sexta-feira, 16 de novembro de 2018

A notícia do fim da colaboração dos médicos cubanos no Programa Mais Médicos foi recebida com tristeza pelo ex-prefeito de Águas Belas, Genivaldo Menezes. Durante a gestão do político, entre 2009 e 2016, a participação dos profissionais estrangeiros foi primordial em diversos momentos e possibilitou o atendimento de saúde a cidadãos da cidade e da zona rural.

“Sou muito grato a esses profissionais tão comprometidos e competentes que vieram para o Brasil cumprir a missão de atender pessoas no Norte, no Nordeste, nas cidades grandes e pequenas, periferias, acampamentos do Sem Terra, assentamento, aldeias indígenas, quilombolas, toda a comunidade rural. Esse foi o único momento que o povo brasileiro teve, de verdade, um atendimento médico decente oferecido pelo Governo Federal. Quero agradecer pela revolução na saúde em Águas Belas com a valiosa ajuda deles”, declarou. Genivaldo ressaltou que os médicos cubanos foram essenciais durante o enfrentamento a Chikungunya e Zika, na época em que era prefeito. “Foi um momento muito difícil, no qual poderíamos ter perdido muitas vidas, se não fosse por eles. Espero que os médicos brasileiros continuem essa missão do Programa com o mesmo carinho e compromisso que a nação cubana teve com o nosso povo”, finalizou.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

arroz 10 03 2021

arroz 10 03 2021

CONTADORA

CONTADORA

procura assassinos

procura assassinos

CURVELO

CURVELO

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)