quinta-feira, 21 de junho de 2018

Duas mulheres que aplicavam golpes em várias cidades do Agreste pernambucano, foram presas em uma operação realizada pelo Núcleo de Inteligências do Agreste, Agentes da 2ª Delegacia de Garanhuns e Malhas da Lei.

As prisões foram realizadas no município de Lajedo onde elas residem, Mikelly Raphaela Aparecida de Melo da Silva Morais, de 32 anos e Mirele Ferreira de Sales, de 29 anos, na semana passada conseguiram enganar a vendedora de uma loja de confecções em Garanhuns e levaram mais de R$ 6,000,00 reais em mercadorias. Segundo à polícia, elas disseram a vendedora que eram amigas da dona da loja.

Em Canhotinho, usando nomes falsos, elas conseguiram comprar quase R$ 2,000,00 reais em mercadorias. Com o registro dos Boletins de Ocorrência (BO), os casos começaram a ser investigados e na tarde desta quarta-feira (20) a polícia chegou até elas e conseguiu recuperar parte das mercadorias.

Outras duas mulheres atuavam na venda das confecções, inclusive divulgando nas redes sociais. Elas foram levadas para a delegacia e identificadas como, Maria Katia da Silva Santos, de 28 anos e Jailma da Conceição Silva, de 25 anos. Em seguidas foram levadas para o plantão da 18ª Delegacia Seccional em Garanhuns, onde após as ouvidas apenas Mikelly Raphaela ficou presa, contra ela existiam dois mandados de prisão, as confecções ficaram apreendidas na delegacia.

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

JAILSON-AVIAMENTO-ABRIL-2019-AV

CONTADORA

CONTADORA

banner anuncie (2)

banner anuncie (2)