PARA AGRADECER ELEIÇÃO, FERNANDO RODOLFO VAI AO SERTÃO E À CIDADE ONDE TEVE SÓ UM VOTO

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

O deputado federal eleito Fernando Rodolfo (PHS) está concluindo uma jornada de quase mil quilômetros pelo sertão de Pernambuco para agradecer pessoalmente sua votação e, numa atitude inédita, incluiu no périplo cidades onde teve um único voto, como Solidão, e três votos, como Tabira. “O parlamentar tem de estar onde o eleitor está, mesmo que tenha sido apenas um”, justificou ele, parafraseando a canção de Milton Nascimento.

Eleito com votação maciça em Caruaru e Garanhuns, no Agreste, Fernando Rodolfo está visitando o sertão para colocar seu futuro gabinete na Câmara à disposição das demandas dos prefeitos e vereadores, como fez com o prefeito Djalma Alves (foto), de Solidão, apesar do município ter lhe dado somente um voto. Em Tabira, que lhe conferiu apenas três votos, o deputado federal eleito se reuniu com o prefeito Sebastião Dias e seu secretariado. “Serei um parlamentar de Pernambuco inteiro”, sublinhou.

Fernando Rodolfo esteve também em Afogados da Ingazeira, onde teve 13 votos, e em Serra Talhada e Arcoverde. “Foram visitas altamente proveitosas, não só pelo dever de agradecer a confiança em mim depositada, mesmo que tenha vindo de poucos eleitores, como por conhecer, in loco e pessoalmente, as principais necessidades dos prefeitos, que passam por carências de infra-estrutura e de abastecimento de água”, relatou.

GARANHUNS TERÁ QUE SUSPENDER PREGÃO ELETRÔNICO DE QUASE 11 MILHÕES POR DETERMINAÇÃO DO TCE

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Uma Medida Cautelar, expedida monocraticamente pelo conselheiro Dirceu Rodolfo nessa quarta-feira (09), determinou ao prefeito do município de Garanhuns, Izaías Régis, a suspensão, até segunda ordem, do Pregão Eletrônico nº 060/2018 que tem por objeto o registro de preços para aquisição de materiais de construção.

A abertura do Pregão, cujo valor previsto é de R$ 10.960.731,38, estava prevista para esta quinta-feira (10).

A suspensão do Pregão foi sugerida ao conselheiro Dirceu Rodolfo, relator das contas do município, pela equipe de auditores da Inspetoria de Arcoverde, após irregularidades encontradas no edital.

De acordo com os técnicos, o valor licitado está muito acima do que foi gasto nos últimos cinco anos pela prefeitura, conforme informações disponíveis no Portal Tome Conta do TCE. Há uma diferença, para mais, de 428,31% em relação a 2013, de 762,20% em relação a 2014, de 535,97% em relação a 2015, de 228,92% em relação a 2016, de 240,36% em relação a 2017 e de 240,36% em relação a 2017.

Os técnicos afirmam também que no exercício financeiro de 2018 foi empenhado, apenas para a empresa MM Rodrigues Fraga Material de Construção ME, o valor de R$ 4.720.273,02, apesar de esta empresa estar sendo fiscalizada pelo TCE (processo nº 1856205-0) por suposto fornecimento de notas fiscais frias, referentes ao mesmo objeto, no montante de R$ 16.043.355,39, consoante denúncia feita ao TCE.

DEFESA – Notificado para dar explicações sobre o caso, o controlador geral do município, Glauco Brasileiro de Lima, não apresentou à Inspetoria nenhum “documento razoável” para comprovar a necessidade do valor licitado e explicar a disparidade existente em relação aos exercícios anteriores.

O conselheiro Dirceu Rodolfo, por sua vez, aceitou as considerações técnicas da Inspetoria dizendo que a continuidade do certame sem um exame mais aprofundado dos fatos poderia causar dano ao erário. Ele concedeu cinco dias de prazo ao prefeito para apresentação de defesa e determinou a instauração de uma Auditoria Especial para o aprofundamento das investigações.

