quinta-feira, 14 de março de 2019

Proposta do Deputado Sivaldo Albino foi aprovada pelos parlamentares e data será marcada na próxima audiência

A pedido de Sivaldo Albino, o Presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa do Estado, Deputado Erick Lessa, confirmou, em reunião realizada nesta quarta-feira (12/03), a realização de uma audiência pública, em Garanhuns, com os membros desta Comissão e de autoridades convidadas – entre elas o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, o Presidente da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD/DIPER) e o Secretário Estadual de Desenvolvimento Rural para tratarem do tema ALTERNATIVAS DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO PARA O AGRESTE MERIDIONAL DE PERNAMBUCO.

O interesse dos membros da comissão e das autoridades do governo estadual, em realizar tal audiência, é uma decorrência da iniciativa do Deputado Sivaldo Albino de propor a criação de um grupo de estudos, junto às universidades sediadas em Garanhuns, para reunir a sociedade, discutir e apresentar uma proposta de desenvolvimento para a região.

Segundo Sivaldo, não é justo que 82% do PIB pernambucano esteja concentrado no trecho situado entre Recife e Caruaru. A desigualdade territorial, em termos de desenvolvimento econômico, é flagrante, de modo que se a instalação de novas indústrias no interior do estado é tarefa difícil, é preciso então criar novos arranjos institucionais que sejam capazes de identificar e promover os pequenos arranjos produtivos locais, ou seja, os micro e pequenos fabricantes e prestadores de serviços existentes em cada região do estado.

Afinal de contas, o próprio Ministério do Trabalho divulgou pesquisa recente que demonstra que as micro e pequenas empresas são responsáveis por 70% dos empregos existentes no setor privado do país.

Educação, turismo de eventos, turismo de negócios, cultura, comércio, agricultura familiar, tecnologia da informação, produção artesanal de alimentos, bebidas e derivados do leite, artesanato, enfim, somente o estudo e a discussão aprofundada de cada um destes segmentos é que poderá dar um rumo ao desenvolvimento e à geração de renda em Garanhuns e região.

Através do polo têxtil, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama estão conseguindo alavancar o desenvolvimento e a geração de empregos em cerca de 40 municípios do agreste central e do agreste setentrional. São mais de 150 mil empregos gerados.

Para Sivaldo, precisamos descobrir qual a atividade ou quais as atividades serão capazes de alavancar o desenvolvimento da nossa região, de forma sustentável, tal como a indústria têxtil alavanca hoje a economia de Caruaru e seu entorno?”

A data da audiência pública em Garanhuns deverá ser divulgada na próxima reunião da Comissão.

farmacia caetes

farmacia caetes

popular

popular

sandro pizzaria

sandro pizzaria

madruga

madruga

prefeitura águas belas

prefeitura águas belas

banner campanha

banner campanha