sexta-feira, 05 de abril de 2019

Nota fiscal apresentava um roteiro falso; excesso era de 15 toneladas de mercadoria

Um caminhão que transportava 52 toneladas de milho foi retido por excesso de peso e sonegação fiscal, na quinta-feira (04), em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. O flagrante foi realizado durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR 424.

Durante a abordagem ao veículo no quilômetro 92 da rodovia, foi verificado que  parte da carga não possuía o documento fiscal e havia 15,2 toneladas de excesso de peso no caminhão.

Além disso, o roteiro informado na Nota Fiscal era falso, pois indicava um trajeto de Unaí, em Minas Gerais, a Campina Grande, na Paraíba, mas o veículo havia saído de Barreiras, na Bahia, em direção a Correntes, em Pernambuco. Esse artifício é utilizado para evitar os impostos estaduais ou reduzir a alíquota a ser cobrada.

O veículo foi removido ao pátio e a ocorrência foi encaminhada à Secretaria da Fazenda de Caruaru, para as medidas cabíveis.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

renato-curvelo-2021

renato-curvelo-2021

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)