quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Na manhã desta quinta-feira (10), Policiais Civis da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns com o apoio de Policiais da 8ª DENARC , deram cumprimento ao mandado de busca expedido pela 1ª Vara Criminal de Garanhuns, em uma residência localizada na Rua Wilson Urquisa, bairro Magano.

As investigações apontaram que o endereço estava sendo utilizado por integrantes de uma Organização Criminosa voltada ao tráfico de drogas na cidade. Segundo apurado, essa Organização seria responsável por uma série de homicídios ocorridos em Garanhuns, motivados por disputa do controle de tráfico de drogas na cidade.  Após realizar buscas no local, foram encontradas cerca de 140 gramas de maconha, balança de precisão, munição calibre 380, bem como dinheiro em espécie proveniente do comércio de entorpecentes.

Na residência foram presos Valmir Jose da Silva, de 22 anos e apreendido um adolescente de 17 anos. As investigações apontam que eles são os autores do duplo homicídio ocorrido no dia 01/10/2019 em que foram alvejadas cinco pessoas, tendo duas delas entrado em óbito no local do crime.

A dupla foi conduzida até a 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, onde foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munição. Valmir José foi autuado ainda pelo crime de corrupção de menor.

RELEMBRE O CASO

DUAS PESSOAS SÃO EXECUTADAS E TRÊS BALEADAS NO BAIRRO INDIANO, EM GARANHUNS

Um duplo homicídio e uma tripla tentativa foram registradas na madrugada desta quarta-feira (2), na 1ª Travessa Monte Sinai, no bairro Indiano, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

As vítimas estavam bebendo em um pequeno imóvel de dois cômodos que fica por trás de uma residência, quando bateram no portão, uma das mulheres foi atender e acabou sendo rendida por três elementos armados que estavam em um carro de cor escura.

De acordo com informações, o elemento que era o motorista permaneceu no volante enquanto os outros invadiram o local efetuando vários disparos de arma de fogo,  Juliana Larissa Barros, de 22 anos e Reginaldo Paulino Neto de Arruda, de 20 anos, foram executados, as outras vítimas baleadas são três mulheres de 14, 22 e 27 anos, duas delas ficaram no Hospital Regional Dom Moura e outra foi encaminhada para o Hospital da Restauração.

Durante a perícia realizada pelo Instituto de Criminalística, foram observadas cerca de oito perfurações no corpo de Reginaldo, Juliana foi executada com um tiro na nuca.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, o caso será investigado pela 22ª Delegacia de Homicídios.

Postado Por: Paulo Fernando


Isso pode te interessar também

CONTADORA

CONTADORA

CURVELO

CURVELO

ANUNCIE-2021

ANUNCIE-2021
.
.