(Com informações do TCE)

DELEGADO ERIC COSTA DIVULGA BALANÇO DAS AÇÕES DA DELEGACIA DE HOMICÍDIOS EM 2018

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

A 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, por intermédio do Delegado Eric Costa Candido, divulgou na manhã desta sexta-feira (11), o balanço geral do trabalho desenvolvido e números referentes ao ano de 2018, no que se refere aos Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLI.

No ano de 2018 foram 38 CVLI(s) consumados, enquanto no mesmo período de 2017 foram um total de 62 crimes. Com 24 CVLI(s) a menos, houve uma redução de cerca de 40% (quarenta por cento) nos números de crimes contra a vida na cidade.

A taxa de resolução, crimes em que os autores são identificados e os Inquéritos Policiais são enviados ao poder judiciário para que sejam julgados, foi de 71% enquanto no mesmo período do ano de 2017, o índice foi de 50%.

No mês de dezembro de 2018 ocorreram dois homicídios na cidade de Garanhuns, sendo o último as 22:30 horas do dia 31/12/2018. Ambos os crimes tiveram seus autores identificados.

No ano de 2019 segundo o delegado ainda não ocorreu CVLI na cidade de Garanhuns.

Em 2018, foram expedidos pelo poder judiciário 37 mandados de prisões em decorrência de investigações realizadas pela 22ª Delegacia de Homicídios. Foram cumpridos ao todo 31 mandados de prisão e realizadas 28 prisões em flagrante.

No que se refere as apreensões de armas e drogas, em 2018 a Delegacia de Homicídios apreendeu 16 armas de fogo, sendo uma delas, um Fuzil 556, de fabricação americana. Foram ainda apreendidos cerca de 1kg de Crack, 13,8 Kg de maconha e 890,8 gramas de cocaína.

“Em 2019, os desafios continuam e trabalharemos para proporcionar uma sociedade mais tranquila, com paz social, fortalecendo a credibilidade do cidadão no trabalho da Polícia Civil, buscando cada vez mais reduzir os índices de criminalidade”. Pontua o delegado Eric Costa.

GRAU TÉCNICO DE GARANHUNS SELECIONA PRECEPTORES EM ENFERMAGEM

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

A unidade do Grau Técnico de Garanhuns está selecionando Enfermeiros, com experiência em Preceptoria, para realizar o acompanhamento dos estágios dos alunos da escola técnica. Para se candidatar, é necessário enviar os currículos para o e-mail enfgtgus@gmail.com até o dia 21 de janeiro. O preceptor deverá ter formação Superior completa em Enfermagem.

Os selecionados têm como responsabilidade conduzir e supervisionar, por meio de orientação e acompanhamento, o desenvolvimento dos futuros Técnicos em Enfermagem formados pela instituição. O Grau Técnico oferece gratuitamente estágios para os alunos de acordo com regras pré-estabelecidas pela Coordenação Pedagógica, que seguem as orientações do Secretaria Estadual de Saúde. A recepção dos currículos para Preceptoria em Enfermagem é feita exclusivamente por e-mail.

Texto e foto: Edméa Ubirajara/GT

POLÍCIA FEDERAL ALERTA PARA MAIS UM GOLPE QUE ESTA SENDO APLICADO ATRAVÉS DE UM ANUNCIO QUE OFERECE MATERIAL ESCOLAR DE GRAÇA PELO WHATSAPP E FACEBOOK MESSENGER

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Mais um golpe está começando a ganhar visibilidade nas redes sociais – desta vez a estratégia para enganar as pessoas promete material escolar gratuito, através do compartilhamento de mensagens instantâneas. Até agora mais de 560 mil brasileiros já foram enganados. Os bandidos estão se aproveitando da alta procura por itens de material escolar nos primeiros dias do ano para iludir suas vítimas oferecendo brindes. Os criminosos sempre procuram chamar a atenção para temas que atraiam o maior número possível de pessoas para clicar no link malicioso e assim, potencializar os ataques.

