sexta-feira, 03 de julho de 2020

A prisão do elemento faz parte de uma serie de investigações que vem sendo realizada pela Polícia Civil de Bom Conselho, no Agreste de Pernambuco, que também obtém apoio da Polícia Militar. Outras prisões foram realizadas recentemente na cidade, o que desencadeou mais esta prisão, segundo a delegacia local.

PC e PM - PE

O preso foi identificado como Bruno Alves Vieira, de 24 anos, que residia na cidade de Palmeira dos Índios, no estado de Alagoas, e é tido como elemento de alta periculosidade, devido aos inúmeros crimes já praticados e outros que ainda são investigados. Ele tinha mandado de prisão expedido pela 4ª Vara de Palmeira dos Índios/AL referente ao assassinato de um vigilante, crime cometido em 07/11/2018. O mandado de prisão do criminoso tinha validade até 11/2020, mas devido ao empenho das equipes policiais de Pernambuco o assassino pôde ser preso dentro do prazo estipulado pela justiça alagoana.

Ainda segundo a PC, a cerca de um mês a Polícia Militar junto com a delegacia conseguiram obter as primeiras informações a respeito do paradeiro do elemento, estas apontavam que Bruno Alves vivia escondido no mato, na zona rural de Bom Conselho, pois temia ser preso a qualquer momento devido ao assassinato cometido naquele estado. Então, durante a madrugada dessa quinta-feira (2), foi montada uma operação desencadeada pela Polícia Militar (2ªCIA,) e delegacia local , sendo assim, obtido êxito na prisão do criminoso.

Na delegacia, o preso confessou aos policiais a prática do homicídio que vitimou o vigilante, como também outros crimes já quando homiziava em Pernambuco.

Veja outra prisão referente a mesma investigação, AQUI!

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)