quarta-feira, 25 de março de 2020

Objetivo é diminuir o fluxo de pessoas na unidade hospitalar

Considerando a atual pandemia de Covid-19, o protocolo do Ministério da Saúde e medidas tomadas pelo Governador Paulo Câmara para combate ao Coronavírus, a direção do Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, baseando-se no plano de contingenciamento da Secretaria Estadual de Saúde, decidiu por medidas restritivas na unidade de saúde, válidas desde a última sexta-feira (20), conforme elencadas abaixo:

1) Suspender as visitas da Unidade, com exceção das visitas da UTI (restringindo a 01 visitante por paciente, com tempo máximo de visita de 20 minutos); 

2) A troca de acompanhante deverá ser realizada na área externa da unidade; 

3) Suspensão de estágios e aulas práticas (1º, 2º e 3º semestre letivo). Os estágios de cursos em enfermagem do último semestre estão mantidos. 

4) Suspensão das atividades de visitas técnicas, aulas práticas, estágios de cursos técnicos, ligas acadêmicas, projetos de extensão e estágios curriculares não obrigatórios; 

5) Suspensão dos serviços ambulatoriais: centro de saúde, Rede Feminina, Fisioterapia e Saúde do idoso. 

6) Suspensão do serviço de brinquedoteca; 

7) Suspensão de cirurgias eletivas; 

8) No atendimento de urgência e emergência só será permitido 01 acompanhamento ao paciente nos respectivos casos: sendo menor de idade, maior de 60 anos, portador de necessidades especiais, em condicionamento de avaliação de casos especiais. 

Segundo a diretoria geral do HRDM, Catarina Tenório, faz-se necessário, neste momento, que a população compreenda que estas resoluções visam priorizar a saúde de todos. “As medidas buscam diminuir a quantidade de pessoas no ambiente hospitalar mais propício a infecções virais, e neste caso específico, o Coronavírus”, explica a gestora. 

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

prof marcio

prof marcio

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)