O golpe começa através de uma mensagem enviada pelo WhatsApp que está circulando desde o dia 03 de janeiro e promete, caso seja compartilhada com mais cinco amigos, amostras grátis de produtos de uma empresa especializada em material escolar (Faber-Castell). Após este procedimento, o usuário é redirecionado para uma página que requisita informações pessoais (número de telefones e documentos, e-mail, endereço) para que supostamente os produtos sejam entregues. A intenção é roubar dados a serem utilizados em golpes financeiros através de um vírus instalado no celular ou computador e também dar lucro ao golpista com downloads de programas e comerciais para os quais estão sendo direcionados. Uma novidade no golpe é que os falsários estão usando o aplicativo *Facebook Messenger para enviar as mensagens.*

COMO SE PROTEGER
1-Evite clicar em links suspeitos nos quais você não sabe a procedência;
2-Preste atenção em erros ortográficos do anúncio;
3-Faça uma consulta na internet sobre a informação para ver se não trata-se de um golpe;
4-Desconfie de promoções que parecem boas demais e dizem presentear usuários com brindes em troca de compartilhamento;
5-Se receber qualquer promoção em seu celular ou computador, vá até o site oficial da empresa e verifique se a oferta está mesmo sendo oferecida.

A empresa Faber-Castell já se manifestou através de nota informando que não está realizando nenhuma ação promocional via canais de terceiros. Além disso, a companhia esclareceu que quando realiza uma promoção, faz por meio de seus canais oficiais como sites e redes sociais.

Tal crime é previsto pela Lei Carolina Dieckmann (Lei 12.737-2012) por invasão de dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita, além do crime de estelionato previsto no artigo 171 do código penal – por obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento cujas penas variam de 1 ano de detenção a 5 anos de reclusão.

POLÍCIA CIVIL APREENDE DROGA E MUITO DINHEIRO NO BAIRRO JARDIM PETRÓPOLIS EM GARANHUNS/PE

quarta-feira, 09 de janeiro de 2019

Três pessoas foram presas em flagrante suspeitas de traficarem drogas

Policiais da 22ª Delegacia de Garanhuns em conjunto com a equipe do Denarc apreenderam droga e dinheiro numa residência no bairro do Jardim Petrópolis, em Garanhuns. Quatro pessoas, entre elas um adolescente, foram levados à delegacia suspeitas de envolvimento com o tráfico de droga.

Segundo a Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (9), foi recebido denúncias a respeito do tráfico de droga na Rua dos Palmares, no bairro do Jardim Petrópolis, como o local já era investigado, as equipes foram ao local com intuito de prender os traficantes da localidade.

A polícia informou que as equipes ao desembarcarem na rua, de fronte a casa de Sandra Dantas, principal alvos, foi abordado o Jhonata Júnior Dantas, flagrado momentos antes pelas equipes policiais vendendo droga. Em seguida, Sandra Dantas correu e jogou uma bolsa contendo dinheiro e pedras de crack, na casa vizinha, porém a ação foi flagrada pelos agentes.

Ainda segundo a PC, na casa de Sandra se encontrava sua filha Geismyre Dantas, que a princípio negou o endereço onde morava, mas os policiais foram na casa dela e apreenderam droga, embalagem utilizada para comercialização do entorpecente e dinheiro. Já com Jhonata, de 19 anos, foram apreendidos dinheiro e joias, correntes. Um adolescente suspeito de usar droga ainda foi levado a delegacia, sendo registrado um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC).

PRIMEIRA DELEGACIA DE GARANHUNS REALIZA OPERAÇÃO E APREENDE VÁRIOS VEÍCULOS ADULTERADOS NO MUNICÍPIO DE SÃO BENTO DO UNA/PE

quarta-feira, 09 de janeiro de 2019

A investigação iniciou-se após uma série de carros roubados em Garanhuns/PE

Policiais Civis da Primeira Delegacia de Garanhuns com apoio de agentes da 22ª Delegacia de Homicídios, Malhas da Lei e DENARC, também em conjunto com efetivo do GATI do 15º BPM, apreenderam vários veículos com sinais de adulteração em uma chácara na zona rural do município de São Bento do Una/PE.

De acordo com a Polícia Civil, vinha ocorrendo uma série de roubos e furtos na área da 1ª DP de Garanhuns, maioria deles no centro da cidade, e tinha como alvo veículos mais usados, sendo Fiat Uno uns dos alvos principais dos criminosos. Com isto, foi realizada uma intensa investigação para chegar até os responsáveis.

