DE SALOÁ

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Uma revista foi realizada pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira (22), na Cadeia Pública do município de Saloá, no Agreste de Pernambuco.

Cinco aparelhos celulares, três chips, seis carregadores e uma maquina de fazer cigarros foram encontrados dentro das celas. Atualmente a cadeia de Saloá assim como as das cidades da região estão com superlotação após a desativação da cadeia de Garanhuns que passa por uma infinita reforma após uma rebelião que ocorreu em 2015.

Todos os materiais apreendidos foram entregues ao comandante da guarda que adotou as medidas cabíveis.