quarta-feira, 27 de junho de 2018

Grupo técnico foi realizado nesta terça feira (26), com a presença de profissionais das Unidades Básicas de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos setores de Vigilância em Saúde e Vigilância Epidemiológica, realizou nesta terça-feira (26), na sede da Faculdade de Comunicação, Tecnologia e Turismo de Olinda (Facottur) — Polo Garanhuns, uma oficina de discussão sobre óbito infantil e fetal, com a participação de 39 profissionais médicos e de enfermagem que integram as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município.

O momento foi ministrado pela coordenadora municipal de Vigilância Epidemiológica, Maria Edilza Silva das Merces, e buscou avaliar as circunstâncias de ocorrências dos óbitos infantis e fetais em Garanhuns; no intuito de promover melhorias de qualidade à saúde, para assim reduzir casos do tipo.

Os encontros do grupo técnico de discussão  servem como uma organismo de atuação intersetorial da pasta, permitindo avaliar também a qualidade no atendimento prestado às gestantes, ao parto e a criança no primeiro ano de vida. “Assim podemos subsidiar políticas públicas e ações de intervenção usando técnicas para prevenção desses fatores”, afirmou Edilza.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)