Ainda segundo a Polícia Civil, durante as investigações foi possível descobrir um dos principais suspeitos envolvidos diretamente nos roubos em Garanhuns. Sendo descoberto também que os veículos roubados estavam sendo levados para uma chácara em São Bento do Una/PE. Então, foi montada uma operação nesta segunda-feira (7) com intuito de desmontar a suposta quadrilha, porém com a chegada dos policiais ao local foi preso apenas um suspeito.

A Polícia Civil informou que na chácara foram encontrados 15 veículos de diversos Estados. Eles apresentavam adulteração nos sinais identificadores. Cerca de 44 placas de veículos estavam na casa, sendo 33 delas com queixa de roubo e furto, além de mais de 60 Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Na residência do suspeito, José Eliel de Souza Ferreira, também foram encontrados 87 cheques pré-datados e diversas notas promissórias com valor preliminar estimado em mais de meio milhão de reais.

A polícia ainda identificou crimes praticados contra a fauna brasileira, onde diversos animais silvestres se encontravam em cativeiro, como: jacaré, jabuti e macaco prego; totalizando 08 animais apreendidos.

O suspeito, assim como todo material apreendido, foi apresentado na delegacia de São Bento do Una para procedimento do flagrante.

MOTOQUEIROS ARMADOS PRATICAM ASSALTOS EM GARANHUNS/PE

terça-feira, 08 de janeiro de 2019

Transeuntes foram alvos dos bandidos que roubaram seus celulares

Na manhã desta segunda-feira (7), motoqueiros armados praticaram alguns assaltos a transeuntes na cidade de Garanhuns/PE.

No bairro do Jardim Petrópolis, proximidades do monumento do Columinho, um transeunte teve seu aparelho de celular roubado por dois elementos armados que utilizavam uma motocicleta na cor preta. Em seguida, no bairro da Massaranduba, ao lado de uma garagem de ônibus, mais uma pessoa teve seus pertences roubados.

Os assaltantes tinham as mesmas características dos que haviam praticado o roubo anterior e também utilizavam arma de fogo, mas a moto utilizada era na cor vermelha.

A Polícia Militar foi informada dos assaltos, viaturas passaram a realizar rondas em busca dos assaltantes, mas eles não foram encontrados.

FÁBIO MADRUGA CONCURSOS EM NOVO ENDEREÇO PARA MELHOR ATENDER

terça-feira, 08 de janeiro de 2019

A empresa Fábio Madruga Concursos atendendo a pedidos de sua clientela, inovou mais uma vez, com o novo endereço no coração de Garanhuns, viabilizando assim a acessibilidade de seus alunos.

Agora em local seguro, confortável e agradável. na principal avenida de Garanhuns, Avenida Rui Barbosa, 658, em cima do prédio Mano Construções, localizado em frente ao Banco do Brasil e ao lado do Garanhuns Palace Hotel.

MPPE APOIA A PROPOSTA DO MINISTRO SÉRGIO MORO COM O OBJETIVO DE TORNAR A JUSTIÇA MAIS CÉLERE E EFETIVA

terça-feira, 08 de janeiro de 2019

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), desde o último ano, trabalha para adotar medidas que tragam mais celeridade ao Sistema de Justiça brasileiro. Na esteira desse processo, o MPPE defende o Acordo de Não Persecução Penal como uma das principais ferramentas para garantir a celeridade na resolução dos casos penais em que as circunstâncias do fato não incluírem violência ou grave ameaça à vítima. A medida visa garantir celeridade à Justiça que irá priorizar sua atuação no julgamento de crimes graves e culminou, em dezembro de 2018, com a inauguração do primeiro Núcleo de Não Persecução Penal do País.

