JOVEM FOI ASSASSINADO NA VÉSPERA DO NATAL EM CARUARU

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Na madrugada desta segunda-feira (24), véspera de natal, foi assassinado a tiros na Rua Frederico Hozana, próximo ao INSS, no bairro Divinópolis, no municipio de Caruasru, Jeferson Roberto da Silva Ferreira, conhecido por “Grilo” de 30 anos, que morava na mesma rua, onde foi morto e trabalhava numa borracharia.

Moradores da localidade informaram que essa rua é muito utilizada por usuários de drogas que vão ao local para consumir o entorpecente, porém em relação a vítima disseram que era uma boa pessoa e que nunca foi preso.

Este foi o 10º homicídio do mês de dezembro e o 165º do ano de 2018 em Caruaru e o corpo foi encaminhado para o IML.

SEGUNDO INTEGRANTE DO PCC É PRESO EM CARUARU EM AÇÃO CONJUNTA DA PF E PM

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

No dia 18/12/2018 por volta das 9h uma operação conjunta das Polícias Federal e Militar dos estados de Pernambuco e São Paulo localizou um foragido da Justiça e integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) – RENATO CARVALHO DE AZEVEDO, vulgos “FUZIL”, “CB1000” e “XRE” – 28 anos, natural de Parnamirim/BA, sem residência fixa, mas residindo há aproximadamente 2 meses em um apartamento de alto padrão localizado no bairro Maurício de Nassau, em Caruaru/PE, onde foi preso. Contra RENATO foram cumpridos 4 mandados de prisão expedidos pela Justiça dos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Bahia.

Durante as diligências, RENATO “FUZIL” foi surpreendido tendo em sua posse uma pistola calibre .380 sem registro, 82 munições de mesmo calibre, 70g de cannabis sativa (maconha), além de 1 motocicleta e 3 automóveis, todos, registrados em nome de terceiros com o intuito de ocultar a propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal (crimes antecedentes: organização criminosa e tráfico de drogas, dentre outros), motivo pelo qual foi preso em flagrante delito pelas práticas dos crimes previstos nos artigos 12 da Lei nº 10.826/2003, 28 da Lei nº 11.343/2006, e 1º da Lei nº 9.613/1998, e outros crimes correlatos. Além disso, RENATO responderá pelo crime de falsidade ideológica de documentos públicos, tendo em vista que com ele foram encontrados uma Certidão de Nascimento e um RG em nome de “MANOEL MARQUES FERNANDES”, além de uma CNH em nome de “MANOEL MARCOS SANTOS”, os dois últimos, com a fotografia de RENATO.

Após a prisão de RENATO, descobriu-se no dia 21/12/2018 que um segundo envolvido também estaria residindo havia aproximadamente um mês no mesmo edifício, utilizando identidade em nome de “HANDERSON MENDONÇA DE AQUINO”, que em seguida se descobriu tratar de identidade falsa.

De posse dessas informações foi montada uma ação conjunta da Polícia Federal e do 4º Batalhão de Polícia Militar de Caruaru/PE, os quais se dirigiram até o local indicado para aferir a veracidade das informações e adotar as providências cabíveis, tendo encontrado o apartamento aberto, e localizado no interior do imóvel um revólver calibre 38 em situação irregular com vários munições, um veículo de luxo – Range Rover Evoque – com placas de Camaragibe/PE e vários documentos de identificação civil em nome de “HANDERSON” (RG, CPF, Certidão de Nascimento e Reservista) com indícios de falsificação.

Na sequência, os policiais tomaram conhecimento de que o suspeito se encontrava internado em um hospital em Caruaru/PE, para onde se dirigiram e identificaram o morador do referido edifício, que disse se chamar “HANDERSON MENDONÇA DE AQUINO” e ser proprietário do mencionado veículo que se encontrava estacionado na vaga de garagem do apartamento em que vinha residindo. Comprovada a falsidade ideológica dos documentos de identificação civil utilizados pelo suspeito em nome de “HANDERSON”, este se negou a informar a sua verdadeira identidade, motivo pelo qual foi determinado a identificação criminal do preso.

“HANDERSON”, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais, foi interrogado pela Autoridade Policial durante a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante pelos crimes previstos nos artigos 2º da Lei 12.850/2013 (organização criminosa), 12 da Lei nº 10.826/2003 (posse irregular de armas de fogo de uso permitido), 1º da Lei nº 9.613/1998 (lavagem de dinheiro e ocultação de bens) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 3 a 20 anos de reclusão.

