terça-feira, 05 de novembro de 2019

Para evitar fiscalização motorista se identificou como aluno do curso de formação da Polícia Militar

Um homem, de 30 anos, foi preso com uma motocicleta clonada e documento falsificado, pela Polícia Rodoviária Federal nesta segunda-feira (04), na BR 232, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) estava vencida desde 2017 e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) adulterado.

O flagrante aconteceu no quilômetro 277 da rodovia, durante uma fiscalização. Ao abordar uma motocicleta, o condutor logo se identificou como sendo aluno aprovado no concurso de formação da Polícia Militar de Pernambuco e que estava atrasado para  poder se apresentar para as aulas com o intuito de se esquivar a fiscalização.

Após consultas aos sistemas da PRF, verificou-se que o licenciamento estava atrasado, tendo o condutor alegado que não pagou o imposto, devido a gastos com as etapas do concurso. Afirmou ainda, que possui a motocicleta há dois anos e por ela pagou a quantia de R$ 10.000,00.

O motorista apresentou um certo nervosismo, chamando a atenção dos policias rodoviários federais, que optaram por realizar uma vistoria mais detalhada na moto. Após identificação veicular, constatou-se que se tratava de um veículo clonado e que o CRLV apresentado estava adulterado. Constava como se o veículo estivesse licenciado pelo estado de Minas Gerais, mas, na verdade, seu registrado pertence ao município de Buriti Alegre, no estado de Goiás.

O homem foi detido e encaminhado junto com a motocicleta para a Delegacia de Polícia Civil de Sertânia que irá investigar o caso.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

renato-curvelo-2021

renato-curvelo-2021

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)