A iniciativa pernambucana, que tem como base a Resolução do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) n.º 181/2017, está em consonância com o que vem sendo defendido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública com o aperfeiçoamento dos mecanismos já existentes para que o réu e o Ministério Público façam um acordo para crime cometido por uma só pessoa, desde que confesse a autoria. “A proposta do ministro Sérgio Moro é o futuro do processo penal. Há mais de dois anos, já estamos estruturando o nosso Ministério Público para um novo modelo de justiça criminal que vai alinhar o consenso com a celeridade, efetividade e eficiência da Justiça. Com o nosso Núcleo de Não Persecução Penal, temos a possibilidade de fazermos até 3,5 mil acordos penais só no Recife, o que implicará na redução de pelo menos 4 mil audiências criminais na capital pernambucana”, disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

Ainda segundo Dirceu Barros, que é um dos coordenadores do livro “Acordo de Não Persecução Penal”, a iniciativa traz celeridade à Justiça e o que a sociedade mais deseja, atualmente, uma resposta rápida aos crimes cometidos. “O plea bargain, como é chamado o instrumento em língua inglesa, é adotado em diversos países. Nos Estados Unidos, por exemplo, 90% dos casos criminais são resolvidos por acordo. O Sistema Judicial Criminal, ao direcionar seus recursos e estrutura para combater os crimes graves, ganha agilidade, eficiência  e enfrenta a criminalidade com grande eficácia”, completa ele.

Para o procurador-geral, a chamada “justiça penal negociada” implica em uma mudança de mentalidade em todos operadores do direito (promotores, juízes, defensores públicos e advogados) que, hoje, seguem doutrinas elaboradas no século XVIII e que chegaram ao Brasil com o Código Penal e Código de Processo Penal, ambos na década de 40. “Estamos indo ao encontro da justiça criminal consensual trazendo à tona uma nova política criminal, que visa evitar o uso do processo penal tradicional, optando pela utilização de institutos negociais. O ordenamento jurídico brasileiro começou a adotar o instituto da Justiça penal consensual, como a transação penal, para delitos de pequeno potencial ofensivo, e colaboração premiada, para crimes graves que podem envolver organizações criminosas, o momento agora é da consolidação do acordo de não persecução”, asseverou.

Em caráter nacional, o Colégio Nacional de Procuradores-gerais (CNPG) apoia a ação, uma vez que ela não só reduz o número de atos judiciais que, muitas vezes, pune mais do que a própria pena, mas também dá uma nova roupagem às Centrais de Inquérito de todo o País. “Esse debate não pode ser mais adiado, o Sistema Criminal Brasileiro é lento, oneroso e arcaico. Já não atende aos anseios da sociedade moderna que exige uma resposta rápida aos criminosos que estão cada vez mais ousados e organizados. Não é possível combater a criminalidade com leis cuja a fórmula sempre será igual a incentivo ao cometimento de novos crimes”, disse Dirceu Barros.

Somente no último mês, o promotor de Justiça da Comarca Chã Grande, na Zona da Mata pernambucana, Gustavo Dias Kershaw, fechou oito acordos de não persecução penal em 100% dos casos possíveis, angariando, ainda, recursos para a Associação de Usuários, Familiares e Amigos da Saúde Mental de Chã Grande (AUFA). “Os casos em que fechamos os acordos, provavelmente, prescreveriam, pois são réus soltos e como não temos juiz na Comarca, não haveria a instrução processual, por exemplo. A partir da solução negociada, serão alocados recursos revertidos para instituição local de que cuida da educação de pessoas especiais e com déficit de aprendizagem, além de 160 horas de serviços gratuitos à comunidade. A prática do acordo de não persecução penal é comum em diversos países do mundo, representam o futuro do processo penal brasileiro, atendem aos interesses da sociedade e de uma justiça célere. O MPPE já era um entusiasta dessa prática e que agora está se tornando conhecida”, disse ele.

“A sociedade brasileira precisa saber que, quando os bandidos são soltos a culpa não é da Justiça e sim de leis fracas que impulsionam procedimentos que eternizam as lides e deixam os promotores, magistrados e delegados com as mãos atadas, transformando o Brasil em um verdadeiro paraíso da impunidade. Com adoção do plea bargain adaptado, conjugado com penas mais duras para os delitos graves, essa realidade vai mudar”, concluiu Dirceu Barros.

Fonte: MPPE