HISTÓRICO DO PRESO: Confirmando a hipótese criminal, o preso que dizia se chamar “HANDERSON” foi rapidamente identificado como sendo EDSON GOMES DA SILVA, vulgo “TCHOKA”, 35 anos, natural de João Pessoa/PB, o qual possui uma vasta ficha criminal por crime de tráfico de drogas, dentre outros, sendo responsável por facilitar a circulação de drogas entre os estados da Paraíba e Rio Grande do Norte. Segundo informações obtidas, EDSON GOMES DA SILVA, vulgo “TCHOKA”, trata-se de membro da facção criminosa OKAIDA-PB, que tem ligação com o PCC. No dia 07/11/2009 um grupo de seis criminosos invadiram a Delegacia de São José do Mipibu em Natal/RN e o resgatou e ainda soltaram cinco presos e roubaram todas as armas dos policiais. No dia 09/09/2018 ele foi novamente resgatado da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes – PB1, em Jacarapé-João Pessoa/PB, no dia 09 de setembro 2018 em uma ação ousada que contou com o emprego de explosivos e metralhadoras pelos criminosos. É, portanto, foragido da Justiça, contra o qual existe mandado de prisão que será cumprido pela Polícia Federal.

Fonte: Polícia Federal

MULHER FOI ASSASSINADA NA ZONA RURAL DE CARUARU

sábado, 22 de dezembro de 2018

Foi assassinada na tarde desta sexta-feira (21), no Sítio Cipó, na zona rural de Caruaru, Joseane Maria da Silva, de 30 anos, que morava na comunidade. Ela foi atingida com quatro disparos, chegou a ser socorrida pelo Samu, foi levada para o Hospital Regional do Agreste, porém não resistiu e veio a falecer.

A vítima foi morta por dois elementos que chegaram numa motocicleta e segundo a Polícia Militar o alvo dos marginais seria o cunhado dela, o ex-presidiário Alexsandro Alves dos Santos, vulgo ‘Maceió” de 31 anos, que foi levado para a delegacia para prestar depoimento.

Este foi o 9º homicídio do mês de dezembro e o 164º do ano de 2018 em Caruaru e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML local.

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE PARTICIPAÇÃO NO ASSASSINATO DE DETENTO DO CRA

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Na tarde desta quarta-feira (19) os investigadores da 90ª Circunscrição Policiai (3ª Delegacia de Polícia de Caruaru), foram cumprir um Mandado de Prisão no bairro Vassoural, quando flagraram o alvo, Gustavo Cirilo dos Santos Costa, vulgo “Gustavo Atacadão” de 21 anos, repassando uma porção de cocaína para um indivíduo que conseguiu fugir. Os policiais prenderam o “Gustavo Atacadão” e ainda localizaram com ele mais três porções de cocaína e uma de maconha, além da importância de R$ 291,00.

“Gustavo Atacadão” é suspeito de ter tido participação na morte de Anderson Bezerra de Souza, vulgo “Anderson Bomba”, que foi executado no dia 27 de setembro desse ano, no estacionamento do Centro de Ressocialização do Agreste – CRA, em Canhotinho. “Anderson Bomba” estava cumprindo pena por ter sido preso na “Operação Classe A” que prendeu vários jovens da alta sociedade de Caruaru que estavam comercializando cocaína. Um policial civil e um advogado estavam entre os presos na operação.

O delegado Dr. Thiago Henrique, disse que a sua equipe foi prender o “Gustavo Atacadão”, pois existe um Mandado de Prisão Temporária contra ele expedido pela Comarca de Canhotinho, mas devido a denúncias de que ele que mora em Ribeirão, vinha a Caruaru constantemente para trazer droga e por isso foi feita a campana que flagrou ele traficando e pelas evidências foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e será apresentado na audiência de custódia.

COLISÃO DE TRÂNSITO NA BR 104 CARUARU MATA JOVEM EM CARUARU

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Faleceu na manhã desta quarta-feira (19), vítima de acidente de trânsito na conhecida Serra da Pitombeira, na zona rural de Caruaru, o jovem, Osman Duarte da Silva, de 21 anos, que morava no Sítio Taquara, na zona rural de Altinho. Ele trabalhava numa empresa que presta serviços á Celpe e estava indo para o trabalho quando se envolveu no acidente.

O Inspetor da Polícia Rodoviária Federal, informou que pelas evidências encontradas no local e pelos relatos dos colegas de trabalho da vítima que vinham cada um na sua motocicleta e alguns presenciaram o acidente, a vítima tentou fazer a ultrapassagem a um caminhão carregado de banana, mas nesse mesmo instante uma picape S10 estava fazendo a ultrapassagem a moto e ao caminhão e o jovem abortou a ultrapassagem, porém ao retornar para trás do auto carga bateu no para choque e foi arremessado contra a carroceria e morreu no local.

Osman era casado e deixou uma filhinha de um ano. Ele iria completar 22 anos de idade amanhã, o corpo foi encaminhado para o IML

SUSPEITOS DE ROUBAR CAMINHONETE SÃO DETIDOS EM CARUARU

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Um dos homens ficou ferido durante a tentativa de fuga; arma foi apreendida

Dois homens suspeitos de roubar uma caminhonete foram detidos nesta terça-feira (18), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 104, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O veículo havia sido roubado horas antes em Ibirajuba, na mesma região.

Após receber informações sobre o roubo, policiais iniciaram buscas pelo veículo, que havia sido avistado na área urbana de Caruaru e em uma rodovia estadual. Ao se aproximar da escola municipal Dr. Oscar Barreto, os policiais encontraram o veículo estacionado e avistaram dois homens correndo de um bar para um matagal.

Um dos suspeitos atirou contra os policiais, que revidaram e atingiram o homem nas pernas. O outro suspeito desistiu da fuga e se entregou. Um revólver calibre .38, com cinco munições deflagradas e uma intacta, foi apreendido na ação.

O suspeito ferido foi socorrido para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, e não corre risco de morte. O outro foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da região, junto com a caminhonete. A vítima do assalto foi até o local e reconheceu os homens.

POLÍCIA CIVIL DAR CUMPRIMENTO A DOIS MANDADOS DE PRISÕES TEMPORÁRIAS DE HOMICIDAS EM GARANHUNS E CARUARU

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Nesta quinta-feira (13), Policiais Civis da 139ª Delegacia de Canhotinho e da 3ª Delegacia de Caruaru, em conjunto, deram cumprimento a dois Mandados de Prisão Temporária expedidos pela vara única da Comarca de Canhotinho em desfavor de Hallysson Charles Tenório Godoy Lúcio e Marconi de Lima Inácio, os quais são suspeitos de terem cometido o crime de Homicídio em 2017 que vitimou Wellington Figueiredo Guedes.

Na cidade de Garanhuns foi cumprida a prisão de Hallysson e, simultaneamente, em Caruaru foi cumprida a prisão de Marconi.

Após os procedimentos de praxe os mesmos serão encaminhados para Cadeia Pública de Lajedo.

OPERAÇÃO ‘ESPARTANOS’ BUSCA SUSPEITOS DE HOMICÍDIOS EM CARUARU

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Uma operação denominada “Espartanos” foi deflagrada nesta sexta-feira (14) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a ação visa cumprir quatro mandados de prisão contra suspeitos de homicídios.

Ainda segundo a polícia, os mandados foram expedidos pela Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Caruaru. A operação está sendo coordenada pela Dinter-1 e pela 3ª Divisão de Homicídios do Agreste.

“A operação teve início há mais de um ano a partir de diligências que foram levantadas com o desenrolar do inquérito policial que investigou o homicídio de um professor de artes marciais”, informou a delegada Servulla Waleska. O suspeito de matar o professor a tiros foi preso.

A morte do professor

Um professor de artes marciais de 48 anos foi morto na Avenida Agamenon Magalhães, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O crime ocorreu por volta das 12h30 do dia 8 de março de 2017. Segundo a polícia, dois homens fugiram após efetuarem vários tiros na cabeça da vítima. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime.

(Com informações do G1)

TRAVESTI FOI PRESO APÓS ARROMBAR A CASA DA VIZINHA E FURTAR CALCINHAS EM CARUARU

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Policiais da ROCAM prenderam na manhã desta quarta-feira (12), no municipio de Caruaru, Leandro Muniz da Silva, de 27 anos, que arrombou a casa da vizinha, que tinha acabado de sair de casa após passar mal e ser levada para a UPA, nisso o acusado arrombou a casa dela e furtou diversas calcinhas, cremes e outros objetos.

Os produtos furtados não foram encontrados, porém na delegacia o criminoso disse que é traficante e que furtou esses objetos para trocar por drogas e que estava sendo perseguido por dever aos fornecedores da droga. Ele foi autuado em flagrante por furto qualificado e agora pela manhã será apresentado na audiência de custódia.

PM REAGE A ASSALTO, MATA ASSALTANTE E PRENDE MULHER DELE EM CARUARU

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Na tarde desta quarta-feira (12), um casal que estava em uma moto Biz vermelha assaltou um posto de combustível e um mercadinho no bairro Boa Vista 1 em Caruaru, uma policial que estava a paisana soube que esse casal estava no Rua Limoeiro, foi ao local e visualizou quando eles estavam em frente ao Restaurante da Perua, deu voz de prisão ao casal e o homem sacou um revólver e atirou na PM que reagiu a injusta agressão e efetuou dois disparos contra o homem que morreu no local e prendeu a mulher em flagrante.

O casal, Emanoel Bezerra dos Santos, vulgo “Urêia” de 34 anos, que já foi preso três vezes e a esposa, Deysiane Mendes da Silva, de 31 anos, que moravam no bairro Rio Verde em Santa Cruz do Capibaribe, foram a Caruaru na manhã desta quarta-feira, onde cometeram o assalto.

Deysiane disse que era casada com o Emanoel há 13 anos e que hoje ele a obrigou a vir com ele, sob a ameaça de a espancar caso não quisesse vir, mas a polícia disse que isso era uma estratégia do casal, o criminoso escolhia o alvo, deixava a mulher na esquina, cometia o assalto e depois a pegava e ia embora sem serem perseguidos.

O corpo do elemento foi encaminhado para o IML, a mulher foi levada para o plantão da 3ª DP, para ser autuada em flagrante e será apresentada na audiência de custódia.